Pacientes abandonados – O que diz a Sesa

“A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) vem por nota esclarecer a respeito da notícia veiculada no blog da jornalista Alcinéa Cavalcante com o título “Pacientes em TFD estão abandonados pelo Estado”.
Segundo a coordenadora estadual do Programa de Tratamento Fora de Domicílio (PTFD), Sandra Rúbia Vaz Monteiro dos Passos, o pagamento de auxílio financeiro e de passagens aéreas destinadas a pacientes e acompanhantes está regular.
Mesmo assim, diante da reclamação, a coordenadora do PTFD iniciou um levantamento imediato da situação dos quatro pacientes citados no pedido de publicação e que se encontram em tratamento de saúde no Hospital Universitário Walter Cantidio, em Fortaleza (CE).
Caso seja detectada alguma pendência, a Sesa garante que, num prazo de duas semanas, o auxílio financeiro dos pacientes será liberado.
É importante ressaltar que, em muitos casos, pacientes em TFD fora do Amapá deixam de receber o auxílio financeiro por não comprovarem com laudo assinado pelo médico a necessidade da permanência deles no Estado aonde estão sendo assistidos. Muitos dos laudos médicos que chegam no PTFD são assinados por um assistente social, assinatura que não é legalmente reconhecida pelo Programa de Tratamento Fora de Domicílio.
Depois que a Sesa autoriza o pagamento de auxílio financeiro, o recurso fica disponível no banco para saque em até 30 dias. Quem recebe pelo Banco do Brasil, a consulta deve ser feita pelo CPF do credor. Para os demais bancos, o dinheiro é depositado direto na conta corrente.
Em 2013, a Sesa investiu cerca de R$ 13 milhões com despesas de passagem aérea, auxílio financeiro e com a Casa de Apoio, que inclui hospedagem e alimentação com pacientes cadastrados no PTFD Amapá.”

  • Gente a situação é horrível mesmo, também sou paciente do estado do Amapá em TFD desde 22 de maio de 2014, e única coisa que conseguir deles a foi as passagens de vinda para fazer meu tratamento em São Paulo, e isso porque minha situação era de urgência e muito grave… E agora depois de todo o sofrimento e adversidades da doença e do tratamento em si que não é fácil, me encontro de alta do Hospital das Clinicas de São Paulo desde o dia 15 de Dezembro e o TFD do meu estado não me manda as passagens para eu retornar para minha cidade para junto de minha familia com quem quero está neste natal e muito menos ajuda de custo, quanto tão pouco explicações de qualquer órgão do governo….

  • Sergio Cardoso Ribeiro, está internado no na mesma enfermaria que meu esposo está, e faz pena a situação do rapaz, há um ano que não recebe ajuda de custo, e os relatórios todos foram mandados, a irmã dele e acompanhante nos mostrou todos os documentos, eles estão passando necessidades, só essa semana ele foi reaberto por duas vezes pós-transplante que tem poucos dias…Deveria vir alguém do Estado ver o abandono em que essas pessoas se encontram e não são só esses 04 pacientes não, tem muito mais…Isso é um absurdo, alegarem que é uma assistente social que assina os documentos, elas são contratadas exatamente para darem suporte aos pacientes que muitas vezes não tem conhecimento de seus direitos e são jogados à própria sorte… O MS deveriam fazer um levantamento a nível de Brasil e ver quantos pacientes são abandonados á própria sorte… EU mesma com meu esposo perdi 14 meses de ajuda de custos de outro estado há anos atrás. Isso é imoral e desumano!!!

  • Que conversa fiada! Se fosse um parente do alto escalão da mamata amarela tenho certeza que isso jamais aconteceria.

  • Duas semanas, é muita incompetência. Para outros servicinhos, este tempo é mínimo. Com esta nota querem enganar a quem?
    Respeitem. respeitem a inteligência das pessoas.

  • Desculpas esfarrapadas!!!
    Até parece que os pacientes estão a passeio. Duas semanas pra resolver? Falta de respeito, falta de compaixão para com o próximo.

  • Coitadas dessas pessoal, seis meses sem receber absolutamente nada do governo, deve ter sido culpa da crise internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *