Boa notícia – Amapá reduz casos de dengue em 97%

Diferente do que acontece a nível nacional, com o aumento de casos de dengue em vários estados do país nos três primeiros meses de 2019, no Amapá, a política de combate ao Aedes aegypti do governo do Estado continua garantindo um quadro de redução que, atualmente, ultrapassa os 95% de queda nas notificações.

O comparativo feito pela equipe da Unidade de Zoonoses da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) tem como base os dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação. O levantamento foi feito entre as semanas epidemiológicas de 1 e 12, referente ao período de 30 de dezembro de 2018 até 22 de março de 2019.

De acordo com os números, houve redução de 97% dos casos confirmados de dengue. Foram 751 nos três primeiros meses de 2018 e, no mesmo período de 2019, 20 casos tiveram confirmação.

Quanto à Chikungunya, o número de casos baixou de 180, em 2018, para 14 neste ano, uma redução de 92%. Também houve diminuição no número de pessoas infectadas pelo Zika Vírus. Se no ano passado, houve 17 casos no período comparado, em 2019 foram três confirmações, queda de 82%.

Ainda de acordo com a SVS, no ano de 2018 foram registrados 15 casos suspeitos de Zika em grávidas, enquanto neste ano, até o momento, não foram registrados casos suspeitos.

Na segunda-feira, 25, o Ministério da Saúde alertou estados e municípios sobre o aumento de 264,1% dos casos de dengue no país, que passaram de 62,9 mil, nas primeiras 11 semanas de 2018, para 229.064, no mesmo período deste ano.

Para o superintendente da SVS, Dorinaldo Malafaia, o trabalho desenvolvido pelo governo, de monitoramento e reforço das ações, tem sido decisivo para que o Estado obtenha resultados positivos.

“Em que pese o período chuvoso e o fato de vivermos na região amazônica, propícia ao avanço de doenças como as relacionadas com o Aedes aegypti, investimentos como a contratação de novos agentes de endemias e os treinamentos, e constante acompanhamento de nossas equipes levam a esse resultado que muito nos alegra, pois significa promoção de saúde e melhores condições de vida para nossa população”, destacou o gestor.

O Informe Epidemiológico da SVS de Dengue, Chikungunya e Zika – edição 04/2019 – está disponível no site da SVS. Nele, contam informações detalhadas de cada município.

(Fonte: Secom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *