Mauro Guilherme

História de rio
Mauro Guilherme*

Um rio cortando a tua cidade,
o teu amor,
o teu destino.
Um rio só,
um rio grande,
que te faz pequenino.
Um rio de águas turvas e perigosas
– cuidado para não te afogares -,
que te causa medo e fascínio.
Um rio da lua,
um rio do sol,
olhando para ti desde menino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.