As máscaras

As máscaras
Fabio Nescal

Há tantos rostos inocentes
Neste cenário universal
Rostos suaves e irreverentes
Não usam máscara de carnaval.

Rostos tristonhos… indiscretos
Ser vivente, dissimulado…
Rostos secretos escondem mistérios
Às vezes são mal-encarados.

Rostos fingidores… sedutores
Não demonstram o que há
Por trás dessas máscaras
O que vamos encontrar?

A máscara da hipocrisia
Intensifica perante a sociedade
Nas ilusões do dia a dia
Sem a essência da dignidade.

(Da coletânea “Poemas, poesias e outras rimas” que será lançada em fevereiro em Macapá)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *