Vigilância Sanitária interdita cinco clínicas odontológicas em Macapá

Cinco clínicas odontológicas foram autuadas por não oferecer condições de saúde e segurança aos consumidores. As autuações aconteceram durante uma ação específica da Divisão de Fiscalização da Vigilância Sanitária, que iniciou na quarta, 23, e encerrou na manhã desta quinta-feira, 24, nos bairros Laguinho e Central. Foram encontrados produtos fora do prazo de validade, licenças de funcionamento vencidas, falta de higiene e o exercício ilegal da odontologia.

“Essa ação é fruto de várias denúncias, que foram ofertadas na Vigilância Sanitária e órgãos de proteção do consumidor. Durante as diligências, encontramos várias clínicas e laboratórios de próteses dentárias sem as condições adequadas para funcionamento, e já foram interditadas. Desta maneira, estamos dando continuidade ao enfrentamento às irregularidades nesse aspecto”, explica a chefe de Fiscalização da Vigilância Sanitária, Débora Silva.

Os produtos apreendidos serão destruídos por uma empresa especializada e os proprietários dos estabelecimentos foram intimados a comparecer no prazo de 10 a 15 dias à Vigilância Sanitária para prestar esclarecimentos. A ação  teve o apoio do Conselho Regional de Odontologia e do Procon/AP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *