MP aciona o Estado para garantir serviço de transplante renal

A Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde do Ministério Público do Amapá ingressou, nesta segunda-feira (10), com ação civil pública visando a obrigar o Estado do Amapá a credenciar hospital público ou particular para realização de transplantes de rim.

De acordo com a Promotoria da Saúde, mais de 200 pacientes estão, atualmente, dependendo do serviço de hemodiálise, e a grande maioria deles necessita de um transplante renal para que possa deixar de depender de tal serviço, que opera no limite de sua capacidade.

Em setembro de 2013, a Promotoria expediu uma recomendação para que, em 6 meses, tal credenciamento fosse realizado, o que, até o momento, não ocorreu.

(Ascom-MPE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *