Com Covid, criança de 1 ano estava internada no HCA. Justiça mandou transferir para centro especializado

Foi preciso uma ordem judicial para que o governo do Amapá transferisse do Hospital da Criança e Adolescente (HCA) para um centro especializado para tratamento de paciente grave com Covid-19 uma criança de um ano, diagnosticada com Covid-19.
A garotinha estava internada no Hospital da Criança desde o dia 19, no dia 21 testou positivo e deveria imediatamente ser transferida para receber tratamento especializado e também para não transmitir o vírus para outras crianças ali internadas.

O Ministério Público Estadual apurou que a criança não tinha sido transferida por falta de oxigênio nas duas ambulâncias que atendem ao hospital. Daí a 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde do MP ingressou com uma ação na Justiça contra o Estado.
Na ação os promotores Fábia Nilci de Souza e Manuel Felipe Menezes  ressaltaram que a criança não poderia suportar por muito tempo a ausência do tratamento em local adequado, além disso “há outras crianças internadas, o que agrava mais a situação, pois coloca em imenso risco por possibilitar contaminação em massa de todas ali presentes”, disseram os promotores.

O juiz plantonista Moises Ferreira Diniz concedeu a liminar ontem à noite  com tutela de urgência determinando que o Estado e seus órgãos de saúde pública, transferissem a paciente no prazo de 48 horas.
Hoje a garotinha foi transferida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *