Hoje teve poesia na Justiça Federal

Hoje a manhã foi repleta de lirismo e poesia na Justiça Federal no Amapá.
O Movimento Poesia na Boca da Noite estendeu lá o Pano da Poesia e encantou estudantes, autoridades e servidores com belíssimas declamações de autoria de poetas amapaenses.

Poeta Arilson, bibliotecária Gilvana, poetas Raquel Braga, Adélia Figueiredo, Ricardo Pontes e Wilson

Foi um momento mágico.Além das declamações, teve varal de poesias, sorteio de livros de autores amapaenses e distribuição de chocolates com trechos de poemas.O Movimento Poesia na Boca da Noite agradece o convite feito pela Justiça Federal, a forma como foi tratado e como tudo foi muito bem organizado e se coloca à disposição sempre que a Justiça Federal quiser e puder repetir estes momentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.