Sobre a aliança Psol/PTB

Tá no Estadão:

O PSOL nacional não aceitou a coligação com o PTB no Amapá. Com isso, a coligação foi anulada. Hoje o PTB e demais aliados (PSDC, PCB, PTC, PRP, PRTB e PMN) ingressaram com novo pedido de registro de candidatura. A única mudança é a saída do PSOL. A coligação não registrou nenhum outro candidato ao Senado em substituição a Randolfe Rodrigues (PSOL).

O diretório local do PSOL vai realizar uma reunião para decidir se vai para um embate jurídico com a executiva nacional ou… (Leia mais)

  • Um partido político não deveria ser apenas um clubinho de amigos. Também não deveria ser um espaço que congregue pessoas que fazem o que querem. O PSOL tem um programa e um estatuto que norteiam suas ações. Há deliberações que são fruto da análise e da caracterização da realidade política. A política não deveria ser uma disputa de pequenos interesses pessoais ou grupais por parcelas do poder. Os inimigos de ontem hoje juram amor eterno. O PSOL com essa intervenção está apenas tentando manter sua proposta de tentarmos fazer política de forma diferente. Se alguém quer fazer campanha para partido ou alguém que está fora de nossos arcos de aliança que faça, mas não em nome do partido.

  • Com coligação a orientação era a seguinte:
    VOTAR NO RANDOLFE E QUEM PREFERISSE NO CAPI TAMBÉM.

    Agora sem a coligação vamos intensificar nosso apoio integral ao RANDOLFE e vamos pedir segunda opção pra todos MENOS PRO CAPI.

    Podemos até não chegar no senado com Randolfe, mas vamos dá uma trabalheira.

    E olha que nessa galera tinha muita gente que votava no Capi.

    • Pois sou eleitor do CAPI em primeira opção e Randolfe na segunfda. Não dou trela a essa suas picuinhas juvenis. Se lembre que quem prohetou o Randolfe ma política foi o CAPI. Logo, apaziguemos nossos corações,´pois nós somos oposição, o resto da turma são harmônicos…

  • Fabio Carvalho, só para colaborar, A Heloisa Helena é candidata ao senado pelas Alagoas mum 500. O candidato a presidente do Randolfe, ou melhor do PSOL, é o Plinio de Arruda Sampaio e o número dele é 50.

  • Há uma situação para a qual estão fazendo vista grossa. Quem criou toda essa situação foi o Dorinaldo Malafaia, que é unha e carne com o Camilo e seu pai.Mexeram uns pauzinhos e taí o resultado. mas o Randolf disse que não vai para o lado do PSB de jeito nenhum. É muito medo gente…

  • É PAI CENTRALISMO DEMOCRATICO NÃO FICOU PARA QUALQUER UM REVOLUCIONARIO. QUERO VER AGORA
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • O fato, é que em determinadas situações, o radicalismo ainda impera em alguns partidos ou alas de esquerda, o que não define o caráter do candidato, ou de quem está no poder, algumas vezes a legenda política atrapalha mais do que ajuda! Sou eleitor de Randolfe, e acredito que tal fato mais atrapalha do que ajuda o partido socialista. Nada contra a legenda ou a ideologia partidária, pela qual concordo em determinados pontos, e até votarei na candidata a presidente Heloisa Helena, mas temos que ter jogo de cintura nessas horas, ou então o psol estará fadado a ser um partido sem mandato e sem pessoas competatentes para tocar o partido.

  • A questão é que o PSOL rompeu a barreita do classismo, meus caros, e isso tem um preço político. A estratégia eleitoreira faz desse partido uma federação de correntes quem tem um futuro igual ao do PT: perder qualquer pespectiva socialista, se burocratizar internamente e se transformar em mais um porta-voz da democracia burguesa.

  • Os iluminados revolucionário da Direção do PSOL Nacional que na grande maioria não sabem nem onde fica o Amapá, estão perdido no tempo ficaram presos a um modelo de disputa ideológica do século XX não conseguém perceber as transformações que ocorrem na política brasileira, dai esta visão tacanha que resultou na não aceitação da coligação com o PTB no Amapá se não conseguém avançar em uma determinada epeficidade local como ousam em pretender um dia governar este país.

  • VC ESTÁ ENGANADA QUEM TENTA MANDAR NO PSOL E PLINIO ,AFRÂNIO E MILTON.MAS RANDOLFE SERÁ ELEITO COM O APOIO DE LUCAS E O POVO DO AMAPÁ.NÃO TENHO DÚVIDAS DISSO. 500 !!!!!

  • Todo partido tem um dono. O dono do PSOL é Heloísa Helena, por mais que se tente dizer o contrário. Partir pro embate com ela é perder, afinal o peso político da seccional amapaense do PSOL é absurdamente ínfimo.

    • Dizia um amigo que o objetivo de qualquer partido político é atingir o poder. Se não agir assim é confraria de São Francisco. Parece que o PSOL nasceu pra ser uma moldura na parede.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *