Chá da tarde – Um poeminha pra depois do carnaval

Acabou

Não me peças um beijo
daquele de língua
cheio de amor e paixão.
O tempo passou
o carnaval já acabou
e aquele amor
– ah, quer saber? –
aquele amor
nem era amor.

(Alcinéa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *