Deu a louca nos políticos do Amapá

Gente, deu a louca nos políticos amapaenses.

Dia desses o deputado federal Antônio Feijão (PSDB-AP) lançou uma proposta para aterrar 300 metros do rio Amazonas.

Na madrugada de ontem, sexta-feira, o Ministério Público Estadual flagrou caçambeiros aterrando o rio Jari.

E quem estava lá fazendo parte da mobilização para aterrar o rio? Quem? Quem?

O senador Gilvam Borges (PMDB-AP) e o prefeito e vereadores do município de Laranjal do Jari.

Vou atrás de mais informações e depois venho contar pra vocês o que eu conseguir apurar.

E fiquem de olho nos políticos. Vai que de repente, na calada desta noite,  um deles resolve amarrar a Linha do Equador na bicentenária Fortaleza de São José de Macapá para arrastá-la pra outro lugar.

Cruz credo!

  • Nós temos é q pará de ver essas situações como se fossem brincadeiras! Isso é coisa seria, ao inves disso deveriamos montar uma equipe para informar o nosso povo.
    Venho aqui lançar uma proposta para todos q deixaram alguma mensagem aqui. Vamos nos unir e recolhermos todas as informaç~oes sobre os politicos do nosso Estado, para q possamo0s repassar de alguma forma para o povo amampaense.

  • Etâ mentalidade pequena.
    Acho que aqui no Amapá nunca se ouviu falar no aterro do flamengo.
    As pessoas aqui preferem se apertar nessa orla sem espaço para passeio ou estacionamento.
    O impacto ambiental tem que ser medido e não acho que trezentos metros na frente da cidade deva comprometer o ecossistema, a flora e a fauna da região.
    A relação custo benefício deve ser medida devendo ser levado em conta o potencial turístico da capital que hoje tem poucos atrativos.
    Se fosse assim, nada poderia ser modificado no ambiente. Um prédio não poderia ser erguido ou uma usina construída.
    O que não pode acontecer é criticar as coisas sem proporcionar qualquer discussão.
    Vamos pensar grande. Vamos aproveitar o potencial desse grande rio em prol dos amapaenses, fazendo com que ele fique mais atrativo ainda. Pensem. 300 metros não é nenhum absurdo.
    Para finalizar vou dar uma sugestão ao prefeito da Cidade. Que tal elaborar um projeto de construção de um pier no exato encontro do rio amazonas com a linha do equador. seria uma coisa unica no planeta.
    Gente, turismo se faz com criatividade. A cidade tem que potencializar seus atrativos e inventar outros. Muito obrigado.

    • Amigo Lauro, nao concordo com vc nao, pois ao inves deles aumentarem 300 no rio, por que q eles nao investe em uma area de 300 metros na cidade, pois vemos acalamidade dos bairros, sem infra-estrutura, saneamento basico etc… Nós temos q está e bem informados e lutarmos pela melhoria de nossa cidade e nosso povo! Não acredito q 300 metros de area de lazer venha melhorar a situação da nossa população tao carente de outras coisas mais importante! Me diga q se uma pessoa carente, tem um carrro para estacionar nesse estacionamento? Me diga q essa familia carente vai para uma area de lazer , se mal tem o q comer!

  • O que se depreende disso é que o Gilvan Borges tá de-ses-pe-ra-de-o-dó. Seu desespero em conseguir votos está fazendo com que ele meta os pés pelas mãos. Agora ele não é só legislativo. É executivo, judiciário e tudo. Presta atenção Gilvan e esse maluco desse Barbudo Sarrafi. Pra fazer uma obrá pública hoje no nosso país, é preciso CUMPRIA AS LEIS. Enenderam? Tem que fazer projeto, projeto executivo, tirar licença ambiental le cumprir rigorosamente cronogramas de desenbolso e explicar direitinho de ONDE VEM AS VERBAS. Gilvan tá construindo pontes, tá construindo aterros e os kambau a quático. O MP tá com toda a razão. O governo e o TCE não podem compactuar com isso.

  • E necessário apurar melhor mesmo, pelo que fiquei sabendo por moradores do local, a area que estão querendo aterrar faz parte do local ondo ocorreu o incendio, e nao parte do rio jari, mas pra variar estamos perto das eleições, entao se o prefeito Barbudo Sarafi não fizer isso, vem algum amiginho do Valdez/Roberto ou de outro qualquer e vai fazer so pra obter alguns votos.
    no cenário político que estamos…
    se correr o bicho paga e se ficar o bicho compra o seu voto…

  • A Patifaria já começou,esses politicos,passam o mandato todo negociado vantagens pessoais e quando chega agora a um ano das eleições querem a todo custo aparecer e ficam criando problemas para a justiça.É bom o TRE-ap observar a Propaganda Antecipada, que é proibida por lei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *