Não se espantem

Não se espantem se até sexta-feira, quando ocorre a convenção do PMDB, o senador José Sarney mudar de ideia e resolver ser candidato. Poderá alegar que volta atrás atendendo “clamor do partido e do povo”, orientação do PT (da presidente Dilma e do ex-presidente Lula) ou que o Brasil precisa dele.
Afinal, na política tudo é possível e continua valendo aquele ditado que diz que política é igual nuvem: muda a todo segundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *