Remember

Em 3 de setembro de 2009 o então deputado estadual Camilo Capiberibe (PSB) – hoje deputado federal –  denunciou que foi agredido verbalmente pelo então prefeito Roberto Góes  no gabinete da presidência da Assembleia Legislativa. Segundo o parlamentar, Góes ainda jogou nele um copo d’água e o bafafá só não terminou em mordidas e socos porque a “turma do deixa disso” agiu rápido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *