Dalto Martins – amante da poesia

Dalto Martins (de camisa laranja) no Movimento Poesia na Boca da Noite,
em fevereiro do ano passado

Casado com a médica e poetisa Maria Tereza Renó, Dalto não escrevia poesias (ou se escrevia não mostrava) mas tinha paixão por ela. Gostava de ler poemas, ouvir declamações e às vezes até ensaiava recitar versos. Apoiava e valorizava a literatura amapaense. Patrocinou a publicação de alguns livros de escritores amapaenses.
Chegou a participar algumas vezes do Movimento Poesia na Boca da Noite.

  • neste dia o dep. dalto chegou timidamente ao poesia na boca da noite, lembro bem. que descanse em paz, e que sua familia possa ter forças para superar o momento…

  • Com tristeza,hoje pela manhã ouvi a noticia do trágico acidente ocorrido com o deputado DALTO,peço a deus q conforte seus familiares,e q perdoe as pessoas q estão felizes com a dor alheia,são uns coitados esqecem q todos somos mortais,e q na vida só temos 2 certezas;uma q nascemos e outra q um dia vamos morrer.

  • Estamos no centro cirúrgico do hospital Alberto Lima lendo os fatos do lamentável acidente com o colega Dalto e, juntamente com todos os técnicos, enfermeiros e demais funcionários, manifestamos nosso pesar aos familiares do Dr. Dalto. Que descanse em paz. Jocy, Dilma Damasceno, Antônia Xavier, Paula, Regiane, Socorro Martins, Jane, Danilson, Carmo (mazagao) ,Edvaldo, Vitoria. Nossas saudades.

  • Minhas condolências a sua esposa Maria Tereza Renó, e aos familiares do Deputado Dalto Martins neste momento de profunda tristeza. Que Deus conforte os seus corações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *