Papa Francisco reconhece virtudes heroicas de Marcello Candia

France Presse

O papa Francisco assinou nesta quarta-feira (9/7) o decreto que reconhece as virtudes heroicas do italiano laico Marcello Candia (1916-1983), fundador do hospital de Macapá, no rio Amazonas.

Conhecido como o “Doutor Schweitzer do Amazonas”, Candia mudou-se nos anos 60 para uma das zonas mais remotas do Brasil, onde ajudou doentes, principalmente, os leprosos, e fundou escolas, seminários e associações de voluntariado.

Proveniente de uma família de ricos industriais do norte da Itália, formado em Química e Biologia, Candia fez parte da resistência contra o fascismo, ajudou judeus e refugiados italianos e, através do arcebispo de Milão, o futuro papa Paulo VI, conheceu o padre Aristide Pirovano, com quem iniciou sua experiência brasileira.

Em 1991, o cardeal Carlo Maria Martini abriu o processo para sua beatificação, o que permitiu ao papa Francisco decretar, 23 anos depois, suas virtudes heroicas, primeiro passo para chegar a ser santificado.

  • Conhecemos a história de Marcello Candia, certamente merece ser reconhecido pelo que fez nesta terra. O que seria de Macapá se não existisse o Hospital São Camilo, fundado Por esse nobre Italiano.

    • O Hospital São Camilo perdeu o que seria o SONHO do Dr. Cândia: ATENDIMENTO AOS POBRES E NECESSITADOS.
      Dr. Cândia tinha um carinho especial para com os “seus”. Empresário rico na Italia, vendeu tudo que tinha e veio morar e gastar aqui toda sua herança.
      Construiu o que seria o seu sonho: – Um hospital que atendesse os mais necessitados. Pena que hoje não é mais assim.
      Boa noite e vamos torcer para que, logo logo o Dr. Cândia seja o canonizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *