Obra do artista plástico Limeira

Retrato do poeta Alcy Araújo feito pelo grande artista plástico Limeira, que morreu hoje.  Este quadro pertencia ao Governo do Amapá, foi feito por Limeira para a Galeria Alcy Araújo, da Biblioteca Pública, por encomenda da Fundação Estadual de Cultura do Amapa (Fundecap), hoje Secretaria Estadual da Cultura. O quadro foi roubado da Biblioteca Pública no primeiro governo de Waldez Góes e até hoje nada foi feito para tentar recuperá-lo.

Limeira contou certa vez que passou quase um mês para fazê-lo. Não há um traço. São pontos. Limeira estimava em algo em torno de oito milhões de pontos e dizia que esta era a obra que mais gostava. Tanto que sempre ia à Biblioteca para vê-la, saber se estava sendo bem cuidado. Foi ele que descobriu que a obra tinha sido roubada quando um dia chegando lá não a viu na galeria, perguntou e ninguém soube informar.
Quando perguntado quanto valia aquele quadro, Limeira respondia que aquela era uma obra que não tinha preço. E dizia que uma das suas grandes tristezas tinha sido o roubo dessa obra e que esperava que um dia ela fosse recuperada.

  • Ei, ele morou na Henrique Galúcio, na quadra do Mcp/shopping? Se morou fui vizinho dele!! Que Deus o tenha em bom lugar.

  • Eu trabalho em uma instituicao publica cultural e como funcionaria prezo para zelar, guardar, manter em boas condicoes e principalmente ser guardia do patrimonio que la guardamos. Nao e facil, pois, muitas pessoas pensam que podem chegar nos locais publicos e “surrupiar” mesmo o que pertence ao povo.
    Triste noticia saber que o artista Limeira se foi, mas oremos pelo seu descanso em outro plano. Triste noticia saber que uma reliquia, uma obra com oito milhoes de pontos, uma tecnica rara de se fazer como o retrato do poeta Alcy tenha desaparecido!

  • Sinceramente nao conhecia este Artista Plástico (Limeira). Que o Criador do Universo dê conforto aos seus familiares e amigos.
    Nao fiquei surpreso pelo furto deste retrato; alias, muita coisa de nossa história foram “surrupiados”…alguns canhões da fortaleza de são josé…iconografias…peças arqueologicas e por ai vai !
    Concerteza devem esta com algum colecionador em suas brilhantes salas de leitura.
    Que Deus nos proteja e proteja nossa história.
    Boa noite !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *