Dalto Martins morre em acidente aéreo

O deputado estadual Dalto Martins (PMDB) morreu  na manhã de hoje em Macapá quando seu avião, um monomotor Cesna 206, prefixo PR-CRR caiu poucos minutos após decolar de Macapá com destino a Manaus. Faria escala em Santarém (PA) para reabastecer.
A aeronave era pilotada pelo próprio deputado que era um piloto bastante experiente.
De acordo com o comandante Carlos Lima, que cuidava da aeronave do deputado, o avião era novo, “moderníssimo”, e não apresentava nenhum problema. Ele acompanhou ontem à tarde todo o trabalho dos mecânicos de vistoria e demais procedimentos que antecedem uma viagem.
Dalto Martins decolou do aeroporto de Macapá às 5h48, quatro minutos após a decolagem informou à torre que estava com problema, mas não chegou a dizer qual e perdeu a comunicação. No momento do acidente chovia muito em Macapá e o avião caiu em local de difícil acesso, de mata fechada, próximo ao bairro Marabaixo.
Pessoas que moram perto do local contam que ouviram o barulho do avião, da explosão e logo em seguida o clarão.Foram essas pessoas que entraram em contato com o Corpo de Bombeiros e com a Polícia para avisar.

Dalto Martins estava no terceiro mandato e presidia a CPI da Saúde. De família tradicional de Macapá, Dalto Martins formou-se em Medicina em São Paulo, onde também fez o curso de aviação. E foi lá que conheceu a oftalmologista Maria Tereza Renó com quem casou.

Polêmico, mas de muitos amigos, Dalto era um grande apoiador da cultura, do esporte e do carnaval. Era, inclusive, ritmista da bateria de Piratas da Bastucada. Antenado, participava com freqüência das redes sociais, tinha perfil no twitter (@daltomartins) e no facebook e um blog (www.daltomartins.com).
Dalto Martins tinha era médico, biólogo,  legista da Politec, tenente  da reserva da Polícia Militar de São Paulo, piloto de avião e deputado estadual por três mandatos e ex-vice presidente da Assembleia Legislativa.  Ele deixa esposa e três filhos.

Por causa da morte do deputado Dalto Martins o PSOL cancelou a inauguração da sua nova sede que seria hoje à noite e o governo do estado adiou a reinauguração da biblioteca pública que estava marcada para às 17h desta sexta-feira. O governador Camilo Capiberibe e o prefeito Roberto Góes decretaram luto oficial de três dias.

No acidente morreu tambem a empresaria Rachel Loyola.

  • Devemos pedir ao todo poderoso que conforte os familiares do deputado Dalton Martins e da senhora Raquel. O que a sociedade não aceita são as especulações de algumas pessoas de que possa ter ocorrido uma sabotagem no avião.

  • Triste,pois são almas levadas de uma forma chocante e rápida.Não acredito (como alguns devem estar pensando) que tenha acontecido algo mais além de um acidente.Na parte da manhã,estava chovendo fraco e não deve ter sido o clima.De acordo com as testemunhas,o avião pegou fogo no ar e isso indica algum tipo de vazamento de combustível na aeronave e por este horário ainda não ser muito claro ele não conseguiu fazer o pouso de emergência,ele simplesmente caiu direto ao solo.É só observar os destroços da aeronave,que se tivesse ococrrido uma tentativa de pouso,não ficara tão danificada.Minha opnião,obrigado.

  • Devemos superar nossas eventuais diferenças nesse momento de dor e se solidarizar com a dor dos amigos e familiares enlutados! Meus sinceros sentimentos de pêsames!

  • Meus sentimentos as famílias enlutadas. O Deputado Dalto Martins, convivia diariamente conosco na Academia nos altos da Clinica Climed. Descanse em Paz Deputado. Seus amigos da academia (aeróbica e musculação) sentirão sua falta.

  • E com td essa chuva e tempo fechado havia teto p voar? já q a aeronave estava ok então o que poderia ter causado esse acidente? não é suspeita de nd, mas então faltou segurança p/ a saida deste vôo. Contudo td respeito as famílias enlutadas

    • eles precisam mesmo,é bom lembrar que as autoridades são constituídas por Deus e é Ele que comanda nossas vidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *