Waldez e Camilo: bate-rebate sobre dívida

Nesta segunda-feira, 10, no Palácio do Setentrião:

De Camilo Capiberibe para  Waldez Góes
“Recebemos um Estado endividado, mas conseguimos negociar e pagar essas dívidas. Também captamos recursos, R$ 1,4 bilhão, para pagar a dívida da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), e vamos deixar mais de R$ 1 bilhão em caixa para investimentos”

De Waldez Góes para Camilo Capiberibe
“Segundo dados já amplamente divulgados pela imprensa local e nacional, a dívida pública amapaense sofreu um aumento de 500% nos últimos três anos. Levantamentos iniciais no Portal da Transparência mostram que a dívida do estado já ultrapassa os R$ 5 bilhões.”

  • Passivo não é só dividas com fornecedores, empréstimos e financiamentos parte também. simplificando, recebeu com três e vai deixar com cinco bilhões, de dividas, só para a CEA foram 1,4 bi, Emprestados do BNDS.

  • Nessa dívida de 5 bi alegada pelo Waldez já está inclusa a dívida resultante da federalização da CEA? Acho impossível que o atual governador tenha sido mais irresponsável do que o seu antecessor em relação às contas públicas. Que o digam os fatos dos empréstimos consignados e os repasses da Amprev.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *