Vereador bolsonarista é condenado por fake news contra Randolfe

O vereador de Macapá Karlyson Rebolça (PRTB) foi condenado pela divulgação de fake news contra o líder da Oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP). A decisão – expedida ontem, quarta-feira (27) pela 2ª Vara Cível da Comarca de Macapá – aponta que a função de vereador não o deixa imune aos limites da liberdade de expressão.

Na publicação falsa, o vereador – que é explicitamente apoiador de Jair Bolsonaro  – afirma que ruas do Bairro Goiabal, Zona Oeste da capital, estavam sendo asfaltadas porque na região havia a casa de “um senador que vive atrapalhando o governo Bolsonaro”, referindo-se a Randolfe.

A decisão do juiz Diogo Sobral condena o vereador a publicar um vídeo com direito de resposta produzido pelo senador e destaca: “ em tempos de pós-verdade e proliferação de fake news, atentar-se à defesa da verdade factual constituiu-se um verdadeiro imperativo para a sobrevivência do regime democrático e das instituições republicanas”.

Para Randolfe, a Justiça agiu rápido contra a rede de fake news formada por “grupos que tentam manipular” o povo. “Em poucos dias iniciaremos a campanha eleitoral mais importante desde a redemocratização do país e o bolsonarismo quer utilizar esse período para distorcer os fatos em nome do autoritarismo”, frisou.

(Carla Ferreira)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.