Chelala não aceita ser vice

O economista Charles Chelala (PSOL) já disse com todas as letras que não aceita a vaga de vice na chapa de Camilo Capiberibe (PSB) candidato à reeleição ao governo do Amapá.
O PSOL -que faz convenção domingo – vai coligar com o PSB e deve indicar para a vice o enfermeiro Rinaldo Martins, ex-secretário municipal de Saúde.
Mas são fortes os rumores que grande parte do PSOL não entrará na campanha pró-Camilo. Nem mesmo o senador Randolfe Rodrigues.  Se verdade ou não só se saberá quando a campanha começar pra valer.

  • Espero que desta vez tenham consciência povo do Amapá e votem Lucas Barreto ou senão,enterrem de vez o estado com Camilo.!!!!!

  • Se o Camilo não consegui se reeleger o prefeito Clécio pode começar a arrumar as malas que ele vai rodar também, pois com o grupo da harmonia novamente no poder eles vão querer a prefeitura sem sombra de dúvidas, e vão certamente conseguir, ou vocês acham que o PSOL não pensou nisso????????? Lógico que pensou! ! !

  • Acho que soa um tanto incoerente esse apoio ao PSB, afinal a própria militância do Psol falava do péssimo trabalho que o Camilo vem fazendo e das proposta de inovação que são bandeira de luta do PSOL. Mas como tenho certeza do “raxa” interno, sei que o Camilo não contará com o Psol por inteiro e isso é ótimo, já que os ensolarados estão no gosto do povo e podem ajudar a decidir uma eleição, mas espero que essa incoerência e mudança de opinião maluca não tome conta de todos nos últimos dias de campanha.

  • Randolfe deveria ter lutado para que o PSOL apoiasse Lucas, que foi quem lhe deu ajuda para seu projeto de chegar ao senado, Camilo e o PSB queriam que ele sumisse. Se hoje a prefeitura está levando a cidade a esta situação é porque não tem apoio do governo e Randolfe já disse isso recentemente, ele conhece bem os Capiberibes, essa eu não entendi senador.

  • Como disse a grande Alcinea no twitter, o PSB levou a legenda mais não levou a militância do Psol. E o Camilo com uma alta rejeição fica dificil de o Psol ser a salvação dele para o GEA. E muita gente, não se lembra do que o Camilo, Capi, Ruy Smith e cia fizeram no início do segundo turno da eleição a prefeitura de Macapá em 2012, quando queriam que o Psol pedisse um apoio aberto ao PSB (com uma rejeição absurda), e com isso quase destruiram as chances dele de vencer o Roberto Góes.

  • Psol, Randolf e quem mais puderem trazer vao entrar de cabeça na campanha. A sobrevivencia politica do PSOL depende do PSB, neste momento. Só tolo nao enxerga isso. Nao é uma questão ideológica ou de fazer beiçinho… é da estrutura do jogo de poder estabelecido na atual conjuntura política local. Aliás, a carta do Randolfe deixa escapar essa análise.

  • PSOL, quem não te conhece que te compre. Só quem participou da campanha do Clécio, dentro das combi’s nas periferias sabe o quão bem-vindo foi o apoio do PSB naquele segundo turno, senão hoje – sem dúvida alguma – Roberto Goes seria o atual prefeito.

    • Verdade,não fosse o apoio do PSB,Clecio teria morrido na praia.O Chelala é pessoa inteligente e sabe que o retrocesso(volta da harmonia),não é o melhor para o Amapá.

  • O Psol é parte importante nesse processo de moralização da política amapaense, a gestão do PSB frente ao governo demonstra claramente seus objetivos e suas visões de sociedade. Não creio nessa má vontade do Psol e de suas lideranças, sobretudo Sen. Randolfe, pois agindo assim o psol estaria a serviço da oposição que outrora impôs ao AP um prejuízo sócio-político descomunal. Eles sim, torcem pela ausência de entendimento entre as esquerdas, posto que é nessa lacuna, que eles pensam em se criar. Tenho fé que não daremos esse espaço a eles.

    • Digam isso ao Camilo que passou dois anos destruindo a gestão do PSOL na capital negando parcerias básicas, gerando rejeição popular, refletindo isso sim os objetivos e visão de sociedade do PSB , que tem medo do aparecimento de novas lideranças que não tenham seu sobrenome …

      • Parabéns Alejandro.
        Infelizmente o PSOL foi se abraçar com o Camilo. O governador quebrou a nossa cidade, quebrou a prefeitura da Cidade de Macapá, não se interessou em ajudar a cuidar da cidade. Deu mais dinheiro para a administração do Roberto Goés do que para a administração do Clécio, uma vergonha. O candidato ao Governo tinha que ser Randolfe ou Chelala, novas caras para um novo governo. Esses que estão ai se candidatando são mais do mesmo, figurinhas repetidas, presentes no sucateamento desse Estado nos ultimos 20(vinte) anos. Agora quer que o PSOL morra abraçado com ele. Se fosse um bom governante o próprio povo estaria carregando ele nos braços e reconduzindo-o para mais um período de governança. Saúde, Segurança e Educação são um pequeno exemplo do salto de qualidade que demos.

        • Oh João. Povo carrengar político nos braços é coisa muito antiga, e, só quem faz isso são os puxa-sacos que comem sem trabalhar. Essas estórias de políticos seram carregados pelo povo é balela, achas q isso é sinal de bom governo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *