R$ 2,3 milhões para a saúde e educação

O estado do Amapá receberá mais de R$ 2,3 milhões em recursos de emendas parlamentares do senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP). O dinheiro foi liberado e autorizado para uso de prefeituras e Estado nas áreas da Saúde e Educação, em quatro municípios: Calçoene, Itaubal do Piririm, Vitória do Jari e Macapá.
Cabe agora ao Governo do Estado e prefeituras cumprirem todas as exigências necessárias para o uso do recurso. Eles têm de estar cadastrado no Sistema de Convênios (Siconv) do Ministério do Planejamento e realizar a licitação para aquisição de equipamentos e serviços.
Saúde
Na área da saúde foram liberadas emendas que contemplam ações como a aquisição de equipamentos para as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) de Macapá, na ordem de R$ 773.000,00; construção de UBS em Vitória do Jari, que receberá o montante de R$ 408.000,00 e aquisição de uma embarcação em Itaubal, no valor de R$ 12.650,00.
Educação
Para a educação, um total de R$ 20.839,97  para ampliação de uma escola em Calçoene. Também  foram alocados R$ 56.398, 33 para aumento da área de uma instituição de ensino em Macapá .
Ainda para a educação, o senador garantiu R$ 309.831, 61 para a Universidade Federal do Amapá (Unifap) e R$ 138.428, 39 em favor do Instituto Federal do Amapá (Ifap), ambos campi das duas instituições na capital amapaense.

Compromisso
O senador ressaltou que esses valores são os primeiros liberados pelo Governo Federal, em 2017, via seu mandato, mas que ele alocou muitas outras emendas para diversas áreas, que virão para o Estado ao longo do ano.
“Trabalhamos para conseguir estes recursos e vamos acompanhar sua aplicação. Temos que lutar pelo que a população mais precisa. Temos o compromisso de mudar a realidade do nosso estado e melhorar a vida dos amapaenses, dando-lhes condições de acesso a serviço público digno”, enfatizou o senador Randolfe.
(Texto: Elton Tavares, da Assessoria de comunicação do senador Randolfe Rodrigues)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *