O “Fora Dilma” em Macapá

Este slideshow necessita de JavaScript.

Portando pequenos cartazes e faixas pedindo o impeachment de Dilma e  intervenção militar, os manifestantes reuniram-se na Praça da Bandeira e às 16h30 começaram a caminhada em direção a Assembleia Legislativa e seguiram para a frente da cidade, onde às margens do rio Amazonas encerraram a manifestação.

Uma tropa de choque da Polícia Militar, composta por 80 homens, ficou de prontidão da Praça da Bandeira desde às 14h. Um efetivo de 400 policiais acompanhou o percurso da passeada. Além do policiamento a pé, três viaturas também foram  usadas.

Nenhum conflito foi registrado. A manifestação ocorreu de maneira pacífica.

Segundo a Polícia Militar havia mil e quinhentos manifestantes. Já a organização do evento diz que cinco mil pessoas participaram.

Em toda eleição para presidente da República, o PT sempre teve no Amapá a maioria dos votos. Na última, por exemplo, Dilma Roussef teve 51,10% no primeiro turno e 61,45% no segundo turno.

  • Ah…desde a criação do TFA, o pior governo Federal, para nós, foi dos dos tucanos. PÃO E ÁGUA!….

  • Cara Suely,

    Quem dera que grau de escolaridade proporcionasse consciência política pra alguém!…….O tri doutor FHC é a prova!…

  • Caro Malla,

    Evidências meu caro, evidências,..Mate a cobra, mostre o pau e a cobra morta; menos o desejo da Globo (cadê o DARF) e dos sonegadores do HSBC!….

  • L-a Rocque, não vamos ignorar o que de bom foi feito na gestão do PT, porém não justifica o rombo que esse mesmo PT fez e continua fazendo nos cofres públicos.

  • Sérgio, suas respostas são muito esclarecedoras e precisam ser mais divulgadas, Quem sabe assim pessoas que foram às ruas protestar contra nem sabem bem porque pudessem compreender melhor e criticamente a realidade. Triste mesmo é que entre elas há amigos e familiares. Sei que não são ignorantes (tem até doutores no meio!!!), mas querem ver as coisas pelas lentes da #GloboGolpista (ops, isso não seria uma forma de ignorância??!!!). Obrigada pelas informações. Acho que vc não se importa se eu divulgá-las, né?

  • Ah… Passadena…:Assino o depoimento do ex-presidente Sérgio Gabrielli:

    “- A Petrobras é uma empresa que concorre num mercado competitivo, negocial, não é uma empresa estatal, um hospital do SUS;

    – Pasadena é lucrativa: apresentou lucro no primeiro semestre de 2014;

    – Pasadena sempre deu lucro – mas, e se desse prejuízo ? Qual é o “ilícito” de um gestor de uma empresa de capital aberto, se há prejuízo ?;

    – Por que os gestores seriam “culpados” se houvesse prejuízo ?

    – os resultados de Pasadena já cobriram os valores gastos para a sua aquisição;”…

    A Petrobras não é uma bodega: é a maior produtora de petróleo do mundo, depois dos árabes.

    Digo eu: ” Quem dera no mercado negocial, se ter uma bola de cristal; ninguém falia!….

  • Cristiane, desculpe mas você está bancando uma inocente útil.

    Veja os dados:

    O Salário Médio do Funcionalismo Público Federal era de R$ 2.840 no final de 2002. Hoje é de R$ 7.690.

    Em 2002, o mínimo era de R$ 200, o equivalente a 1,42 cesta básica. Hoje, é de R$724, o que permite comprar 2,24 cestas básicas.

    A inflação EM 2002 batia a casa dos 12%, quase o dobro dos 6,5% que temos hoje.
    Quando os tucanos governavam o preço da gasolina aumentou 222,52%, contra 49,41% no governo Lula e 28,40% com a Dilma (agora!).

    Quando o Lula assumiu a Petrobrás era assim: (2002) = Valor de mercado= 15,5 bi; 2013= 90,7 bi – 2012= Receita= 69,2 bi; 2013= 304.9 bi – Investimento: 2002 = 18,9 bi – 2013= 304,19.
    :
    A menor taxa de inflação é dela: 6,43%!…
    Bem leia o depoimento do ladrão do Barusco:

    “Disse que não havia superfaturamento nos contratos, pois ficavam dentro da faixa de preço de mercado monitorada pela Petrobras. Segundo ele, havia cartel onde as empreiteiras pareciam não praticar a concorrência e combinavam preços puxando para cima. Mas preços superfaturados eram desclassificados no processo de licitação. Se nenhuma empreiteira apresentasse preço dentro da faixa de mercado orçada pela Petrobras, a licitação era cancelada e havia outra.

    —————————-
    Disse que sua relação com o ex-presidente da Petrobras Sérgio Gabrielli era apenas institucional, dando a entender que nunca conversou sobre propina ou irregularidades com ele.

    Disse que a ex-presidenta da Petrobras Graça Foster nunca esteve envolvida com o esquema dele e de Paulo Roberto Costa.

    Disse que não viu, não pagou e não sabe como e se suposto dinheiro para PT teria sido pago, se limitando a contar uma confusa e vaga versão de que só saberia de supostas combinações prévias com João Vaccari Netto, secretário de finanças do PT. Mas também não apresentou nenhuma prova.

    Disse nunca ter tratado, nem ter conhecimento sobre propinas ou negócios ilícitos com nenhuma outra pessoa do PT.

    Pare de marchar pela Globo e pelos sonegadores da Lista do HSBC, querida!;;;

    Ah…você votou bem!,,,,

    • La-Rocque, esqueceste da evolução do preço das ações no período em analise, esse indicador é o ternometro da credibilidade no mercado.

  • Vc esqueceu de falar da PETROBRAS… tambem foi o PT que deixou do jeito que tá. Esqueceu do corte obseno na educação, também foi o PT que fez isso. Os reajustes constantes dos combustíveis, também foi o PT que proporcionou. A saúde no Brasil a fora, que é um caos, também é obra do PT. Ah! E a fefinaria de Pasadena, cuja a presidenta ocupava uma cadeira no conselho daquela estatal, e dali desencandeou todo esse processo de corrupção, que envolve a PETROBRAS, ja sei. Ela não sabia… ta bomm!!! Ainda tem muito a falar, mas vou fazer de conta que nao sei de nada também…

    • Cara Rosangela:

      São esses os dados:

      2002:
      Lucro Líquido= 8,1 bi
      Investimento=18,9 bi
      Valor de Mercado= 15,5
      Receita= 69,2 bi
      Produção= 1,5 mi barris
      2013:
      Lucro Líquido= 23,6 bi
      Investimento= 104,0 bi
      Valor de Mercado= 97.7 bi
      Receita= 304,9 bi
      Produção= 2,0 mi barris

      Depoimento do propineiro Barusco:

      “Disse que a governança na Petrobras era boa, com orçamentos rigorosos para controlar preços nas licitações e que não vazavam. Disse que a corrupção era clandestina e só sabiam os poucos que participavam do esquema.

      Disse que não havia superfaturamento nos contratos, pois ficavam dentro da faixa de preço de mercado monitorada pela Petrobras. Segundo ele, havia cartel onde as empreiteiras pareciam não praticar a concorrência e combinavam preços puxando para cima. Mas preços superfaturados eram desclassificados no processo de licitação. Se nenhuma empreiteira apresentasse preço dentro da faixa de mercado orçada pela Petrobras, a licitação era cancelada e havia outra.

      Disse que não havia um comando central sobre o esquema de propinas, dando a entender que haviam gerências e diretorias que atuavam como células clandestinas de corrupção e que, “autônomas”, agiam por conta própria, só sendo conhecido quem participava do esquema.

      Disse que sua relação com o ex-presidente da Petrobras Sérgio Gabrielli era apenas institucional, dando a entender que nunca conversou sobre propina ou irregularidades com ele.

      Disse que a ex-presidenta da Petrobras Graça Foster nunca esteve envolvida com o esquema dele e de Paulo Roberto Costa.

      Disse que não viu, não pagou e não sabe como e se suposto dinheiro para PT teria sido pago, se limitando a contar uma confusa e vaga versão de que só saberia de supostas combinações prévias com João Vaccari Netto, secretário de finanças do PT. Mas também não apresentou nenhuma prova.

      Disse nunca ter tratado, nem ter conhecimento sobre propinas ou negócios ilícitos com nenhuma outra pessoa do PT…..”

      E pare de marchar pela Rede Globo e a Lista do HSBC!….

      Contra a impunidade, corrupção, sonegação e golpismo estamos juntos!…

      • Não marcho pela rede globo, luto por um Brasil melhor e mais justo. Infelizmente os dados que vc colocou não são convincentes, pois pra um país que se declarou auto suficiente no petróleo, o que justifica tamanha crise?? A maior prova dessa crise sem prescedentes, sao as medidas pós protestos da sua presidenta. Ela sabe que o mar nao tá pra peixe meu caro.

  • Seria uma injúria passar doze anos no governo, pegar um país economicamente estável, uma moeda forte e não fazer coisas que justificasse tal presença. Agora, que tal enumerar os desmandos e as mazelas de desviar milhões de reais no bojo desses programas e mais vários milhões na Petrobrás e em outros órgãos que no curso das investigações do Lava Jato serão descobertos?

    • Caro Ruy, aí vai dos dados

      1. Produto Interno Bruto:
      2002 – R$ 1,48 trilhões
      2013 – R$ 4,84 trilhões

      2. PIB per capita:
      2002 – R$ 7,6 mil
      2013 – R$ 24,1 mil

      3. Dívida líquida do setor público:
      2002 – 60% do PIB
      2013 – 34% do PIB

      4. Lucro do BNDES:
      2002 – R$ 550 milhões
      2013 – R$ 8,15 bilhões

      5. Lucro do Banco do Brasil:
      2002 – R$ 2 bilhões
      2013 – R$ 15,8 bilhões

      6. Lucro da Caixa Econômica Federal:
      2002 – R$ 1,1 bilhões
      2013 – R$ 6,7 bilhões

      7. Produção de veículos:
      2002 – 1,8 milhões
      2013 – 3,7 milhões

      8. Safra Agrícola:
      2002 – 97 milhões de toneladas
      2013 – 188 milhões de toneladas

      9. Investimento Estrangeiro Direto:
      2002 – 16,6 bilhões de dólares
      2013 – 64 bilhões de dólares

      10. Reservas Internacionais:
      2002 – 37 bilhões de dólares
      2013 – 375,8 bilhões de dólares

      11. Índice Bovespa:
      2002 – 11.268 pontos
      2013 – 51.507 pontos

      12. Empregos Gerados:
      Governo FHC – 627 mil/ano
      Governos Lula e Dilma – 1,79 milhões/ano

      13. Taxa de Desemprego:
      2002 – 12,2%
      2013 – 5,4%

      14. Valor de Mercado da Petrobras:
      2002 – R$ 15,5 bilhões
      2014 – R$ 104,9 bilhões

      15. Lucro médio da Petrobras:
      Governo FHC – R$ 4,2 bilhões/ano
      Governos Lula e Dilma – R$ 25,6 bilhões/ano

      16. Falências Requeridas em Média/ano:
      Governo FHC – 25.587
      Governos Lula e Dilma – 5.795

      17. Salário Mínimo:
      2002 – R$ 200 (1,42 cestas básicas)
      2014 – R$ 724 (2,24 cestas básicas)

      18. Dívida Externa em Relação às Reservas:
      2002 – 557%
      2014 – 81%

      19. Posição entre as Economias do Mundo:
      2002 – 13ª
      2014 – 7ª

      20. PROUNI – 1,2 milhões de bolsas

      21. Salário Mínimo Convertido em Dólares:
      2002 – 86,21
      2014 – 305,00

      22. Passagens Aéreas Vendidas:
      2002 – 33 milhões
      2013 – 100 milhões

      23. Exportações:
      2002 – 60,3 bilhões de dólares
      2013 – 242 bilhões de dólares

      24. Inflação Anual Média:
      Governo FHC – 9,1%
      Governos Lula e Dilma – 5,8%

      25. PRONATEC – 6 Milhões de pessoas

      26. Taxa Selic:
      2002 – 18,9%
      2012 – 8,5%

      27. FIES – 1,3 milhões de pessoas com financiamento universitário

      28. Minha Casa Minha Vida – 1,5 milhões de famílias beneficiadas

      29. Luz Para Todos – 9,5 milhões de pessoas beneficiadas

      30. Capacidade Energética:
      2001 – 74.800 MW
      2013 – 122.900 MW

      31. Criação de 6.427 creches

      32. Ciência Sem Fronteiras – 100 mil beneficiados

      33. Mais Médicos (Aproximadamente 14 mil novos profissionais): 50 milhões de beneficiados

      34. Brasil Sem Miséria – Retirou 22 milhões da extrema pobreza

      35. Criação de Universidades Federais:
      Governos Lula e Dilma – 18
      Governo FHC – zero

      36. Criação de Escolas Técnicas:
      Governos Lula e Dilma – 214
      Governo FHC – 11
      De 1500 até 1994 – 140

      37. Desigualdade Social:
      Governo FHC – Queda de 2,2%
      Governo PT – Queda de 11,4%

      38. Produtividade:
      Governo FHC – Aumento de 0,3%
      Governos Lula e Dilma – Aumento de 13,2%

      39. Taxa de Pobreza:
      2002 – 34%
      2012 – 15%

      40. Taxa de Extrema Pobreza:
      2003 – 15%
      2012 – 5,2%

      41. Índice de Desenvolvimento Humano:
      2000 – 0,669
      2005 – 0,699
      2012 – 0,730

      42. Mortalidade Infantil:
      2002 – 25,3 em 1000 nascidos vivos
      2012 – 12,9 em 1000 nascidos vivos

      43. Gastos Públicos em Saúde:
      2002 – R$ 28 bilhões
      2013 – R$ 106 bilhões

      44. Gastos Públicos em Educação:
      2002 – R$ 17 bilhões
      2013 – R$ 94 bilhões

      45. Estudantes no Ensino Superior:
      2003 – 583.800
      2012 – 1.087.400

      46. Risco Brasil (IPEA):
      2002 – 1.446
      2013 – 224

      47. Operações da Polícia Federal:
      Governo FHC – 48
      Governo PT – 1.273 (15 mil presos)

      48. Varas da Justiça Federal:
      2003 – 100
      2010 – 513

      49. 38 milhões de pessoas ascenderam à Nova Classe Média (Classe C)

      50. 42 milhões de pessoas saíram da miséria

      FONTES:
      47/48 – http://www.dpf.gov.br/agencia/estatisticas
      39/40 – http://www.washingtonpost.com
      42 – OMS, Unicef, Banco Mundial e ONU
      37 – índice de GINI: http://www.ipeadata.gov.br
      45 – Ministério da Educação
      13 – IBGE
      26 – Banco Mundial
      Por que então FHC e a tucanada quando presidiram o Pais não olharam para o Amapá?…Me aponte uma perna-manca para eu fincar um prego!

      Leia o resto na resposta a Cristiane…

      • Fazer algo com dinheiro farto e moeda forte é fácil, continuo dizendo o PT pegou um país estável economicamente e com uma moeda forte ante ao dólar. Vocês conseguiram destruir a economia do País nestes doze anos. Agora que levaram o País à bancarrota vejamos se existe mágica na economia. Inflação alta, dólar acima de R$-3,00 e programas megalomaníacos fadados ao insucesso como a transposição do rio São Francisco e vários outros paralisados (inclusive o aeroporto de Macapá)e com suspeitas de super faturamento. Agora me poupe, a militância transcrevendo depoimento de corrupto é brincadeira, é claro que eles todos vão dizer que não existia nada, não viram nada e nada sabiam, afinal, eles tem como norma acreditar que assim procedendo as pessoas que contribuem,raciocinam, questionam seus direitos acreditarão e perderão a capacidade de se indignar. 12 de abril tem mais.

  • Governo tucano para o Amapá (1995-2002): Uma grande banana!…

    Governo do PT (2003-2014): Cinco Escolas Técnicas (Institutos Federais), Duplicação da Unifap, BR 156 no PAC, Ponte Binacional, Linhão de Tucuruí (HURRA!..), FIES, PROUNI, PRONATEC, Ciência Sem Fronteiras, Mais Médicos. PRONAF, PROTAF, Minha Casa, Minha Vida, Água Para Todos, Empréstimos do BNDES, Salvação da CEA, Melhoramento do Aeroporto de Macapá, Bolsa Família, Luz Para Todos, etc, etc, etc….

    Bobocas!….

    Marcharam pelos sonegadores da Lista do HSBC!…

    A propósito, pergunto: Cadê o DARF da Globo?

    • VOTEI NA DILMA!
      E FUI COM O MAIOR PRAZER AO MANIFESTO, POIS PRECISO MOSTRAR MINHA INDIGNAÇÃO DIANTE DOS ABSURDOS QUE ESTAMOS VIVENDO NA PELE. PAGO MEUS IMPOSTOS TRABALHO DAS 8 HRS E RETORNO PARA CASA AS 21;30HRS. E VEJO A CADA MÊS NO CAIXA DO SUPER MERCADO MEU PODER DE COMPRAS DIMINUIR.
      A GASOLINA AUMENTAR
      A LUZ AUMENTAR
      OS DIREITOS DO TRABALHADOR ADQUIRIDOS DIANTE DE TANTOS SUORES DO POVO ESTÃO SE ESVAINDO PARA PAGAR A CONTA DE ALGUNS POUCOS LADRÕES DO DINHEIRO PUBLICO.
      I N D I G N A Ç Ã O T O T A L É FINGIR QUE ESTÁ TUDO BEM. QUE OS FEITOS DO PT LHES DÃO DIREITO DE SAQUEAR A MAIOR EMPRESA PUBLICA DO BRASIL!!!!!!!!

      • Concordo amiga Cristiane, todos esses programas sociais e obras elencados pelo Sérgio La-Rocque acima estão eivados de falhas grotescas e nada funciona a contento. Só um exemplo: a banalização do ensino público, com dados positivos falseados, com o intuito de melhorar o IDH do Brasil, junto à ONU, torna-se revelado com o resultado absurdo de meio milhão de alunos que tiraram zero na redação do ENEM e pouco mais de 200 tiraram nota máxima. Isso é só um retrato, de como está nosso ensino público brasileiro, com pouca ou nenhuma valorização do professor e um super protecionismo ao aluno, que em sua maioria não quer nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *