Mercado Central faz 60 anos e ganha um dia inteiro de festa

Mercado central - Marca Comemorativa.jpg

Nesta sexta-feira, 13, o Mercado Central de Macapá completa 60 anos de fundação. Para comemorar o aniversário, a Associação do Mercado Central preparou uma programação cultural para todo o dia. O evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Macapá (PMM), por meio do Instituto Municipal de Turismo (Macapatur).

A programação iniciará às 11h, com o pronunciamento de autoridades e corte do bolo. Empreendedores que trabalharam nos primeiros anos de fundação do mercado serão homenageados durante a solenidade, bem como os que trabalham atualmente no local. Ainda pela manhã acontecerá um concurso entre os sapateiros, figuras ilustres que há anos fazem parte da história do espaço e que ainda hoje trabalham atendendo a população e tiram por meio dessa atividade o sustento de suas famílias.

No horário do almoço, momento de maior rotatividade de público no Mercado Central, os presentes serão agraciados com música ao vivo, MPB e MPA. A partir das 19h, haverá uma edição especial do Samba no Mercado, projeto que já é sucesso e acontece uma vez por mês na escadaria. Grupos de samba e de pagode se apresentarão para o público que prestigia, conserva e entende a importância do espaço como referência histórica de Macapá.

O Mercado Central faz aniversário e passa por um momento importante. A emenda de R$ 2,5 milhões do senador Randolfe Rodrigues destinada para a revitalização da parte interna do prédio fará com que o local entre em definitivo na rota de pontos turísticos da cidade, pois assim como em outros municípios que têm seus mercados com vendas de alimentos e iguarias preparados para receber turistas do mundo todo, em Macapá não será diferente. O projeto é moldado para que os empreendedores recepcionem turistas, visitantes e a sociedade macapaense da melhor forma.

“O mercado já é uma referência turística da nossa cidade. Tudo que se faz aqui é sucesso, mas o local precisa de um carinho especial, ficar mais arrumado e apto para quem o visita. O turista quer guardar boas lembranças e vamos preparar o mercado para isso”, afirma o presidente do Macapatur, Sérgio Lemos.

Histórico

O Mercado Central foi inaugurado no dia 13 de setembro de 1953, pelo governador Janary Gentil Nunes e pelo então prefeito Claudomiro de Moraes, com 16 talhos para venda de alimentos e hortaliças, e alguns boxes para venda de lanches para os trabalhadores do local. Na época, famílias japonesas vieram a Macapá para trabalhar no mercado que tinha localização estratégica, próximo às margens do Rio Amazonas e do Trapiche Eliezer Levy, onde desembarcava parte dos produtos que lá eram vendidos. Até hoje o local só passou por pequenos reparos na sua estrutura e ainda este ano iniciarão as obras da primeira reforma.

(Renata Sampaio/Asscom Macapatur)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *