Desabafo e denúncia

Comentário do leitor Márcio Costa Rodrigues no post “O choro é livre”

“Primeiramente, cumpre-me cumprimentá-la pelo seu trabalho jornalístico. Democracia sem imprensa livre é fraude. Com relação a operação mãos limpas na Sup. Fed. de Agricultura, o maior penalizado fui eu. Lembrando que postei no seu blog, á época, que havia realmente uma quadrilha comandando o MAPA no Amapá. O post foi entendido como denúncia, que resultou na 2. prisão de Rui Santos Carvalho.
Dado o nível de truculência dos seguidos gestores de Embrapa e SFA, no afã de assegurarem vantagens paras os clãs ao qual são filiados, desenvolvi bipolaridade. O Dr. Helder Albuquerque me assegurou que eu não apresentava isso antes de ingressar na SFA-AP, desenvolvi “apenas” depressão no período que trabalhei na Embrapa.
Pois bem, fui removido pra Goiânia por motivo de saúde e intimado a ir embora do Amapá de vez pelos clãs que controlam o MAPA.
Assim sendo, observo que a “quadrilha” passou poucos dias na prisão e hoje pode confortavelmente usufruir do fruto do seu ilicito.
Quanto a mim, sou obrigado a viver longe de minhas filhas, diga-se de passagem duas Macapaenses lindas, pois nem minha esposa pode ir pra Goiás, por ser servidora estadual, nem eu regressar para o Amapá, pois já foi decretada a minha expulsão do Amapá pelos dois principais clãs locais.
Tá certo que eu não sou amapaense, sou goiano do pé rachado, mas com que direito um clã do Pernambuco e outro do Maranhão podem proibir que eu viva com as minhas amapaenses?”

  • Cara Alcinéia.
    Cumpre a mim, enquanto cidadão brasileiro, e, acima de tudo amapaense, refutar o esse elemento postou em seu site. Primeiramente, gostaria que você, como jornalista séria que é, buscasse informações a respeito desse sujeito na Superintendência Federal de Agricultura no Amapá. Verá que é uma pessoa mentalmente doente e que não dispõe de qualquer credibilidade. Foi um dos denunciantes na SFA, infelizmente a CGU e a PF deram ouvidos a um demente. Basta dizer que o mesmo não compareceu para depor quando foi convocado pois não dispõe de nenhum tipo de prova do que fala. É um alienado dentro da SFA/AP, pois é portador de uma síndrome de esquizofrenia e bipolaridade. Eu, mesmo mandei ele para Brasília pra realizar os exames, quando então foi detectada a doença. Então, em nome da verdade real, solicito que faça essas correções no seu site, para que não se torne uma ferramenta onde qualquer um diz o que quer sem ter provas do que diz. Da minha parte, tenho a consciência tranquila de uma gestão responsável naquele órgão, e no momento certo provarei isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *