A velha casa

Esta velha –  e era tão charmosa –  casa, localizada na rua Eliezer Levy com Desidério Antônio Coelho foi fotografada por Floriano Lima.
Ele conta que sempre que passa por lá lança-lhe um olhar pensando em “quantas gerações já passaram por ela, quantas histórias alegres, talvez outras nem tanto. Ela deve guardar como aquele amigo fidedigno segredos ao longo de tantos anos”.

Hoje  ao passar novamente por ela, Floriano viu muitos tijolos, areia, seixo. E disse: “Parece que ela queria me dizer, estou chegando ao fim, envelheci, o viço da minha juventude foi embora, já não agrado tanto e pensei em nossos ‘velhos’, que muitos deixam de tratar como merecem, de ouvi-los mesmo quando só balbuciam. Olhei-a demoradamente e falei: estás guardada nos arquivos da minha memória afetiva.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.