Começa a briga no tapetão

Candidato ao governo do Estado pela coligação PSB/PT, o deputado estadual Camilo Capiberibe acaba de informar que o PMDB entrou com recurso no TRE impugnando sua candidatura.
Se acostumaram com o tapetão e não querem mais disputar eleição”, disse Camilo. Segundo ele, o PMDB alegou que Camilo não teria pago uma multa referente a pintura de seu nome num muro de uma propriedade na avenida Claudomiro de Moraes. “Paguei a multa como me foi cobrado“, garantiu o candidato.
Para ele, a ação do PMDB não passa de uma mera tentativa de tumultuar o processo eleitoral.

Atualização – 12/07 – 16h
Não foi o PMDB que entrou com pedido de impugnação da candidatura de Camilo Capiberibe, mas sim o cidadão Raimundo de Deus.

  • Essa Lei da Ficha Limpa é uma escrecência política. Dentro dos partidos há uma blindagem natural dos seu candidatos, entretanto há de serem levados em conta muitos nutrientes da incostitucionalidade da matéria, que é tão somente, para os casos em concreto de pedidos de impugnação, valrativos. O caráter moral da Lei da Ficha Limpa não se discute, mas essa moral não se aplica às leis leitorais de maneira literal, há de levar em conta e respeitar a Constituição Federal da República Federativa do Brasil. Aliás, os americanos são puritanos, apart-racistas, entretanto têm uma Constituição respeitadissima e ai de quem a coloque em conflito nas unidades confederadas, isso lá dá cassação de mandato, execração pública e até confisco de bens. Aqui nossa constituição é usada como papel para as necessidades fisiológicas político partidárias dos mais fichas sujas morais do País, no Senado da República, na Câmara federal e Assembléias Estaduais. A lei por sí só não é tudo em um contexto amplo, onde existem graus e instâncias jurídicas, onde a Constituição Federal da República, define claramente que ninguém poderá ser condenado sem que haja o devido processo legal, o ato jurídico perfeito e a coisa julgada. Sem contar que a ampla defesa e o contraditório, são prerrogativas inexoráveis dos acusados por crimes ou razãoes de qualquer natureza, Ora, então a Lei moral da Ficha Limpa é também graciosamente incosntitucional quando fere além desses princípios, a possibilidade de um grau superior de recursos amplos. A supressão de graus é um absurdo jurídico que não se admite de forma alguma em país nenhum do mundo onde se tem constituições como a nossa, ademais fere também o princípio da retroabilidade favorável ao réu, onde uma Lei não pode retroagir para prejudicar, mas sim para beneficiá-lo. Como a lei não fala com exatidão sobre o tempo de sua aplicabilidade, então os interesseiros de plantão fazem o complemento dela à sua vontade. Como ficam aqueles que já condenados, pagaram as sua penas e estão gozando do pleno exercício das suas cidadanias? Vejam que a Lei Ficha Limpa diz que condenados por colegiados, não poderão ser cadidatos à pleitos eleitorais, ora o colegiado pode estar em qualquer esfera do Judiciárioe e 2ºGrau, inclusive nos Juízados Especiais as Turma Recursais que também são colegiados. Então Senhores e Senhoras, é bom que aconteça tudo isso para que o país possa fazer reflexões profundas do respeito a CF da República Federativa do Brasil e que venham as impugnações, porque estamos prontos para questioná-las do ponto de vista jurídico e social e aprofundar o debate acerca inclusive do tempo entrada em vigor de lei eleitoral, fiscal, desrrespeitado pelo prórpio TSE etc.

    Saudações aos Companheiros e Companheiras do PSB e do PT. Vamos às Lutas, sem trégua, pois o bom combate só é vencido quando a guerra acaba.

    Élcio José de Souza Ferreira – Candidato à Deputado Federal/ Coligação Frente Popular PT/PSB.

    • Caro companheiro, concordo com tudo que vc escreveu, mas se for depender da justiça eleitoral, essa eleição será uma eleição entre amigos, sob as bençãos do dono maior do poder no Amapá. Nesse caso, não seria melhor o PSB, lançar outro nome aos cargos , que estão em vias de ser impugnados? A Ver. Cristina, seria um excelente nome, pois ela deu um suador danado no Coroné, na eleição passada. Ou só serve se for o Capi? Fica a pergunta de um eleitor do CAPI.

  • Muita graça é do PSB impugnar toda a chapa do senador Gilvam e vários candidatos do PSB.Hipocrisia sempre.

  • Muita graça é do PSB querendo cassar a chapa completa do senador Gilvam. Essa eu quero ver.

  • Não se pode impugnar o direito de tentar impugnar. Cada um deve buscar aquilo que acredita. Desde que o direito de todos obedeçam as mesmas normas.

  • É bem o perfil do PMDB do Amapá, os caras são muito ruins de debates, formação etc… naão apresetam nada prpositivo vivem de enganar e fuxico político por isso que em 2008 pegaram taca em todos os Municipios onde foram candidatos. Mais deve ter mais OMBRES por trás disso.

  • Foi o Belair que impugnou e não o partido. mas o PMDB e os componentes do partido deveriam informar a população a quantidade de processos que o PSB tem contra eles. Iriam ver os caras de pau que se passam por coitadinhos. Muito bem Belair, transparência neles.

  • Camilo terá de tomar muito cuidado, sabemos da maracutáia que foi feita contra Janete e Capiberibe. Acho que a coligação dele precisa acionar o PT nacional sobre as ameaças do bigodudo.

  • Acho sacanagem do PMDB fazer isso com o Camilo, por um motivo tão fútil. Não voto em Camilo Capiberibe, mas acho que ele merece concorrer ao governo. Deixem o cara disputar, oras. Se perder, perdeu…

  • tao com medinha eh? tah com meda? ja vao comecar a mudar a regra do jogo com o jogo andando? assim nao vale!

  • Parece que o PMDB já impugnou o Capiberibe Senador também pela lei do ficha limpa. Nem esperou o Ministério Público Eleitoral que já adiantou que irá impugnar todos os que se enquadrarem na lei de inelegibilidades.

    • Eles podem impugnar o Capi, e nós o povo impugnaremos eles no voto. Sou CAPI E Randolfe Senadores. Se não for o Capi, vou de Randolfe e Astalayr. Só não voto em gente da harmonia…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *