Um partido pra chamar de seu

Ex-vereadora e ex-vice-prefeita Helena Guerra  – que era filiada ao DEM – é a toda poderosa do Partido da Mulher Brasileira no Amapá.  Ela foi escolhida pela Executiva Nacional para organizar o partido em terras tucujus. E não perdeu tempo: quinta-feira passada o pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) deferiu pedido de registro do Diretório Estadual do PMB.
Agora, no novo partido Helena Guerra começa a aplainar caminho para disputar uma vaga na Assembléia Legislativa ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *