Aline Gurgel será a vice de Bruno Mineiro

Em encontro de vários partidos, realizado neste sábado,  ficou decidido que a vereadora Aline Gurgel (PR) ocupará a vaga de vice na chapa de Bruno Mineiro (PTdoB) na disputa pelo governo do Amapá.
Também ficou acertado que a ex-deputada Francisca Favacho, presidente do PROS,  será a coordenadora geral da campanha.Abri mão de ser a candidata para apoiar  estes jovens políticos que, por certo, tem uma grande missão pela frente”, disse Francisca.
O encontro reuniu as lideranças mais expressivas do PR, PRB, PHS, PTdoB e PROS, além de vários peemedebistas amigos de Bruno Mineiro.
A convenção  está marcada para o dia 27. Até lá o PTdoB acredita que consolidará uma aliança com cerca de dez partidos.

  • Coronelândia do Norte? Seremos sempre governados por “famílias”?? Será que o coronelismo de nossos antepassados nordestinos ainda fala tão alto?? Democracia significa “Governado pelo Povo”. Vamos nos libertar das DINASTIAS e não substituí-las…

  • Minha família estava pensando em votar no Bruno Mineiro, mas depois dessa aliança com os Guergéis, ele perdeu nossos votos.

  • Será que não vamos aprender nunca? Tá na hora do povo amapaense acordar. Nossa cidade está, cada dia mais, entregue as baratas, aos ratos, aos buracos… CANSEI. Nem os netos de nossos netos terão uma cidade, da qual poderão se orgulhar;

  • A candidatura de Bruno não representa nenhuma esperança de mudança no quadro político. Na verdade é estratégia da harmonia ( plano B) de chegar ao poder sem ter o peso de waldez, que no momento da campanha terá sua vida devastada com as verdades da sua corrupção.
    O desempenho , como deputado, não o qualifica.
    A vice na chapa, não acrescentará nada, é apenas moeda de troca do Vinício.

    • Verdade,tudo p/tentar enganar os desvisados.O deputado já não tem grande relevância na ALAP e se juntando com Gurgéis e Favachos que não querem largar o osso,só apressou o tiro no pé.

  • A VELHA ESTRATÉGIA FUNCIONANDO, SE LANÇA CANDIDATA(O) depois barganha uma vaga de vice, no mais 3 desses partidos pertencem a família gurgel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *