Virando o zezeu

Adolescentes que cumprem medidas sócioeducativas no Centro Socioeducativo de Internação (Cesein) viraram o zezeu nesta terça-feira.
Saíram das celas, subiram no telhado, arremessaram paus, pedras e cacos de telhas em policiais.

“Eles aproveitaram que um dos internos iria receber atendimento médico e fugiram da cela, subindo no telhado do centro”, contou a diretora-presidente da Fcria, Alba Nize Colares. “Eles fizeram isso como forma de chamar a atenção da justiça para dar andamento aos seus processos jurídicos”, disse.

Ela afirmou que os processos já haviam sido encaminhados no dia 15 de junho para a Defensoria Pública do Estado, responsável por elaborar a defesa dos internos. “Esses processos já estavam prontos para serem julgados em um mutirão judiciário, marcado para o dia 10 de setembro,  dentro do próprio Cesein”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *