• O TEMPO…O VELHO TEMPO…NÃO DIMINUI EM MIM A ALEGRIA DE LER MAIS UMA VEZ SEU BELO POEMA.
    ABRAÇOS
    LUIZ JORGE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *