No Amapá, corpo de bebê some da Maternidade Mãe Luzia

Uma bebê de pouco mais de um mês que estava internada na UTI da Maternidade Mãe Luzia em Macapá morreu na madrugada de quinta-feira e seu corpo desapareceu.
A bebê nasceu no dia 3 de julho num hospital em Santana, distante 24km de Macapá. Como apresentava problemas cardíacos foi transferida para Macapá e internada na UTI da Maternidade Mãe Luzia.
Na madrugada de  ontem a bebê faleceu. A mãe ainda ficou com seu corpinho no colo alguns momentos antes de ser levado para a geladeira.
Para que o corpo fosse liberado foi exigida a certidão de nascimento. Os pais da bebê providenciaram isso pela manhã.
Registraram a menina com o nome de Eloany no Cartório Oliveira, em Santana. Mas quando voltaram à Maternidade com a certidão o corpo havia desaparecido.
Ontem mesmo os pais do bebê procuraram a polícia e registraram ocorrência no Ciosp- Centro Integrado de Operações em Segurança Pública.

Até agora, o governo, a secretaria estadual de saúde, a direção da maternidade não se manifestaram sobre o assunto.

O blog apurou que neste momento está havendo uma tensa reunião na Secretaria Estadual de Saúde entre os gestores da pasta, direção da maternidade e representantes das empresas terceirizadas responsáveis pelas geladeiras, coleta e incineração do lixo hospitalar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *