Artigo

“A PORTA ERRADA” DA CEA x NAVIO COSTA CONCÓRDIA

Audrey Cardoso, presidente do Sindicato dos Urbanitários

Acompanhando os últimos pronunciamentos do Presidente da CEA onde este anuncia que o STIUAP, exigindo pressa na Federalização, está batendo na “porta errada”.

Pois bem, a “porta errada” deve significar a falta de interesse real e de força política do Governo do Estado do Amapá para resolver o problema da CEA junto ao Governo Federal, e ainda transferem a responsabilidade do GEA para terceiros, inclusive querendo colocar o “mico” nas costas dos trabalhadores que nunca comandaram nem endividaram a empresa.

Perdeu-se um ano inteiro (2011) na tentativa de recuperar e sanear a Companhia, o Presidente encantou o governador com o canto do “sereio” que ficou extasiado com a possibilidade de manter o poderio na empresa, rechaçando o compromisso com os trabalhadores, durante a campanha, de Federalizar a CEA de imediato. E por diversas reuniões, o próprio presidente da Companhia se pronunciou ser contrário à FEDERALIZAÇÃO, apontando o caminho do saneamento e da recuperação financeira e até gaguejava ao falar esse “palavrão” na mídia, resultando no calote de mais R$ 73.178.432,22 na Eletronorte só em 2011, elevando a dívida com a supridora para R$ 1.056.568.148,19.

Estas declarações demonstram que na concepção da CEA, o GEA está de “alma lavada” e “jogou a toalha” considerando que seu dever está cumprido apenas com o envio de uma proposta, mesmo sem ter chegado a uma solução definitiva e se acomodam ganhando tempo sobre suas confortáveis gratificações, repetindo a atitude de lavar as mãos a exemplo de Poncio Pilatos sinalizando que acabou o repertório de desculpas; mudar o foco é a melhor estratégia a ser adotada para protelar uma solução e ganhar tempo até chegarmos ao período eleitoral e usar a estrutura da CEA na campanha.

Ações em Brasília continuam sendo realizadas pelo STIUAP desde 2008 pela Federalização, buscando todos os integrantes do setor elétrico, bancada, TCU, MME, Ministro Gilberto Carvalho e até a Casa Civil, mas todos sempre perguntaram: “qual é o desejo do Governador do Estado? Ele é o principal acionista e dono da empresa, caso ele queira realmente federalizar, então as coisas ficam mais fáceis, pois o Amapá é uma unidade da Federação e não podemos meter as mãos por enquanto”.

É fácil compreender, analisando a composição acionária da CEA, que o GEA possui 98,52% de todas as ações (dívidas) contra 0,3% da Eletrobrás e o restante é de prefeituras, caracterizando o GEA como o “dono” da empresa, que deve guiar o futuro, arcar com as responsabilidades econômico-financeiras, setoriais, trabalhistas, jurídicas e outras. Portanto, como o GEA pode fugir da responsabilidade e ainda culpar os trabalhadores pela situação? Onde está a força do governo PSB aliado ao PT que não consegue chegar à Presidenta Dilma Rousseff para conversar e acertar o uso de recursos do Tesouro Nacional? Nem consegue tranapassar os muros fantasiosos que eles mesmos criaram? O STIUAP humildemente chegou mais perto! Quem tem a responsabilidade e legitimidade para resolver o problema? Daqui a pouco o Governo Paralelo vai dar prazo para solução, e aí?

Está claro que o STIUAP e o GEA não querem a mesma coisa e explico: o STIUAP sempre defendeu a Federalização imediata da Companhia, mas para o GEA talvez depois das eleições municipais ou quem sabe daqui a quatro anos após a nova eleição para governador e/ou reeleição. Aí temos o fator tempo!

O comandante do Transatlântico Costa Concórdia que naufragou na costa da Itália na última sexta-feira, 13/01, brincava no comando do navio e ignorou todos os avisos do radar, sonar e demais equipamentos ultra-modernos e esbarrou em rochas que perfuraram seu casco, encalhando e resultando em dezenas de mortos e desaparecidos. O comandante não teve nem a hombridade de desembarcar após todos os passageiros e a tripulação, fugindo do local do acidente logo após o ocorrido, onde a caixa-preta revelará os motivos do acidente que resultará na devida responsabilização. E o que isso tem a ver com a CEA?

O mesmo acontece na CEA, o Governador e o Presidente da empresa ignoram todos os avisos da ANEEL, dos técnicos competentes e experientes da empresa e de quem conhece a dinâmica do setor elétrico; os comandantes ignoram os registros contábeis, a crise financeira e o caos instalado na distribuição de energia com apagões e racionamento, além do significado da palavra CADUCIDADE/PRIVATIZAÇÃO para o Estado do Amapá. Ignoram que o Luz Para Todos não avançou neste governo e que as comunidades sofrem com a escuridão, mas vendem uma boa mídia tripudiando sobre o povo amapaense.

Os comandantes tentam a toda força calafetar o “Titanic CEA” que afunda num mar de problemas, para durar mais alguns meses dizem, mas começam a dar sinais de que “pularão do barco” antes do naufrágio deixando trabalhadores e consumidores à deriva. Até o capitão do TITANIC teve mais caráter e honra porque afundou junto com seu navio e não jogou a culpa na tripulação. Um dia a caixa-preta da CEA será aberta e de lá sairão as baratas e ratos que causaram tanto sofrimento e prejuízo da população.

Continuaremos a bater nas portas do GEA e da CEA, pois os “donos” da não podem se esconder sem encarar de frentes os problemas, esta porta não permanecerá fechada  para os problemas de interesse do povo amapaense e de nossos trabalhadores.

  • Solução Pra Cea? Só concordo com a federalização mesmo, assim “acaba”, logicamente entre aspas pq os diretores ainda serão cargos politicos, com o curralzinho eleitoreiro que é a Cea. O que eu fico chateado é que até mesmo um texto tão bem feito quanto esse, não pode ser totalmente considerado imparcial pelo que os outros comentaristas citaram anteriormente, mas de qualquer forma a situacao da CEA é extremamente preocupante. Acho que tanto o PSB, PDT e até mesmo o PT tem culpa no cartorio, mas achar culpados é facil, dificil é discutir a solução. Pra começar a solucionar o problema da CEA primeiro devia-se instalar medidores de energia em todas as casas, pois aqui em mcp eu sei que tem muita casa sem medidores e que o desperdicio de energia é imenso, depois devia-se investir em eficiencia energetica principalmente em predios governamentais, alias vcs sabiam que a Cea deve ser multada todos os anos em 0,5% do seu faturamento anual so por não investir em eficiencia energetica? E depois eu aposto que os orgão publicos devem ser os maiores devedores da CEA. Acho que começando por ai da pra se pensar em salvar a cea. Chega dessa briga chata entre “harmonia”, “ditadura” e “governo paralelo” isso ja ta virando palhaçada e depois querem que levem o nosso estado a sério. So pra deixar claro minha chatiação com essa situação absurda é pq sou recém Formado em Engenharia Elétrica to terminando o meu mestrado e nada de abrir concurso pra CEA.

  • Kkk… adora esses tipos de manifestações proporcionados quando o assunto é relacionado à CEA…de um lado os famosos cabides que se manifestam a favor desse governo e sua atual diretoria da CEA…de outro os funcionários efetivos devidamente contratados através de concurso público e homologados pelo governo desse Estado. Os funcionário de fato e de direito têm mesmo que defender a federalização caso contrário de uma privatização todos estariam com um pé na boca da rua…vejam só os famosos cabides que se contentam na sua maioria a uma função instável ganhando salário mínimo e enchendo a pança com o vale alimentação de R$ 725,00 e ainda querem falar mal dos efetivos…deveriam estudar mais, pois o concurso foi aberto pra todos e agora querem culpar os ditos filhos da casa…falar de demagogia antes teria que consultar seu real significado dona Josilene e doutor Antonio que nada entendem da cea mais estão aí comendo desse açaí que ñ os pertencem nem de fato e nem de direito.Seja antes um funcionário efetivo pra poder falar das ações do sindicato na cea…da bandeira que esse sindicato vem levantando a anos…e ñ aquela de um candidato nas esquinas da cidade em troca de um trocado e possível cargo em qualquer secretaria desse nosso mundão tucuju… A federalização é o melhor pra cea ,pra seus funcionários efetivos e pro Estado…apenas isso o resto sempre vai ser o resto doa a quem doer, mas é assim que a vida toca…cada um defendendo seu ganha pão e de suas família sem dor e sem piedade…o resto é mera demagogia e filosofia barata.Os funcionários da cea só dependem deles para receber seu salários e para isso tem que continuar defendendo a federalização da mesma.Não esquecemos quanto ganha cada diretor dessa empresa?OQ eles ganha por mês os trabalhadores ganham por ano…e isso ninguém fala aí né? Puxas sacos…

  • Andrey e Ademir , o que escrevo é numa linguagem bem popular de fácil interpretação , nunca escrevir que o atual governador e o atual presidente da CEA estão isentos de responsabilidade deste assunto , o que escrevo é que anos e anos de lapidação da compania não foi feito nada , nem por sindicatos de trabalhadores nem pela cea , nem pelo governo do estado , Tribunal de Contas , Assembléia legislativa, Ministerio Público . Todas esas mazelas vinham acontecendo e não havia muito alarde , outro dia o jornalista Humberto moreira denunciou neste mesmo site que havia saque na boca de caixa da compania por membros da administração da compania na gestão anterior que alimentava campanhas políticas e onde o senhor Andrey estava , que não denunciava se foi realmente verdade . Por falar em retrovisor , todos os candidatos a Governo do Estado pró harmonia inclusive o candidato Lucas Barreto que se dizia de centro , olharam no retrovisor de 1994 a 2001 , diga-se de passagem foi a melhor época de estabilidade financeira que o estado teve , mesmo quando a assembleia queria cassar o mandato do então governador joão capiberibe , esquecendo oito anos de atraso da gestão PDT . ” COM OS OUTROS PODE COMIGO NÃO ” . VOU REPETIR , O senhor FLEXA componente da atual administração sindical , fez parte da administração sindical anterior , por que não trouxe a tona todas essas denuncias , será se tinha certas regalias na gestão passada ? fica a pergunta . Quero aqui concordar com o Ademir não adianta ficarmos aqui ” caçando bruxas ” o mais importante é unir força todos juntos , mas o que parece é que todos lavaram as mãos exeto com justiça o GEA e a CEA , pois o sindicato dos urbanitários vai à Brasília apenas para sair bem na foto ao lado do presidente do senado senador pelo Amapá José sarney . Não vejo o senhor Andrey conclamar a bancada federal e estadual , principalmente o senador Jose sarney se quisesse resolveria esse problema sozinho . pelo fato que , o Amapá tem um representante na PRESIDENCIA do SENADO mesmo partido da VICE-PRESIDENCIA da República , cadê ” A FORÇA DO AMAPÁ NO SENADO ” slogan do senador sarney 21 anos atrás , esqueceu disso senhor andrey .

  • EM PRIMEIRO LUGAR PARABÉNS PELO BLOG. É INDEPENDENTE E PROPICIA QUE O CIDADÃO EXERÇA SEU PAPEL E POSSA FAZER SEU COMENTÁRIO.
    CARAMBA. NINGUÉM VAI SUPORTAR TANTO CHORO. CAMILO FOI ELEITO COM SLOGAM DA MUDANÇA. VAMOS PARA O 2 ANO E NADA DE MUDANÇA. VIVE O TEMPO TODO RECLAMANDO E NÃO AVANÇA EM POLÍTICAS PÚBLICAS. FOI SOMENTE ISSO QUE APRENDEU NA ASSEMBLÉIA COMO DEPUTADO. BATER NOS QUE NÃO ATENDE SEUS INTERESSES E PERSEGUIR ADVERSÁRIOS POLITICOS. COMO FICA SEUS ELEITORES QUE VOTARAM EM VOCE COM A PROMESSA DA MUDANÇA. NINGUÉM SUPORTA MAIS A DESCULPA DE SEMPRE DO GOVERNO PASSADO TER REFLEXO NO PRESENTE. SE NÃO TEM CONDIÇÕES DE GOVERNAR ENTREGA O GOVERNO. É UM GOVERNO QUE NINGUEM SABE QUEM MANDA. UMA HORA É A SUA ESPOSA A CLAUDIA, DEPOIS SEU PAI CAPIBERIBE E AGORA O JOEL BANHA. O POVO NÃO MERECE E NÃO QUEREMOS AQUELE OITO ANO DE SEU PAI. SOMENTE CRITICA E NADA DE POLITICA PÚBLICA PARA AVANÇAR O ESTADO.

  • Mais uma vez os defensores ferrenhos do Governo se arvoram a criticar a atuação do STIUAP, e ainda tentam me aliar por força a uma gestão temerária do passado. Digo a vocês que nunca fiz parte da diretoria da CEA e nem cargo de chefia tive, nem antes e muito menos agora.
    Cabe ressaltar que hoje a gestão CAMILO é idêntica a do WALDEZ na CEA, os fatos provam, basta observar o endividamento e o uso politiqueiro da empresa. Críticas que o então Dep. Camilo tanto proferia contra o Dep. Joel Banha, e agora estão juntos e caladinhos. Porque não fizeram a auditoria geral que o STIUAP solicitou? Não queriam atingir seus novos aliados? Quem está ganhando agora com a gestão da CEA? Os candidatos de vosso partido já estão lançados principalmente no interior com a logomarca CEA.
    Está na hora de parar de olhar só pelo retrovisor. O fato é que Camilo Capiberibe hoje é o governador do Amapá, ou não? Portanto, ele tem a responsabilidade de resolver o problema.
    Não adianta tentar me aderir a um grupo político ou outro, estou isento e com a consciência tranquila. Mais preocupados devem estar os que enganam o povo quando a verdade surgir. Aí vão cair as máscaras, cuidado!

  • Agora é fácil falar né senhor Audrey, mais vc está desde 2007, fazendo parte da diretoria da CEA. e o senhor se mantia calado. Porque será? Será porque vc fazia parte do grupo da Harmonia. De que tudo tava bom. Porque o senhor não questionou o Gestor da Época com relação a Federalização da CEA. Lembrando que o Governador Camilo esta a 1 ano no poder. E o senhor quer cobrar mundos e fundos, em vez de vc se unir com o governo e ajudar a resolver os problemas, vc Audrey só quer derrubar… Como o senhor Antônio falou também ficarei de olho pra ver o senhor depois no palanque da harmônia. DE OLHO!!!!!

  • Andrey , você está se fazendo de desentendido , pouquissímos argumentos e achando que a sociedade amapaense ainda está vivendo na mais completa desinformação , pois você se diz independente de partidos , mas o que se percebe é uma tendência mais ao grupo da harmonia , uma vez que , não se fala da raiz do problema , de quem realmente agravou a situação da compania , ora devemos esquecer as mazelas administrativas de governantes anteriores , porque um povo que não conhece sua história estará fadado a repetir os erros do passado . então se não devemos culpar os verdadeiros responsaveis devemos chamar porém todos os poderes do estado para fazer frente ao problema , aja vista a CEA não pertece só ao governo mas é responsabilidade de todo o Estado do Amapá . se os orgãos fiscalizadores tivesse cumprido com suas obrigações a situação da compania com certeza não estaria do jeito que se encontra mas o que se via era só festa , só HAMONIA por isso que deu no deu .

    • a responsabilidade pela situação da companhia, hoje, é compartilhada por vários gestores, que mais ou menos continuaram se baseando no fisiologismo político, se o que importa pra vocês é ouvirem elogios ao governo do Governador Camilo, ok ele tem seus méritos, ele realmente mudou algumas coisas dentro da companhia, outras nem tanto, no inicio a ideia da equipe do governador era manter a CEA sob administração Estadual, mas depois, como a ideia ficou insustentável agora defendem a proposta de federalização, isso é bom, mas é bom lembrar também que essa sempre foi a bandeira do sindicato; outra coisa, não interessa dividir ônus ou bônus politicos do que aconteceu, nada disso vai influenciar a resolução do problema hoje, pois o que interessa é quem tem responsabilidade atualmente! e é isso que estão dizendo, alertando mais uma vez, o processo esta moroso e é preciso um maior empenho, um engajamento maior dos gestores para resolver este problema que não é pequeno, alem disso o sindicato foi à Brasília, fez sua pressão e continua fazendo, mas quem precisa se comprometer um pouco mais não é quem representa os trabalhadores, que sempre defenderam a atual proposta, mas quem representa a CEA.

  • A melhor solução para a CEA é a privatização. Assim acaba esse cabide de emprego e fonte de campanhas para eleição de candidatos.

  • ESSE PAPO DE AVANÇAR SOBRE A FEDERALIZAÇÃO É PURA DEMAGOGIA QUE ESSE AUDREY TÁ QUERENDO FAZER. QUERIA QUE O SINDICATO DOS URBANITÁRIOS PENSASSE NUMA FORMA DE AJUDAR A CEA QUE VEM SE MATANDO TODO FINAL DE MÊS PARA PAGAR OS SALÁRIOS GIGANTESCOS PARA OS FUNCIONÁRIOS EFETIVOS DO SEU QUADRO. PARA QUEM NÃO SABE, ESSES FUNCIONÁRIOS COLOCARAM A CEA NA JUSTIÇA, ALEGANDO OUTROS DIREITOS TRABALHISTAS, APESAR DE JÁ GANHAREM MAIS DE R$ 4 MIL REAIS, SEM CONTAR O INÚMEROS BENEFÍCIOS COMO VALE-ALIMENTAÇÃO DE R$ 800 E SEGURO-DE-VIDA DE ATÉ R$ 200 MIL. ASSIM NÃO VAI TER ESTATAL NO MUNDO QUE VAI AGUENTAR BANCAR SEUS FILHOS (SE É QUE PODEMOS CHAMAR ESSES FUNCIONÁRIOS DE “filhos”).
    TÔ SABENDO QUE O SINDICATO TÁ CIENTE DESSES ABUSOS FINANCEIROS E NÃO FAZ NADA. SABED POR QUÊ? TEM MEDO DE PERDEREM REGALIAS TRABALHISTAS.
    FICO PENSANDO NO GOVERNO ESTADUAL SE PENSAR EM ASSUMIR ESSE PESSOAL QUANDO HOUVER A FEDERALIZAÇÃO. ESPERO QUE O GOVERNADOR CAPIBERIBE TOME MUITO CUIDADO COM ELES, SE NÃO, O PRÓPRIO PODE SER PROCESSADO.

  • Tenho a dizer que a responsabilidade é do gestor maior do Estado que diz se empenhar mas na verdade se esforça muito pouco para resolver o problema. Camilo sim tem batido na porta errada por temer buscar a Pres Dilma, para que ela não lhe dê uma solução. Fico bem a vontade para fazer quaisquer críticas a qualquer governo por não posssuir filiação partidária e nem tendências. Quando Camilo quiser o problema será resolvido. A porta de Brasília continua aberta para o Governador, basta querer. Criar factoides e fantasias políticas para iludir a população tem sido constante nesse assunto, basta analisar.

  • O tempo que você fica querendo culpar o atual governo sobre a situação da CEA, seria mais justo você fazer uma crítica ao atual presidente do senado Sr. José Sarney , que é senador pelo Amapa, todos sabem que ele anda interferindo negativamente nessa questão, único objetivo de prejudicar seu maior inimigo politico no estado senador Capiberibe,e o ministro Edson Lobão das Minas é indicação politica do Sarney.Esse Sarney não faz e nunca fez nada pelo Amapá.Há duas décadas que vejo esse Sr. falar em linhão do Tucuruí.

  • Andrey só tá querendo holofotes , como o nome já está dizendo federalizar ,quem faz é o Governo Federal , desde o começo do ano de 2011 Governo do Estado do Amapá , parte da bancada federal – notei a ausencia do senador pelo Amapá José Sarney no debate – e a própria CEA , na pessoa do presidente José Ramalho vêm num esforço conjunto em Brasília perante ao
    Ministerio de Minas e Energia no intuito de definir a situação da compania , todo este esforço amplamente divugado pela mídia local responsável , logicamente ganhou notoriedade da sociedade amapaense , estranhamente o Sindicato dos Urbanitários só apartir de janeiro de 2011 começou a se preocupar com a situação da CEA , uma vez que nos anos anteriores não se via tanta manifestação do referido sindicato , só falta dizer que o sindicato não tinha conhecimento da saúde financeira da compania que começou a se agravar desde 2006 , digo isso porque um dos dirigentes da atual diretoria sindical o senhor Flexa , funcionário da CAESA que também tem dividas gigantescas , fazia parte da diretoria anterior , e claro você Andrey que está na CEA desde 2007 segundo você mesmo disse em entrevista à radio Diar
    io FM , não desconfiva de nada da situação da compania ? O que sei sobre a atuação do presidente do Sindicatodo Urbanitários em relação ao esforço para tentar federalizar a CEA é que teve simplesmente uma conversa informal ou melhor um bate papo a respeito , acho eu do assunto CEA , e fotografias ao lado do presidente do senado , senador pelo Amapá jose sarney , palavras do presidente da CEA em entrevista também À Diário FM . Caro sindicalista você tem que exigir do presidente sarney que tome providências a respeito deste assunto , afinal é ele quem indica e indicou o ministro de Minas e Energia , inclusive Edson lobão é conterraneo do presidente do senado , e digo mais praticamente toda essa dívida foi contraída na gestão do ” pupilo ” do senador Sarney o então governador Waldez Góes lembra ? Por isso , também comungo da opinião do presidente da CEA , quem federaliza é o GOVERNO FEDERAL . Senhor Andrey está batendo em porta errada , junte-se a força tarefa ( governo do estado bancada federal – espero que o senador Sarney se junte à causa – CEA e Sindicato dos Urbanitários ) e bata na porta certa , MINISTERIO DE MINAS E ENERGIA . Olha não vou estranhar ver você em ” palanque harmonico ” nas próximas eleiçoes , promoção sem incertezas alheias , Estarei de olho .

  • Para os esquerdistas, morre em cuba mais um preso político que fazia greve de fome, os esquerdistas da ditadura militar do Brasil queriam implantar o comunismo no país, e tinham cuba como exemplo, agora eles são recompensados com pensões, ora só queriam substituir uma ditadura por outra. As atrocidades que acontece em cuba, pouco são discutidas no brasil pelos artitas e intelectuais, essas atrocidades são piores que as ocorridas na ditadura militar, mais o nosso pais é muito hipócrita, quero ver se nesse blog algum hipócrita tem coragem de rebater o meu argumento.

  • E aquele escândalo de distribução de royalties dados aos deputados da base do governo passado, que recebiam propina daquela corretora de venda de manganês para ter facilidades na expedição de licenças operacionais na Sema e no imap ? Como ficará? Aborde esse tema no seu blog. Bjs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *