“Teremos o março mais triste dos últimos anos”, diz pesquisadora da Fiocruz

Pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a pneumologista Margareth Dalcolmo prevê que esse será o mês de março mais triste dos últimos anos por conta do agravamento da pandemia.

Segundo ela, nesse período, será possível constatar o aumento do contágio da Covid-19 e as consequências em todo o Brasil da desobediência às recomendações feitas pelos cientistas, como o uso de máscaras, o distanciamento social, a necessidade de lavagem das mãos e o uso de álcool em gel. (Leia a matéria completa na CNN, clicando aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *