Chá da tarde

Aos cabelos dela
 A.D.G.Martínez
(Para Lidiane Martínez)
…………….
Vejo o rútilo de teus cabelos
Peça de seda a tramar
Adota a beleza das crinas
E a fluidez dos rios ao mar
Reage aos ventos carinhosos
Como se eternamente fossem pairar
E na magnitude da perfeição cíclica
Repousam em teu ombro, como se nunca tivessem saído de lá
Este véu que te coroa e adorna
Com olor de romã e paraíso
Com cor de castanho e infinito
Cobrem-me em nossos carinhos
Onde minha mão feito passarinho
Insiste em se aninhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *