Covid – 80% dos hospitalizados não são vacinados

O Governo do Amapá intensificou as estratégias para alcançar cerca de 173 mil pessoas que não completaram o esquema vacinal contra a covid-19, por meio de duas doses, seguida de uma dose reforço. Os dados são parte de um levantamento da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) sobre os atrasados da vacina – pessoas que, mesmo com a ampla disponibilidade de vacinas, deixam de se imunizar contra o vírus.

Este índice surge acompanhado de outro dado importante: mais de 80% da população que está hospitalizada e desenvolveu formas graves da covid-19 não havia tomado nenhuma das doses, ou, não tomou a 2ª dose no esquema correto de imunização.

“Hoje observamos que a ampla maioria dos hospitalizados é formada por não vacinados, parte destes 30% da população vacinável, aproximadamente, que não se vacinou e que também está associada ao aumento de casos de covid-19 no estado”, frisou a secretária de Enfrentamento à Covid-19 do Amapá, Maracy Andrade.

Aumento de casos
De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado diariamente pelo Estado, foram confirmados 1.957 casos de Covid-19 entre os dias 17 e 19 de janeiro, e nesta quinta-feira, 20, foram 1.442 novos casos, o maior quantitativo já confirmado em 2022. Desde o início da semana, o novos casos da doença somam 3.399.

“Ainda não há confirmação da variante ômicron [associada mundialmente a novas ondas de contágio] no estado, que permanece sob investigação epidemiológica. Neste momento, o que se reforça é a adesão aos cuidados sanitários, como o uso correto da máscara, que se evite aglomerações e, principalmente, que se vacinem. É a forma mais eficiente de controle da doença”, reforçou a secretária.

(Secom/GEA)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.