Chá da tarde

Explicação

Vivo do ato de escrever
sobre tragédias
e espetáculos
sobre o candidato vitorioso
e o derrotado
sobre o deputado corrupto
e o governante que finge ser honesto
sobre a exportação da mandioca
e a importação da farinha
sobre a fome e a riqueza
sobre o real e o dólar.
Perdoa-me, Anjo,
não sobrou tempo
para escrever
um poema de amor.
(Alcinéa)

  • Parabéns pelo dia do jornalista, gosto desse poema. Vou pulicar no mural do meu facebook ta. bjss

  • Alcinéa entrei no seu site procurando notícias de política e encontrei esse poema lindo que, na minha leitura, parece um pedido de desculpas pro seu Anjo mas que se revela na verdade como um suave carinho…sabe …existem pessoas que tem talento enquanto outras tem o dom…Deus lhe concedeu o dom…obrigada por compartilha-lho conosco… Cris e família

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *