Contrato da ALAP com Beija-Flor era de R$ 60 mil por mês

Presidente  interino da Assembleia Legislativa do Amapá, deputado Kaká Barbosa, não renovou o contrato de R$ 60 mil mensais com o Sistema Beija-Flor de rádio e televisão.
Daí que Kaká já está apanhando das emissoras do sistema mais do que a Dilma nas redes sociais.

  • Código de ética da imprensa amapaense, não generalizando,
    Artigo 1º – Falou mal, apanha mais que tambor de macumba,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *