Presidente da Rede Sarah visitará Macapá

 O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) foi recebido na última sexta-feira (01), em Brasília, pela Presidente e Diretora executiva da Rede Sarah, Dra. Lúcia Willadino Braga. O senador conseguiu recentemente a liberação de uma emenda de sua autoria no valor R$ 160 mil, alocada em 2012 para a Instituição em Macapá.

 Depois de uma visita pelas instalações da Rede Sarah em Brasília, conhecendo o método de atendimento e tratamento aos pacientes da Rede, Randolfe também conheceu um poucos dos resultados obtidos pela Instituição em suas unidades no Brasil. Atualmente a Rede conta com unidades de atendimento em Belém, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Macapá, Rio de Janeiro, Salvador e São Luís.

Durante o encontro, Randolfe acertou uma visita da presidente da Instituição em Macapá,  para acompanhar a destinação do recurso, além de reunir com o Governador do Estado e a Secretária de Saúde.  O senador  pretende destinar uma nova emenda, para que a Instituição no Estado possa ampliar seu corpo médico, garantindo assim, o aumento no número de atendimentos.

A Rede Sarah em Macapá foi fundada em 2005, como um o Posto Avançado direcionado para a reabilitação infantil, atendendo crianças e adolescentes, de zero a 16 anos, com alterações no desenvolvimento neuropsicomotor ou patologias de caráter não progressivo.

De acordo com a instituição, em 2012, foram realizados mais de 19 mil atendimentos a pacientes, uma média diária foi de 78 atendimentos. Além de mais de 75 mil procedimentos de assistência médica e reabilitação.

Associação das Pioneiras Sociais (APS) – entidade de serviço social autônomo, de direito privado e sem fins lucrativos – é a Instituição gestora da Rede SARAH de Hospitais de Reabilitação. Essa Associação, criada pela Lei nº 8.246, de 22 de outubro de 1991, tem como objetivo retornar o imposto pago por qualquer cidadão, prestando-lhe assistência médica qualificada e gratuita, formando e qualificando profissionais de saúde, desenvolvendo pesquisa científica e gerando tecnologia.

(Texto e fotos: assessoria de comunicação do senador Randolfe Rodrigues)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *