Artigo

Toma que o Sarney é teu!
Paulo César Nogueira*

Nos últimos meses, venho acompanhando pelos meios de comunicação, mais especificamente pelos diversos blogs do Amapá, a dinâmica destas eleições. Votei pela primeira vez em 1989 para Lula, foi uma eleição que muito me marcou, e que me levou a ter filiação no Partido dos Trabalhadores. Nunca me envolvi diretamente com a política, sempre achei que minha participação como professor, esclarecendo meus alunos, servia como ferramenta na formação de cidadãos mais críticos para a sociedade. Em 1994, a eleição de Capiberibe ao governo do Estado, me fez acreditar que era possível ter esperança, pois elegemos um governador, que mesmo sendo criticado pela direita, quando foi prefeito da capital, almoçava conosco nas escolas, era como nós. Logo após a eleição, assinei minha ficha no PSB, partido ético e ligado ao povo mais humilde.

Os anos se passaram, mais precisamente 21 anos daquela eleição que sacudiu o país, 16 anos da eleição que marcou o Amapá, e desde então não via um candidato da esquerda ser tão atacado como acontece em 2010. Lula perdeu para Collor, candidato do Sarney pela farsa do seqüestro de Abílio Diniz, choramos aquela derrota até hoje. Capiberibe se elegeu em 1994, e mostrou ao povo que ainda se podia sonhar por dias melhores, e sonhamos.

A forma de fazer política pouco mudou. É uma pena quando leio artigos que atacam agressivamente uma das figuras, que para mim, está entre os melhores quadros da esquerda amapaense, e como tal deve ser respeitado. Muito me indigna, quando leio afirmações do tipo, Randolfe Rodrigues é aliado de Sarney. Quem escreve, não usa caneta e sim um punhal, que fere pelas costas quem sempre esteve ao lado deste povo, desde a sua juventude, e o pior é que a punhalada vem daqueles que o deveriam defender, só falta beijar-lhe a testa.

Os que escrevem, esquecem que Randolfe foi quem iniciou o movimento que chamava o “Fora Sarney”. Esquecem talvez, pelo fato de serem responsáveis pelo poder que este coronel possui no Brasil, e no Amapá. Foi Capiberibe, que por medo de perder para Waldez em 1998, sacrificou Hildegardo para apoiar Sarney, e depois os petistas deram-lhe a mão para o Senado em 2006.

Querem saber de uma coisa, pensava eu que poderia ter errado quando me desfiliei do PT em 1994, e que em 1998 quando vi o PSB pedir voto pro Sarney secretamente, e saí deste partido, cheguei a pensar que podia ter sido imaturidade de minha parte, hoje vejo que não.

De uma coisa tenho certeza, continuo com os mesmos sonhos de 1989 e 1994, e sei que Randolfe compartilha destes mesmos sonhos, que não se aliou a Sarney, porque nunca mudou de lado, e é no palanque de quem os ataca que Sarney subirá, é com eles que Sarney caminhará em 2010. Sarney é aliado do PT em Brasília, onde o PSB também é aliado, foi Sarney quem indicou o vice de Dilma, a quem o PSB também apóia, portanto, fiquem com o filho que vocês mesmos criaram, assumam a sua paternidade.

Randolfe, força meu amigo, atravessaremos esta tempestade de ataques levianos, que em nada afetará sua moral política, tenho certeza que o Amapá mudará seus rumos este ano, e que em 2010 será outros 500.

*Paulo César Nogueira é professor da Rede Municipal de Macapá

  • CARO PROFESSOR. SAIBA QUE O TERMO “ALIADO DE SARNEY” JUSTIFICA-SE PELO SEGUINTE FATO:
    FOI GRAÇAS AO PSB QUE O RANDOLFE CONSEGUIU SEU MANDATO, ELE E O CLÉCIO. E QUE AGORA USA DE SEU PRESTÍGIO POLÍTICO PARA TIRAR VOTOS DO CAPI. ESSA É A ESTRATÉGIA POLÍTICA.
    NO QUE TANGE AO CANSAÇO POLÍTICO, O SR. TEM RAZÃO. DEFENDO NOVOS NOMES PARA OCUPAR CARGOS PÚBLICOS DESSA ENVERGADURA (SENADO), É POR ISSO QUE VOTO NO RANDOLFE…

  • eu nao acredito que o povo amapaese,vai perder a oportunidade de eleger um senador,que nao tenho duvida sera uns dos melhores do pais,que a o contrario de certos politicos com ficha suja.eu confio. MEU primeiro voto sera do radolfe 500

  • Não entendo esse povo. Primeiro, quando foi para construir o Fora Sarney, todos eram bem vindos, agora, quem construiu “fui eu”, “foi aquele”, “só estávamos nós”, “vcs não estavam”. Eu participei do “fora sarney”, porque tinha o objetivo de derrotar o velho coronél, e não porque queria meses ou anos depois, reivindicar a maternidade. Ora, este debate chega a ser mesquinho. porque não se discute o eixo do que foi apresentado pelo professor? será uma tática para desviar de qual o palanque em que Sarney estará presente? tenho a certeza de que sim. E isto foi o que o Professor Nogueira quis se referir, parabéns professor, vc me faz refletir que infelizmente Capi deixa de ser uma opção para o senado, agora meu voto é só Randofe 500.

  • Minha gente,
    vocês tem que entender que o Presidente do Senado federal, é um mal necessário para o Amapá. Porque digo isso?
    Se nós não tivessemos este político nos representando no Congresso Nacional, este Estado estaria muito pior. Infelizmente, o Amapá não possui líderes de peso na política nacional.
    A verdade dói mas tem que ser dita…
    Não sou eleitor do Sarney. Quero que entendam isso. Se querem me atacar por minhas declarações, fiquem a vontade…

    • Isso é pensamento da época em que o Amapá ainda era Território Federal. Tudo girava em torno dos recursos vindo de Brasília. Os tempos mudaram, o estado se “emancipou”, mas permaneceu esta cultura. Por que, então, o nordeste, sendo atrasado como é se comparado ao eixo sul/sudeste, apresenta nomes de peso no parlamento? e que nomes…

      • Meu querido,caia na real. O Amapá continua vivendo as custas da União. Esse Estado se emancipou, mas, continua se comportando como uma autarquia territorial. Sem essa fonte todos nós estaremos ferrado…

      • E mais. Parece que você nunca colocou os pés na região nordeste. A região nordeste é muito bem desenvolvida…

        • Principalmente o sertão. Faz tempo que não vou lá, mas conheço a realidade “in loco”. E a maioria se deve àquilo que qualifico como coronelismo político, que foi importado pelo Amapá.

          • E um detalhe, as cidades do sertão do nordeste são bem organizadas. Agora, a questão da seca, é um problema da natureza.

      • Lista de políticos destacáveis da região nordeste no Senado Federal:
        -Senador Marco Maciel(ex-Vice Presidente da República);
        – Senador Tasso Jereissati (ex-Governador do Ceará);
        – Senador José Sarney (ex-Presidente da República, e atual Presidente do Congresso Nacional);
        – Senador Mão Santa (ex-Governador do Piauí);
        – Senador Sérgio Guerra (Presidente Nacional do PSDB);
        – Senador Cézar Borges;
        – Senador Cristovam Buarque (ex-Governador do DF);
        – Senador Edson Lobão (ex-Ministro das Minas e Energia);
        – Senador Efraim Morais (ex-Presidente da Câmara dos Deputados);
        – Senador Fernando Collor (ex-Presidente da República);
        – Senador Heráclito Fortes (Secretário Geral do Senado Federal);
        – Senador Jarbas Vasconcelos ( ex-Governador de Pernambuco).
        Por fim, se eu fosse listar para você todos os Senadores e Deputados Federais de grande influência, na política nacional da região nordeste, levaria um longo tempo.

        • Já ouvi falar de todos eles e, fora os que eu não conheço, o único que escapa do meu crivo é o professor Cristovam Buarque, por causa da sua bandeira da educação.

  • A agnia de querer passar pro Randolfe a alcunha de candidatura de Sarney é para tirar o foco da verdadeira aliança construída na esfera federal PT/PMDB. Vamos v em qual palanque o Sarney estará, será no de Lucas ou no do PT no Amapá, é essa caro Yasha a diferença!
    Tenho acompanhado as falas de Randolfe nas reuniões do Lucas e ele sempre tem afirmado que será um senador independente e de oposição. Seu discurso continua radicalizado!

  • bom sarney tem 24 anos de senador pello amapá e nunca vez nada ,que ex.demos duas rodovias federal a 156 e 210 nem uma em boas contições de trafegarmos e o earoporto de macapá que todos os tres sanadores e dep federais usa e nem lar com a melhoria.kd a poder de sarney e dep dalva que amiguinha de lula.vamos votar todos em branco.manda esse politicos ladroes kda coquinho.

  • esse pessoal do psb adora falar do Randolfe, tao com medinho do grande guru ficar de fora, e sinceramente acredito que vai ficar, o povo esta cansado do mesmo meus caros. Quanto as criticas abaixo nao se deve nem comentar, quero saber quem tem essa bola de cristal pra saber se o candidato 500 vai compactuar com mensalao e escandalos do senado, eu acredito nele e acho q vai ser o contrario, ele vai é denunciar a corrupcao assim como fez na assembleia legislativa… agora sao outros 500 !!!

  • Professor Nogueira, lhe parabenizo pela coragem não só de escrever, mas especialmente de publicizar as suas idéias. Pelo que li, sua posição é de quem tem real conhecimento sobre o que escreve. Como muitos homens e mulheres, acreditou na organização partidária, tanto que se filiou em 2 partidos, mas parece que acreditando muito mais nas pessoas do que na ideologia partidária, sofreu decepções, mas manteve vivo o desejo de mudança.
    O seu sonho, é o meu sonho. Por isso lhe digo, agora será possivel a mudança, com RANDOLFE 500 no Senado. A aceitação popular dessa candidatura é tão grande, que os adversários são capazes de criar as mais diversas e escabrosas estórias ou histórias, como queiram…
    A hora é do novo – RANDOLFE 500

    • Cilene, não se iluda! No parlamento prevalece a máxima do “ou dá ou desce”. E geralmente dão, por isso nada muda no cenário político nacional.

      • Meu caro Roque, sei que na Câmara e no Senado, existem muitos picaretas, não tenho dúvida disso, mas não podemos simplesmente achar que todos os políticos compartilham da canalhice da maioria, existe gente de qualidade e de bom caráter que também disponibiliza seu nome para o pleito eleitoral, e o Randolfe é uma dessas pessoas. Quando foi Deputado Estadual, sempre esteve do lado do povo e de suas causas, nunca se envolveu com as falcatruas da Assembléia Legislativa, pelo contrário. Não sei se vc se lembra, mas Randolfe denunciou o esquema de narcotráfico e foi muito perseguido na época por isso. Randolfe é autor da Lei que amplia as licenças Maternidade e Paternidade,Lei da Humanização da Psiquiatria, entre outras de relevada importância pra nossa sociedade. Então por essas e outras, que eu acredito que RANDOLFE 500 será um grande nome no Senado do Brasil e será motivo de muito orgulho pro Amapá, tenho certeza que nunca será cogitado pra receber o PENICO DE OURO DO CONGRESSO NACIONAL. Vote Randolfe 500 PRA FAZER A DIFERENÇA!

  • erro de estratégia cometeu o sr Capi. Posso estar enganado, em minha opinião, mas o Camilo tinha cadeira garantida na assembléia. Poderia o sr Capi, ter se focado só no senado, onde teria chances nos próximos 8 anos de asfaltar o caminho de Camilo ao governo. O erro, pode lhe custar a vaga no senado, já que o sr Randolfe caiu nas graças do eleitor como segundo voto de quase todos… a conferir

  • Infelizmente Randolfe Rodrigues apóia Lucas Barreto que é o preferido do coronel maranhense. E se o Sr. professor, acha que a verdadeira oposição deve ficar com Sarney, pois lhe digo, quer você queira ou não: Lucas Barreto é o plano “secreto” de Sarney para o Amapá. Pois tenta a todo modo confundir os eleitores que sempre votam na verdadeira oposição. Se RR está desse lado, então, satisfaz os desejos do coronel.

    • E aí faço, novamente, a pergunta que parece causar pânico nos seguidores de PSB e PT: por que a alegada aliança entre Lucas, Randolfe e, por vias oblíquas, Sarney, deveria ser repudiada, mas a aliança evidente que há entre PSB, PT e Sarney, no plano federal, deve ser tomada como algo normal?

  • Quem iniciou o movimento “Fora Sarney” foi a gente em Laranjal do Jari quando o bigodudo esteva lá com o Ministro das Cidades para entregar umas casas caindo de podre, o conjunto Cajari em 2004. Tenho camiseta e fotos dessa manifestação popular para provar. Lamentar atitudes, não é apunhalar, é emitir opinião professor. Infelizmente a política no Amapá, nunca esteve tão anti-ética como nos dias de hoje. Infelizmente…

    • Mais um querendo assumir a paternidade do Fora Sarney.
      O primeiro Fora Sarney foi feito pelo PT quando o Sarney era presidente do Brasil.
      Baixa tua bola, Chico Terra!

      • Como o PT pode ter encabeçado o “Fora Sarney” se o Lula anda de braços dados com ele? Será que o PT tornou-se um partido bipolar? É muita confusão pra minha cabeça…

        • Sei lá quem foi o pai da criança, eu só sei que o Bigodudo continua ditando as regras na politica nacional e principalmente no amapá. _OBS.: O “Fora Sarney”, ficou nitidamente “entre aspas”.

          • A natureza vai se encarregar de fazer valer a teoria da seleção natural. Ele não vai durar muito.

      • POW VCs EU HEIM !!!!!
        QUEM QUER SER PAI DO FORA SARNEY ???
        ANALISANDO BEM AS COISAS, VEJO QUE O PAI É MESMO. POIS ELE VEIO FORA DO MARANHÃO E AO CHEGAR AQUI, POR ESSAS BANDAS, ELE E SEUS BANDOS, TINHAM QUE INVENTAR ALGO PRA FICAR NA MEMORIA DOS OTÁRIOS, QUE IRIAM PRA RUA COM CARAS PINTADAS E CAMISETAS, GRITAR O NOME DELE E ENTRAR PRA HISTORIA, PRA NUNCA ESQUECER-LO.
        “SÓ QUERO QUE QUANDO ELE MORRER, NÃO QUEIRAM ENTERRAR O ‘TAL’ EM JERUSALÉM. POIS POR LÁ, JA RESSUSCITOU GENTE ! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      • POW VCs EU HEIM !!!!!
        QUEM QUER SER PAI DO FORA SARNEY ???
        ANALISANDO BEM AS COISAS, VEJO QUE O PAI É O MESMO. POIS ELE VEIO FORA DO MARANHÃO E AO CHEGAR AQUI, POR ESSAS BANDAS, ELE E SEUS BANDOS, TINHAM QUE INVENTAR ALGO PRA FICAR NA MEMORIA DOS OTÁRIOS, QUE IRIAM PRA RUA COM CARAS PINTADAS E CAMISETAS, GRITAR O NOME DELE E ENTRAR PRA HISTORIA, PRA NUNCA ESQUECER-LO.
        “SÓ QUERO QUE QUANDO ELE MORRER, NÃO QUEIRAM ENTERRAR O ‘TAL’ EM JERUSALÉM. POIS POR LÁ, JA RESSUSCITOU GENTE ! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Quero que o Randolfe diga agora o FORA SARNEY e use aquele boton ou coloque a camisa do fora Sarney. Ficou dificil pro Randolfe explicar pra militância do PSOL e prás esquerdas o que aconteceu com ele. Vai aparecer a lado a lado com Sarney, mensalinho e mensalão Roberto Jeferson, além de outros poraí. É triste ver isso, mas fazer o que? Como uma campanha fica tão rica em pouco tempo? Bom, eu vou pagar prá ver o aperto de mãos e os abraços do Sarna com o Randolfe. É o fim.

      • Crie coragem e mostre também a sua cara seja qq coisa na vida pública prá servir ao seu povo, faça como eu. Eu tenho 30 anos de trabalho público e privado e fiz 3 faculdades, Sou Sou pós graduado em /Direito Público, tenho dois filhos Advogados que vc.deve conhecê-los, Angelo e Adriano e sou sindicalista. Iniciei militando no movimento estudantil na década de 70, que por sinal esse está se acabando poraqui nas mãos de alguns faccionistas incompetentes. Eu Sotelo, Diniz e outros lideramos durante algum tempo o Centro Cívico Rui Barbosa do CA, que o Barcelos destruiu para construir o Campus Avançados da UFRRJ no Amapá, será que você tem história alguma, mesmo que seja que seja prá pelo menos prá boi dormir???? Conte que eu quero sabe das suas. Não me desqualifique sem me conhecer. O pior ignorante é aquele que fala do que não sabe, Diz sobre o que nunca aprendeu, sem nenhum conhecimento de causa. Eu tenho uma história de vida e meu pai chegou aqui no Amapá em 1947, foi pioneiro na construção deste Estado onde eu nasci e me criei no bairro do Laguinho em Macapá. Só prá você ter idéia meu pai tabalhou na construção dos Galpões onde hoje funcionam a Prefeitura de Santana no Porto, com mestre Júlio e Amaury Farias e também na abertura e Construção da Estrada Ferro Satana-Serra. Eu Tenho raizes tanto em Macapá, quanto em Santana e tenho a coragem de dar a minha cara prá tapa. Vou mostrar prá vc. o que é ser político de verdade no Amapá. Sou Elcio Ferreira Candidato à Dep. Federal PSB 4001.

  • E quem está apoiando o Lucas por tras dos panos se não é o Sarney, e porque o Randolfe se aliou ao Lucas sabendo que o Sarney está por tras dele, ora me poupe, o Randolfe não é nenhum santinho

  • Atribuir o “Fora Sarney” como movimento político/partidário não traduz a realidade, porque isso nasceu e cresceu na internet, através dos blogs e mais recentemente no twitter, e que isso fique registrado.

  • Sr. Nogueira;
    Vivemos no Amapá período infeliz quando chegam as eleições. Primeiro há um parcela significativa de eleitores que vendem seu voto, na eleição de 2008, isso ficou mais que claro em Macapá. Segundo, sempre existiu um aparelhamento brutal da estrutura estatal só que ultimamente esse estratagema ficou praticamente imbatível. Terceiro os partidos da oposição que deveriam ajudar a reverter tal situação acharam por bem se ombrearem com aqueles que foram seus algoz. Por isso, irmão no Amapá a partir dessas eleições, tomei uma decisão: Não voto em partido ou coligação, voto em pessoas. Assim, votarei: Presidente, Plínio(50); Senadores, Randolfe(500) e Capi(401); Governador, Lucas(14); Dep. Federal, Profª. Conceição Medeiros(1236) e Dep. Estadual SD. Balieiro(40190).

  • Esperava q o PSB fosse mais justo com o Randolfe. Até agora não ví nenhum ataque de Randolfe ao PSB e olha q depois de tantos ataques de baixo calão ele tinha todo o direito de se manifestar. Mas apoio a decisão do Randolfe de não responder, acho q isso só desagrega e atrapalha a campanha. Eleição se ganha no voto! Por enquanto, ainda Randolfe e Capi, mas de certeza mesmo é RANDOLFE, são outros 500

  • Mas é justamente nesse discurso que há uma falha lógica importante. Se PSB/PT são próximos a Sarney no plano federal (e realmente o são!), por que seria lícito esquecer que Randolfe escolheu estar com Lucas Barreto, um ex-assessor do maranhense? Isso é matéria de fato, não de opinião. Por que no Amapá se criou esse hábito risível de acusar a proximidade dos outros com Sarney, esquecendo os próprios vínculos? Eu até acredito que Randolfe, pessoalmente, jamais tenha sido aliado de Sarney, e que jamais venha a sê-lo. Mas é inegável que ele optou por uma aliança que, de forma oblíqua, acaba mostrando seu liame com aquele modo de fazer política.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *