Entrevista – Randolfe Rodrigues

O blog fez uma longa entrevista ontem com o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP). Foram mais de duas horas de conversa sobre a atuação dele no Senado no primeiro semestre deste ano e outros assuntos.
Dentre os assuntos, a MP 660, obras do aeroporto internacional de Macapá, sua luta para trazer mais empresas aéreas para o Amapá, emendas parlamentares  (Unidades Básicas de Saúde, escolas, asfaltamento, praças), Macapá Alfabetizada, a questão do petróleo.
Falou-se também de política nacional e local. Randolfe Rodrigues não acredita em impeachment de Dilma, apesar da crise moral, econômica e política pela qual o país passa.
Sobre o atual governo do Amapá, Randolfe lembrou que o Waldez Góes foi eleito prometendo cuidar das pessoas e das cidades e o que se vê são pessoas padecendo nos hospitais e as cidades sem receber sequer uma pá de asfalto do governo estadual. Ele aponta como principal responsável pelo retorno de Waldez Góes ao governo o ex-governador Camilo Capiberibe (PSB).

Sobre as próximas eleições, Randolfe defende a sustentação da aliança Clécio Luís/Davi Alcolumbre/Randolfe/Lucas Barreto. “Defendo a unidade dessas quatro lideranças”, enfatiza.
– O senhor está descartando o ex-governador Camilo Capiberibe? – Perguntei.
A resposta, querido leitor, você saberá amanhã aqui neste blog.
Como disse no início, a entrevista foi longa. E assim para não cansar o querido leitor (maioria acha incômodo ler textos grandes na internet)  decidi publicá-la por partes. Cada dia um assunto.

O blog vai entrevistar também outros líderes políticos. Deputados, prefeitos, vereadores, governador. E você, leitor, pode sugerir nomes de entrevistados e pode até (se quiser e o entrevistado permitir) participar das entrevistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *