Fila de espera no Hospital Universitário por leitos de UTI

Até as 11 horas desta quarta-feira, 10, já haviam 19 pacientes na fila de espera de leitos de UTI no Hospital Universitário. A informação é da promotora de Justiça Fábia Nilci.

Hoje o Ministério Público do Amapá (MP-AP) protocolou na Justiça requerimento para que o Governo do Estado do Amapá (GEA) providencie urgentemente o aumento do número de leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Universitário (HU). A medida se deu por conta do aumento expressivo de atendimentos aos pacientes infectados pelo novo coronavírus.

“Estamos enfrentando uma segunda onda de contaminação da Covid-19 bem mais grave que a primeira, uma vez que 25 das 27 capitais brasileiras estão no patamar da zona de alerta crítico, com mais de 80% de leitos ocupados. Macapá, hoje, encontra-se com a totalidade dos leitos de UTI ocupados no único Centro especializado aberto para tratamento da doença no HU. De acordo com o levantamento que temos, apenas 73 leitos estão ativos e existe uma fila de espera de pacientes regulados de aproximadamente 19 pessoas, até 11h da manhã, aguardando um leito específico de Covid no HU que se encontram pela triagem do Hospital de Emergência, UPA-Zona Norte, UBS Marcelo Candia, Lelio Silva e outros municípios do Estado como o Laranjal do Jari”, frisou a promotora de Justiça Fábia Nilci.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *