Caladinhos caladinhos

Os deputados citados ontem pelo advogado do presidente afastado da Assembleia Legislativa decidiram ficar caladinhos caladinhos.
Em entrevista coletiva, o advogado Inocêncio Mártires, que defende o presidente afastado  Moisés Sousa (PSC),   disse que seu cliente foi afastado da presidência da Assembleia por contrariar interesses pessoais de alguns parlamentares  que, inclusive, respondem por crime de improbidade administrativa e enriquecimento ilícito.
Em nota divulgada hoje, a Assembleia Legislativa  disse que os deputados não se manifestarão e classificou de “ofensivas, mentirosas e fruto de uma manobra frustrada em tentar ganhar a opinião pública” as declarações de Mártires. Mais: “A Casa de Leis não reconhece o advogado como preposto ou porta-voz do parlamentar afastado. A atuação do advogado se limita a defesa do parlamentar na esfera judicial, onde todas as tentativas de retornar à presidência se mostraram frustradas.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *