Boa notícia para os “pedevistas”

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP) da Câmara dos Deputados  apreciou hoje o projeto de lei nº 4.293/08, que anistia os ex-servidores que aderiram ao Programa de Desligamento Voluntário, em 1996. A Comissão aprovou o voto do relator Bala Rocha (PDT/AP), que deu  é  parecer favorável.

Bala Rocha

O projeto vai agora para as Comissões de Constituição e Justiça e Finanças e Tributação, antes de seguir para o Plenário.
Bastante otimista, o deputado Bala Rocha acredita na aprovação e assegura que os “pedevistas” retornarão aos quadros da União na mesma função que estavam quando se desligaram.
Eles terão que devolver a indenização que receberam quando aderiram ao PDV. Mas isso será feito em parcelas a perder de vista, já que ficou estabelecido em 10% do salário o desconto para ressarcir essa grana.

  • gostaria de saber como fica a situação dos PDVISTAS do distrito federal.Não tivemos mais informção e quem devemos procurar.

  • VIAGEM A BRASÍLIA URGENTE !!!
    E atenção meninos e meninas do PDV.

    Nossa Coordenação encontra-se reunida e muito preocupada com a atual desmoralização da política Nacional e em consequência de tudo isso , estamos também preocupados com a situação do PDV. Os nossos Processos parados, o Projeto 4293/2008, que vota mas não vota, mas hoje, não amanhã, e sendo assim decidimos que ,mesmo nesse momento de incertezas e embates econômico temos , faça sol, ou faça chuva que estar em Brasília
    sexta feira dia 14 de Agosto de 2015

    • Agora com o PT fora do poder, pois Lula impedia sem conhecimento de causa, talvez tenhamos nossos cargos de volta ao Governo Federal. Que nossos defensores políticos sejam iluminados e com senso de Justiça, deem prosseguimento ao PL 4293/2008. Que Deus nos ajude!!!

    • Vocês acreditam em Papai Noel, Coelho da Páscoa, esse governo corrupto jamais vai fazer alguma coisa pelos ex funcionário do Banco Meridional do Brasil, pois até então estou desempregado, vivendo de favores de amigos e parente para sobreviver, nunca mais consegui assinar minha carteira profissional. Quem vai querer assinar CP com uma pessoa berando aos 65 anos…Governo covarde do RGS …e Federal nem pensar, Deputados covardes do RS, admitiram acabar com uma empresa solida Gaúcha, saudades do Governador Guasselli e outros como Leônidas Ribas ex Presidente do Banco…aquela história de Gaúcho não foge a luta está no passado, quem sabe um dia volte Gaúchos cunhiúdos e façam esse Brasil a crescer novamente.

      • Eu também sou ex funcionário do banco meridional, tens como me auxiliar no que eu devo fazer para entrar com reingresso, junto a essa lei???
        desde já fico muito agradecido.

  • Projeto de lei nº 4.293/08, que anistia os ex-servidores que aderiram ao Programa de Desligamento Voluntário, em 1996. Eu faço parte deste processo de desligamento, me interesso e anseio por esta anistia.

  • ONDE ESTÁ A NOSSA PL 4293/08 PARA SER VOTADA.
    Esta na CFT “”Pronta para Pauta””
    Somente dependendo da Presidente da Comissão – Deputada Soraya Santos para ser votada.
    Há grupos que já estão fazendo trabalho junto a Comissão para que entre em Pauta o mais rápido possível e que seja votado com urgência.

    • sou pdvista militar do piaui e espero que tenhamos exito nesta causa. Quem espera sempre alcança., quero mim comunicar com algum pdvista militar de qualquer estado para saber alguma novidade da nossa pl, deixarei o meu contato 86 88868728 Ricardo.

      • Boa noite amigo sou pdvista também da pd eu era cabo pm do 3º bpm em Floriano Pi moro em Brasilia Df a 18 ano meu contato 61 996911135 esse é meu zap

  • AS REUNIÕES DA COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO, QUE É ONDE ESTÁ A NOSSA PL 4293/08 PARA SER VOTADA, JÁ COMEÇARAM TARDE NESTE ANO DE 2014, POIS A PRIMEIRA FOI EM 28/05/2014. DETALHE IMPORTANTE: AS REUNIÕES SÃO FEITAS APENAS ÀS QUARTAS-FEIRAS, E O NÚMERO DA NOSSA PL ACIMA NA PAUTA É O ”30”, OU SEJA : NUNCA CHEGARÃO AO NÚMERO ”30”. aGORA, O QUE É MAIS ESTARRECEDOR: TODAS ESTAS REUNIÕES QUE FORAM ‘CONVOCADAS’ ATÉ HOJE, FORAM ””CANCELADAS”’ EM 2014 . NÃO SÃO VOTADOS NEM SEQUER OS PRIMEIROS NÚMEROS, QUEM DIRÁ O NÚMERO ”30”. E AGORA ELES ENTRARAM EM RECESSO BRANCO. ESTÁ NA CARA QUE ESTÃO COZINHANDO EM ”BANHO MARIA”…AGORA EU QUERIA SABER PORQUE ESTÃO FAZENDO ISTO, NÃO ERA MAIS DIGNO CHEGAR E FALAREM A VERDADE.

  • PRESTEM ATENÇÃO! SÃO ESTES MEMBROS DA COMISSÃO QUE DEVERIAM VOTAR EM NOSSA PL,4293/2008 E NÃO O FAZEM. ANOTEM OS NOMES PARA NÃO SEREM VOTADOS NAS ELEIÇÕES.
    Comissão de Finanças e Tributação – CFT

    Presidente: Mário Feitoza (PMDB/CE)
    1º Vice-Presidente: Lucio Vieira Lima (PMDB/BA)
    2º Vice-Presidente: Pedro Eugênio (PT/PE)
    3º Vice-Presidente: Jose Stédile (PSB/RS)
    TITULARES SUPLENTES
    PT
    Afonso Florence PT/BA (Gab. 481-III) Assis Carvalho PT/PI (Gab. 909-IV)
    Cláudio Puty PT/PA (Gab. 480-III) Devanir Ribeiro PT/SP (Gab. 332-IV)
    Paulo Teixeira PT/SP (Gab. 281-III) José Mentor PT/SP (Gab. 502-IV)
    Pedro Eugênio PT/PE (Gab. 902-IV) Pedro Uczai PT/SC (Gab. 229-IV)
    Pepe Vargas PT/RS (Gab. 545-IV) Rogério Carvalho PT/SE (Gab. 641-IV)
    Zeca Dirceu PT/PR (Gab. 613-IV) – vaga do PROS
    PMDB
    Akira Otsubo PMDB/MS (Gab. 277-III) – vaga do PTB Antônio Andrade PMDB/MG (Gab. 305-IV)
    João Magalhães PMDB/MG (Gab. 211-IV) – vaga do PRB Celso Maldaner PMDB/SC (Gab. 311-IV)
    José Priante PMDB/PA (Gab. 752-IV) Eduardo Cunha PMDB/RJ (Gab. 510-IV)
    Leonardo Quintão PMDB/MG (Gab. 914-IV) Francisco Escórcio PMDB/MA (Gab. 215-IV)
    Lucio Vieira Lima PMDB/BA (Gab. 612-IV) Gabriel Chalita PMDB/SP (Gab. 817-IV)
    Manoel Junior PMDB/PB (Gab. 601-IV) – vaga do PCdoB
    Mário Feitoza PMDB/CE (Gab. 960-IV)
    Pedro Novais PMDB/MA (Gab. 813-IV)
    Pedro Paulo PMDB/RJ (Gab. 727-IV) – vaga do PSB
    PSDB
    Alfredo Kaefer PSDB/PR (Gab. 818-IV) Emanuel Fernandes PSDB/SP (Gab. 760-IV)
    Luiz Carlos Hauly PSDB/PR (Gab. 220-IV) Luiz Pitiman PSDB/DF (Gab. 931-IV)
    Nelson Marchezan Junior PSDB/RS (Gab. 250-IV) – vaga do PDT Marcus Pestana PSDB/MG (Gab. 715-IV)
    Vaz de Lima PSDB/SP (Gab. 850-IV) Otavio Leite PSDB/RJ (Gab. 225-IV) – vaga do PTB
    PSD
    Guilherme Campos PSD/SP (Gab. 283-III) Diego Andrade PSD/MG (Gab. 307-IV)
    João Lyra PSD/AL (Gab. 720-IV) – vaga do Bloco PV, PPS Eleuses Paiva PSD/SP (Gab. 658-IV)
    José Humberto PSD/MG (Gab. 267-III) (Deputado do PDT ocupa a vaga)
    Júlio Cesar PSD/PI (Gab. 944-IV)
    PP
    Jerônimo Goergen PP/RS (Gab. 316-IV) Luis Carlos Heinze PP/RS (Gab. 526-IV)
    Nelson Meurer PP/PR (Gab. 916-IV) Paulo Maluf PP/SP (Gab. 512-IV)
    1 vaga Toninho Pinheiro PP/MG (Gab. 584-III)
    PR
    Aelton Freitas PR/MG (Gab. 204-IV) João Carlos Bacelar PR/BA (Gab. 928-IV)
    Davi Alves Silva Júnior PR/MA (Gab. 831-IV) João Maia PR/RN (Gab. 439-IV)
    PSB
    Jose Stédile PSB/RS (Gab. 354-IV) Dr. Ubiali PSB/SP (Gab. 560-IV)
    (Deputado do PMDB ocupa a vaga) (Deputado do DEM ocupa a vaga)
    DEM
    Carlos Melles DEM/MG (Gab. 243-IV) Jairo Ataíde DEM/MG (Gab. 431-IV) – vaga do PSB
    Pauderney Avelino DEM/AM (Gab. 610-IV) Mendonça Prado DEM/SE (Gab. 508-IV)
    Rodrigo Maia DEM/RJ (Gab. 308-IV)
    SD
    Genecias Noronha SD/CE (Gab. 244-IV) João Dado SD/SP (Gab. 509-IV)
    PTB
    (Deputado do PMDB ocupa a vaga) (Deputado do PSDB ocupa a vaga)
    Bloco PV, PPS
    (Deputado do PSD ocupa a vaga) Arnaldo Jardim PPS/SP (Gab. 245-IV)
    PROS
    Miro Teixeira PROS/RJ (Gab. 270-III) (Deputado do PT ocupa a vaga)
    PDT
    (Deputado do PSDB ocupa a vaga) André Figueiredo PDT/CE (Gab. 940-IV) – vaga do PSD
    Giovani Cherini PDT/RS (Gab. 468-III)
    PCdoB
    (Deputado do PMDB ocupa a vaga) Osmar Júnior PCdoB/PI (Gab. 356-IV)
    PSC
    Edmar Arruda PSC/PR (Gab. 962-IV) Andre Moura PSC/SE (Gab. 846-IV)
    PRB
    (Deputado do PMDB ocupa a vaga) Cleber Verde PRB/MA (Gab. 710-IV)
    Secretário(a): Aparecida de Moura Andrade
    Local: Anexo II, Pav. Superior, Ala C, sala 136
    Telefones: 3216-6652/6655/6657
    FAX: 3216-6660

  • É só isso que vemos: Se liga Brasil: as eleições estão chegando!
    Em destaque na Comissão

    ATENÇÃO – Cancelamento das Reuniões do dia 16/07/2014.
    A Comissão de Finanças e Tributação comunica que foram CANCELADAS as reuniões da CFT previstas para hoje, dia 16/07/2014.

    Leia mais…
    Notícias

    25/06/2014 – Projeto unifica regras do processo administrativo fiscal
    05/06/2014 – Governo prepara regras sobre detalhamento de impostos em nota fiscal
    05/06/2014 – Punição para empresa que não detalhar impostos em nota fiscal será adiada
    03/06/2014 – Comissão debate distribuição de recursos do mar territorial
    Veja mais…
    Agora na Comissão

    Não há reuniões.

    Próximas Reuniões

    Não há reuniões.

    Reuniões Anteriores

    Hora Comissões / Local Situação
    16/07/2014 10h30
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Extraordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Cancelada
    16/07/2014 10h15
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Extraordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Cancelada
    16/07/2014 10h00
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Ordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Cancelada
    09/07/2014 10h30
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Extraordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Cancelada
    09/07/2014 10h15
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Extraordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Cancelada
    09/07/2014 10h00
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Ordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Cancelada
    02/07/2014 10h30
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Extraordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Cancelada
    02/07/2014 10h15
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Extraordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Cancelada
    02/07/2014 10h00
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Ordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Cancelada
    11/06/2014 10h30
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Extraordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Cancelada
    11/06/2014 10h15
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Extraordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Cancelada
    11/06/2014 10h00
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Ordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Cancelada
    05/06/2014 10h00
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Audiência Pública Ordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Vídeo
    Áudio
    Presença
    Resultado
    Ata
    Encerrada (Final)
    04/06/2014 14h30
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Audiência Pública Extraordinária
    Anexo II, Plenário 06
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Vídeo
    Áudio
    Presença
    Resultado
    Ata
    Encerrada (Final)
    04/06/2014 10h30
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Extraordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Vídeo
    Áudio
    Cancelada
    04/06/2014 10h00
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Ordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Presença
    Resultado
    Ata
    Encerrada (Final)
    04/06/2014 09h30
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Outro Evento
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Vídeo
    Áudio
    Resultado
    Encerrada (Final)
    04/06/2014 09h00
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Outro Evento
    Sala da Presidência da Comissão – Anexo II, Sala 136-C
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Resultado
    Encerrada (Final)
    03/06/2014 14h30
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Audiência Pública Ordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Vídeo
    Áudio
    Presença
    Resultado
    Ata
    Encerrada (Final)
    28/05/2014 10h30
    FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    Reunião Deliberativa Extraordinária
    Anexo II, Plenário 04
    informações
    Detalhes
    Pauta
    Cancelada
    Contato

    Comissão de Finanças e Tributação

    Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados
    Anexo II, Pavimento Superior, Ala C, Sala 136
    Brasília – DF – CEP: 70160-900
    Telefones: 61) 3216-6651 / -6653 / -6655 / -6657 / -6658 / -6659
    Fax: (61) 3216-6660

  • Porque o estado alega que se voltarmos vai aumentar a folhar de pagamento, e .todo ano contrata novos funcionários e colocam em nossas vagas. Ao fazer novos contratos a folha de pagamento não aumenta do mesmo jeito? ou qual é o milagre pra esses novos contratados? estão trabalhando de graça?
    Ao meu ver essa alegação qual quer advogado derruba. Não estamos pedindo que nos dê salários de graça sem trabalhar, sem suar, estamos pedindo reivindicando nossas vagas de volta pra TRABALHARMOS.
    PORQUE SÓ O ESTADO DO PIAUÍ NÃO QUER CUMPRIR, A LEI NÃO É PRA TODOS CUMPRIR, POR FAVOR PELO AMOR E O TEMOR DE DEUS, REPRESENTANTE DO PIAUÍ CUMPRAM A DETERMINAÇÃO DA JUSTIÇA, REINTEGREM-NOS.

  • Olhem o que aconteceu na Reunião do dia 11/6/2014 – Mais uma CANCELADA!!!!!!!
    PAUTA DE REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA EM 11/6/2014 às 10h15 – C A N C E L A D A
    28 – PL 4293/2008 – do Sr. Leonardo Picciani e outros – que “concede anistia aos ex-servidores da Administração Pública federal direta, autárquica e fundacional, exonerados em virtude de adesão, a partir de 21 de novembro de 1996, a programas de desligamento voluntário”. (Apensados: PL 4499/2008 (Apensado: PL 5149/2009) e PL 5447/2009) Explicação: Refere-se a Programas de Desligamento Voluntário (PDV), que ocorreram a partir de 21 de novembro de 1996, data de vigência da Medida Provisória nº 1.530-7, de 1997, convertida na Lei nº 9.468, de 1997.
    RELATOR: Deputado LUCIO VIEIRA LIMA.
    PARECER: Parecer do relator, Dep. Lucio Vieira Lima, pela compatibilidade e adequação financeira e orçamentária do PL nº 4.293/08 e dos PL’s nºs 4.499/08, 5.149/09 e 5.447/09, apensados, com emendas, e do Substitutivo da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, com subemenda.

  • Estou acompanhando na Camara as votações….por que tanta demora? fui do MInistério da Defesa……gostaríamos de ver quem esta correndo por nós! quero votar na consciência dos fatos!!

  • ATÉ QUANDO VAMOS AGUENTAR!. Só em 2014, aconteceram 6 reuniões da COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO na CÂMARA DOS DEPUTADOS, onde a PL- 4293/2008 entra na pauta, e nada se resolve! O DESCASO com a nossa causa é TOTAL:
    1ª. Reunião de 2014 – PAUTA DE REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA EM 23/4/2014 às 10h30 – C A N C E L A D A / 2ª. Reunião de 2014 – PAUTA DE REUNIÃO ORDINÁRIA EM 30/4/2014 às 10h – C A N C E L A D A / 3ª. Reunião de 2014 – PAUTA DE REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA EM 7/5/2014 às 10h30 – C A N C E L A D A / 4ª. Reunião de 2014 – PAUTA DE REUNIÃO ORDINÁRIA EM 21/5/2014 às 10h (Resultado : Não deliberado face o encerramento da reunião) / 5ª. Reunião de 2014 – PAUTA DE REUNIÃO ORDINÁRIA EM 28/5/2014 às 10h (Resultado: Não deliberado face o encerramento da reunião por falta de quorum) / 6ª. Reunião de 2014 – PAUTA DE REUNIÃO ORDINÁRIA EM 4/6/2014 às 10h -C O N F I R M A D A (Resultado: Não deliberado face encerramento da reunião por acordo dos Srs. Líderes). OBSERVEM QUE AS 3 PRIMEIRAS FORAM CANCELADAS, E AS OUTRAS 3 NÃO TIVERAM RESULTADO ALGUM.

    • quero salientar aqui,o fato de os sindicatos que nos representam,estarem em absoluto silençio.so nos trabalhadores nao vamos conseguir os nossos empregos de volta.precisamos nos mexer pedir apoio,aos nossos politicos de nossas cidades,enfim se esse pl 4.293 nao for votado de forma definitiva antes das eleiçoes de 2014,nos trabalhadores teremos de aguentar mais 4 anos de enrolaçoes.sera que para se aprovar os gastos bilionarios dessa COPA,houve tanta demora?repito mais uma vez,onde estao os sindicatos que nos representam?a unica coisa que se tem certeza e que se o trabalhador retornar a seu posto de trabalho,certamente pagara esse mesmo sindicato que hoje lhe ignora.

  • Olhem o que aconteceu na Reunião de hoje:
    28 – PROJETO DE LEI Nº 4.293/08 – do Sr. Leonardo Picciani e outros – que “concede anistia aos ex-servidores da Administração Pública federal direta, autárquica e fundacional, exonerados em virtude de adesão, a partir de 21 de novembro de 1996, a programas de desligamento voluntário”. (Apensados: PL 4499/2008 (Apensado: PL 5149/2009) e PL 5447/2009) EXPLICAÇÃO DA EMENTA: Refere-se a Programas de Desligamento Voluntário (PDV), que ocorreram a partir de 21 de novembro de 1996, data de vigência da Medida Provisória nº 1.530-7, de 1997, convertida na Lei nº 9.468, de 1997. RELATOR: Deputado LUCIO VIEIRA LIMA. PARECER: pela compatibilidade e adequação financeira e orçamentária do PL nº 4.293/08 e dos PL’s nºs 4.499/08, 5.149/09 e 5.447/09, apensados, com emendas, e do Substitutivo da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, com subemenda. NÃO DELIBERADO FACE O ENCERRAMENTO DA REUNIÃO POR FALTA DE QUORUM

  • Bom dia a todos

    Segue um breve relato do andamento de nossa luta.

    Quinta feira dia 29/05, entregamos uma carta para a presidenta através da CONDSEF, CUT/DF e SINDSEP-DF, falando sobre nosso PL, espero que a Presidenta leia, foi entregue a sr. Gilson Carvalho.
    Na Plenária da CUT/DF realizada no no período de 29 a 31/05 onde fui como delegada, consegui colocar nossa luta para aprovação do PL, no dia 30/05 foi tirado o plano de Luta da CUT/DF para ser incluso na CUT/Nacional, onde nossa luta foi aprovada para ser encaminhada para fazer parte da Luta da CUT/Nacional. Espero que na Plenária da CUT/Nacional a ser realizada em São paulo nos dias 31/07 a 03 de agosto tenhamos o mesmo sucesso, os delegados que estão indo para CUT/ Nacional estão com essa responsabilidade.
    Nossa parte estamos fazendo agora temo que aguardar para ver se conseguiremos sensibilizar os poderosos do Pais, a devolver nosso emprego.
    Dia 04/06 ( quarta feira) estarem na câmara, para ver se vai entrar realmente em pauta. Segue a pauta da comissão, quem sabe a Presidência já leu nossa carta.

    Item
    28 –
    PROJETO DE LEI Nº 4.293/08 – do Sr. Leonardo Picciani e outros – que “concede anistia aos ex-servidores da Administração Pública federal direta, autárquica e fundacional, exonerados em virtude de adesão, a partir de 21 de novembro de 1996, a programas de desligamento voluntário”. (Apensados: PL 4499/2008 (Apensado: PL 5149/2009) e PL 5447/2009)
    EXPLICACAO DA EMENTA: Refere-se a Programas de Desligamento Voluntário (PDV), que ocorreram a partir de 21 de novembro de 1996, data de vigência da Medida Provisória nº 1.530-7, de 1997, convertida na Lei nº 9.468, de 1997.
    RELATOR: Deputado LUCIO VIEIRA LIMA.
    PARECER: pela compatibilidade e adequação financeira e orçamentária do PL nº 4.293/08 e dos PL’s nºs 4.499/08, 5.149/09 e 5.447/09, apensados, com emendas, e do Substitutivo da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, com subemenda.
    Não deliberado face o encerramento da reunião, em 21/05/2014
    Não deliberado face o encerramento da reunião por falta de quorum, em 28/05/2014

    “Quando não defendemos nossos direitos,
    perdemos a dignidade e a dignidade não se negocia.”

    Elaine
    Saudações SINDICAIS E CUTISTAS
    Comissão de Anistiados e PDVistas da SESEEP/SINDSEP-DF
    tel.: (61) 3212-1946/42/41
    site: http://www.sindsep.df.com.br
    blog: http://anistiadosepdvistasdf.blogspot.com

  • Pedevistas, segue o e-mail do Deputado Lucio Vieira de Lima, relator do PL 4293/2008 que anistia os estatutários.
    Vamos enviar nossas mensagens pedindo uma atenção para o nosso pleito.

    [email protected]
    Quanto mais pedevistas enviarem seus pedidos, mais rápido seremos atendidos.
    Segue abaixo, a próxima reunião para votação da PL 4293/08- será na próxima quarta-feira 04/06/2014, somos o número 28 da pauta. ENVIAR E-MAIL PARA O DEPUTADO LÚCIO VIEIRA É URGENTE!
    Ordem do Dia nas Comissões
    COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO
    54ª Legislatura – 4ª Sessão Legislativa Ordinária
    PAUTA DE REUNIÃO ORDINÁRIA EM 4/6/2014 às 10h – C O N F I R M A D A
    28 – PL 4293/2008 – do Sr. Leonardo Picciani e outros – que “concede anistia aos ex-servidores da Administração Pública federal direta, autárquica e fundacional, exonerados em virtude de adesão, a partir de 21 de novembro de 1996, a programas de desligamento voluntário”. (Apensados: PL 4499/2008 (Apensado: PL 5149/2009) e PL 5447/2009) Explicação: Refere-se a Programas de Desligamento Voluntário (PDV), que ocorreram a partir de 21 de novembro de 1996, data de vigência da Medida Provisória nº 1.530-7, de 1997, convertida na Lei nº 9.468, de 1997.
    RELATOR: Deputado LUCIO VIEIRA LIMA.
    PARECER: Parecer do relator, Dep. Lucio Vieira Lima, pela compatibilidade e adequação financeira e orçamentária do PL nº 4.293/08 e dos PL’s nºs 4.499/08, 5.149/09 e 5.447/09, apensados, com emendas, e do Substitutivo da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, com subemenda.

  • em relação aos empregados domesticos,não esqueceremos de apoialos,e sobre a profissão de arbitros de futebol que falta as regulamentações dos direitos trabalhistas, a Presidente Dilma,Deputados Federais e Senadores,quem tem bastantes conselheiros integros e sem maculas teras vitorias,o povo perdeu a confiança nas autoridades por causa de alguns que em beneficio proprio e sem qualquer escrupulos dizem ser representantes dos brasileiros,aguardamos os integros e imparciais benefiaciarem aos injustiçados.

  • OS PEDVISTAS,E O QUE GOSTAM DO FUTEBOL ESTÃO AGUARDANDO A PRESIDENTE DILMA E OS DEPUTADOS FEDERAIS,SENADORES ,APROVAREM A ANISTIA DOS PEDVISTAS E ACABAR COM A FORÇA DA CBF QUE ESTAR RIDICULARIZANDO O PODER DO EXECUTIVO,LEGISLATIVO E JUDICIARIO ATE SETEMBRO ESTAREMOS ESPERANDO ,E SE AS AUTORIDADES DO BRASIL NÃO FAVORECER AS ESTAS PEQUENAS REEVIDICAÇÕES, QUE NÓS ELEITORES MUDEMOS TODAS AUTORIDADES DESTE PAIS PARA QUE AS NOVAS AUTORIDADES TENHAM OPORTUNIDADES DE FAZES JUSTIÇA,PORQUE A MALDADE E INJUSTIÇA VIROU NORMALIDADE,SUPORTAREMOS ATÉ SETEMBRO EM OUTUBRO DEUS JULGUE AS AUTORIDADES DESTE PAIS.AMEM.

  • Será que uma manifestação pública passiva dos pedevistas poderia resultar algum beneficio?

    • Aderi ao PDV de 1996 vou começar uma manifestação pública com panfletos e com o número que puder de pessoas, vou investir nessa causa fazendo com que o Brasil todo saiba não só dessa mas de tantas injustiças que se tem feito contra o povo trabalhador.

    • A nossa manisfestação é ter memoria: na hora de votarmos saber se: todos pedvistas a nivel federal e estaduaais forão anistiados,se as domesticas estão com todos os direitos trabalhistas aprovados e se a nova profissão de arbitros de futebol já foi regulamentadas e garantida os seus direitos trabalhistas, nós pedvistas e familiares juntos somos quase 100.000 mil votos em todo brasil e vamos conseguir convencer mais eleitores se o bem estar das nossas familias não tiverem tranquilas pelos nossos politicos a nossa saude vai ser a saúde de cada politico,é minha oração que faço Deus para que os policos nos atenda antes das eleições porque nós pedvistas já estamos agonizando de forças e esperança,a presidente Dilma e Lula,aguardando,lutar contra a ditadura fora do governo é duro e imagine voce ter lutado contra a ditadura sendo funcionario publico, hoje pedvista ex-funcionario publico? Podemos acreditar na promessa que a senhora Dilma vai anistiar nós pedvistas? na primeira eleição a senhora nos prometeu?

  • Gostaria de receber noticias atualizadas sobre o PDV, pois sai no ano de 2000 da Dataprev através do Pedido de Demissão Voluntária, e hoje estou trabalhando com um salário de fome, tenho 02 filhos e minha renda é de dois salarios mínimos.
    As promessas não foram cumpridas, nos só queremos justiça, ou seja o nosso emprego de volta.

  • Olá, eu gostaria de receber noticias sobre o movimento pedevista, sou do PDV de 2000, IMASJM, MS.
    Obrigado, abraços para todos.

  • Ola PDV, recebi uma noticia de fonte segura, infelizmente será impossivel o retorno dos PDV. o grande problema são os CLT, Lula, não vai permitir a reitegraçao dos Estatutarios para não abrir brecha para outras categorias, com muita luta os Estatutarios, vão ser indenizados.A luta pelo retorno, o sonho acabou. Aviso; não der seu dinheiro a nenhum grupo com objetivo de RETORNO, se der vai perder tempo e dinheiro e sustentando mais um engano. Basta de ser enganados, se quiser ser trouxa, mande dinheiro.Vou começar a estudar e vc deve fazer o mesmo. Abraço a todos.

  • Projeto anistia empregados de estatais que aderiram a PDV nos anos 90
    A Câmara analisa o Projeto de Lei 7546/10, que anistia ex-empregados de empresas públicas e sociedades de economia mista demitidos nos anos 1990 em razão de programas de desligamento voluntário (PDV). Se a medida for aprovada, a reintegração ao serviço ocorrerá a pedido do funcionário demitido em um prazo de até seis meses, contados a partir da publicação da nova regra.

    O interessado deverá apresentar requerimento fundamentado, acompanhado dos documentos necessários. Quem retornar ao serviço deverá devolver aos cofres públicos os valores recebidos em razão da adesão ao PDV. Segundo o texto, a devolução poderá ser parcelada e o valor de cada parcela será de, no máximo, 10% da remuneração.

    De autoria da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, o projeto determina ainda o retorno desses empregados aos cargos correspondentes aos ocupados antes da demissão.

    Em caso de extinção da vaga, eles ocuparão cargos compatíveis e receberão salários equivalentes aos recebidos anteriormente. O empregado poderá participar de cursos de reciclagem, por conta do empregador, se necessitar de atualização para executar suas tarefas.

    Prioridade

    Terão prioridade de retorno ao trabalho os desempregados, os maiores de 60 anos e os empregados que recebam até cinco salários mínimos, nessa ordem. Os portadores de doenças incapacitantes para o trabalho que forem reintegrados poderão aposentar-se por incapacidade.

    Ficará proibida qualquer remuneração retroativa. Além disso, a anistia só gerará efeitos financeiros a partir do efetivo retorno ao trabalho, e os custos serão bancados pelas empresas.

    Desmembramento

    O projeto é um desdobramento do PL 4293/08, também sobre a reintegração de servidores, que foi aprovado em junho pela Comissão de Trabalho com parecer do relator Sebastião Bala Rocha (PDT-AP). O substitutivo aprovado permite a reintegração de ex-servidores federais regulados pelo regime jurídico estatutário (Lei 8.112/90). Já o PL 7546/10 restringe-se à reintegração de empregados de estatais, regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT – Decreto 5.452/43).

    “Não há cabimento tratar indistintamente servidores de estatais e de órgãos ou autarquias públicas”, explicou Bala Rocha.

    Tramitação

    O projeto será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de ser votado pelo Plenário.

    Íntegra da proposta: PL-7546/2010

    Fonte: Câmara
    https://www.zenite.com.br/noticias/projeto-anistia-empregados-de-estatais-que-aderiram-a-pdv-nos-anos-90

  • A luta dos PDVistas

    Os PDVistas foram vítimas do projeto neoliberal, introduzido no Brasil pelo Governo Fernando Collor de Mello (1990/1992), que deu início à redução do poder do Estado, com demissões arbitrárias de servidores públicos e o sucateamento dos órgãos federais para facilitar as criminosas privatizações exigidas pelo Fundo Monetário Internacional – FMI.

    O projeto neoliberal teve continuidade no Governo Fernando Henrique Cardoso – FHC (1993/2002), através dos programas diabólicos e maquiavélicos de Demissão Voluntária ou Incentivada (PDV/PDI). Por não poder dar continuidade às demissões arbitrárias iniciadas pelo Governo Collor, em decorrência do impeachment, o Governo FHC, agindo de maneira desumana utilizou como um subterfúgio o PDV e o PDI para obter o mesmo resultado, a redução do Estado.

    Para forçar os trabalhadores a aderir ao PDV/PDI, foi usada a tática de assédio moral, como pressão psicológica, e apresentadas falsas promessas de vantagens financeiras e de melhorias do padrão de vida social, através de treinamento/capacitação dos PDVistas e da liberação de linhas de créditos para que estes ingressassem na vida empresarial. Com isso, milhares de profissionais qualificados e competentes nas suas atribuições no serviço público foram iludidos e prejudicados, e os órgãos públicos sucateados para facilitar as desastrosas privatizações.

    Os PDVs/PDIs foram implementados pelas Medidas Provisórias nº 1.527, de 12/11/1996, nº 1.530, de 21/11/1996, e pela Lei nº 9.468/97, de 10/07/1997. Mas o Governo não cumpriu os compromissos e promessas assumidos, e ao final pagou uma irrisória indenização pelos anos trabalhados, praticando a quebra de contrato por não cumprir as cláusulas do mesmo, especialmente:

    1- Liberação de linha de financiamento de até R$ 30.000,00 no Banco do Brasil;

    2- Treinamentos através de órgãos públicos para inserção no mercado de trabalho sob a coordenação do Ministério do Planejamento e da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Expediente semelhante seria oferecido em convênio com o Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).

    O Governo ainda publicou cartilhas que ajudaram a disseminar as mentiras anunciadas pelo Governo e a reforçar as ameaças de que quem não aceitasse aderir ao PDV/PDI acabaria demitido de qualquer maneira. Essas promessas nunca cumpridas e oferecidas como principal incentivo a quem se dispusesse a deixar o emprego público, provocou uma série de problemas financeiros e sociais a quem foi induzido a aderir aos programas.

    A maioria dos trabalhadores confiou nessas promessas e abriu negócios próprios que sucumbiram em virtude do descumprimento dos compromissos de qualificar/treinar e de conceder empréstimos aos PDVistas. O Governo usou a metodologia do convencimento, através de meios escusos, recheados de mentiras, exclusivamente para enganar a boa fé dos servidores públicos, com vantagens determinadas por diplomas legais previstos e contidas nos artigos 13 a 29 da MP nº 2.174, de 24/08/2001, cujos efeitos retroagem a 1996, e que até hoje não foram cumpridas.

    Estima-se que muitos dos 15.629 servidores (dados da Nota Técnica 44/2001 – DASIS/SRH) que foram levados a aderir ao PDV faleceram, restando em sua maioria desempregados vivendo às margens da sociedade com a perda de planos de saúde e o vínculo com a Previdência Social. Os mais frágeis psicologicamente se suicidaram ou enveredaram para o alcoolismo, as drogas e a marginalidade.

    O Governo vem relutando em não querer reintegrar os PDVistas, alegando incompatibilidade financeira. Porém, estão previstos recursos no Orçamento da União de 2013 para a contratação de 65.000 servidores, para a substituição dos terceirizados e para a complementação do quadro de pessoal necessário ao bom funcionamento da máquina pública.

    Por que não aproveitar e preencher menos de um terço (1/3) dessas vagas com os PDVistas? Visto que estes já são qualificados e, sem dúvida, farão tudo o que for possível para desempenhar com precisão as suas funções em benefício de um serviço público de qualidade.

    Vale ressaltar que a readmissão dos PDVISTAS é sem custos indenizatórios e a devolução ao erário dos valores recebidos nas demissões, portanto, sem impacto substancial no orçamento conforme é citado nos Projetos de Lei nº 4.293/2008 (estatutários) e nº 7.546/2010 (celetistas), que estão tramitando na Comissão de Finanças e Tributação – CFT, da Câmara dos Deputados.

    A anistia e a reintegração dos PDVISTAS sanarão uma enorme injustiça social com os milhares de trabalhadores que aderiram ao PDV, não por vontade própria e sim por indução e assédio moral, conforme foi atestado em entrevista com a Dra. Maria Cristina Peduzzi, ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST), com o agravante da quebra do acordo por parte do Governo. Conforme dito em audiência pública pelo procurador do Trabalho e coordenador da CONAP – Coordenadoria Nacional de Combate às Irregularidades Trabalhistas na Administração Pública, Dr. Alpiniano do Prado Lopes, a aprovação dos PLs vai corrigir uma injustiça porque realmente os servidores foram enganados e o retorno deles não é um trem da alegria, uma vez que todos os PDVISTAS são servidores concursados.

    É inadmissível que um País democrático, cujo Governo prega a igualdade de direitos fundamentais, combatendo a fome e a miséria, vire às costas para milhares de ex-servidores que doaram mais da metade de suas vidas ao serviço público e hoje se encontram desempregados. Por fim, vale lembrar que o TST vem acatando os processos trabalhistas de pedidos de reintegração de PDVISTAS com a justificativa de que no momento da adesão ao PDV não se encontravam no seu estado psíquico normal, como foi o caso do servidor dos Correios, MANOEL OSDEMI DA SILVA, Processo nº 216800-61.1998 e 5.07.0005.

    Por isso, o 15º Congresso do Sindsep-DF apoia a luta dos PDVistas e vai buscar os meios para sensibilizar a presidenta Dilma Rousseff a orientar a sua base parlamentar a aprovar os PLs 4.293/2008 e 7.546/2010, corrigindo assim uma grande injustiça social praticada sobre milhares de famílias PDVISTAS.

    Plenária Final do 15º Congresso do Sindsep-DF
    8/12/12

    • Verdade meu pai faleceu sem nada e hoje minha mãe está doente passando dificuldades, meu pai ja trabalhava a 35 anos e foi praticamente obrigado , sem condiçoes pois estava com cancer na época, não tivemos nenhuma orientação. E muita indgnação e tristeza.

  • A REALIDADE SOBRE O PDV
    José Cláudio Cardoso de Oliveira
    Pedevista/FUNASA-CE

    O PDV – Programa de Demissão Voluntária, instituído pelo Governo Fernando Henrique Cardoso, foi na verdade uma extensão do projeto de demissões arbitrarias do Governo Fernando Collor de Melo. Por falta de argumento punitivo, o governo não tinha mais como demitir trabalhadores do serviço público, então resolveu implantar o famigerado PDV, fazendo promessas falsas e ilusórias, ludibriando a boa fé dos milhares de trabalhadores públicos federais, objetivando assim afastar um maior número possível de profissionais qualificados e experientes de órgãos públicos que estavam na mira da extinção e/ou privatização, com a mentirosa pretensão de pagar a dívida externa brasileira.
    O intuito do Governo de induzir os servidores a erro, está claro na Lei nº. 9.468. de 10 de julho de 1997, assim como nas medidas provisórias que a precederam. Foram instituídos prazos limites para adesão ao PDV, com a redução de 25% para 5%, do bônus acrescido na indenização, para quem não solicita-se o desligamento dentro do prazo legal de 15 dias, como também de 28 dias para um prazo final de adesão. Do ponto de vista administrativo, é injustificável a fixação de prazo de apenas vinte e oito dias para adesão ao PDV e, muito menos, para o substancial incremento do valor da indenização aos que aderissem rapidamente. Além da coação e pressão da Lei que institui o PDV, a maioria dos pedevistas foram obrigados a pedir demissão, devido as pressões das chefias imediatas e dos boatos de maiores prejuízos para quem não aderisse de imediato ao programa.
    O governo investiu massivamente no PDV, com o objetivo de esvaziar diversos órgãos, sucateando e os tornando inoperantes e sem condições de um bom atendimento a população, facilitando assim a famigerada extinção e/ou privatização.
    Infelizmente, além de desmantelar diversos órgãos federais, o PDV levou milhares de famílias a miséria total, com situações de desemprego, alcoolismo, divórcios e prática de suicídio pelos mais fracos, que não suportaram a situação gerada por um plano criminoso do governo neoliberal de FHC.
    É injusto falar que os pedevistas são totalmente culpados pela atual situação em que se encontram, por terem aceito de sã consciência entrar nesta roubada. Errar é humano! Todos nós estamos passivos de enganos, por isso merecemos todo respeito e apoio dos companheiros que estão na ativa, dos aposentados, bem como do nosso sindicato de base, o SINTSEF-CE, que sempre pregou a autonomia de luta para apoio de todos os trabalhadores brasileiros, independente de sua origem classista ou funcional, não importando se estejam ou não trabalhando e com vínculo aos órgãos públicos federais. O que importa é a luta pela nossa anistia a exemplo dos demitidos do governo Collor de Melo.

    Fonte: http://mopef-ce.zip.net/

  • Senhores,
    Boas novas !

    04/12/13 PRL 3 CFT => PL 4293/2008 – Parecer do relator, Dep. Lucio Vieira Lima, pela compatibilidade e adequação financeira e orçamentária do PL nº 4.293/08 e dos PL’s nºs 4.499/08, 5.149/09 e 5.447/09, apensados, com emendas, e do Substitutivo da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, com subemenda.
    Saudações,

  • Desejo voltar aos quadros do BB, como funcionário perseguido e despedido injustamente no PDV de jul/1995, para que possa readquirir os direitos a salário, plano de saúde e aposentadoria.

  • Demissionários acusam FHC de não cumprir acordo

    Um grupo de ex-servidores públicos de vários estados foi recebido há pouco pelo presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), para tratar de um assunto que remete ao governo Fernando Henrique Cardoso. Em pauta, o Programa de Desligamento Voluntário (PDV) dos servidores civis do Poder Executivo Federal, elaborado na era FHC pelo extinto Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado. Os servidores que estiveram com Garibaldi reclamam que, anos depois de milhares de adesões ao programa, muitas das compensações pelas demissões voluntárias não foram cumpridas.
    “Nos prometeram um curso no Sebrae [Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas], apoio para abertura de micro e pequenas empresas e um financiamento de R$ 30 mil”, declarou o representante do Amapá, o servidor demissionário Maurício Del Castilho Raiol. “Até hoje estamos esperando financiamento.”
    Segundo Raiol, bancos federais como Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil seriam os responsáveis pelo financiamento aos servidores que aderissem ao programa do governo. Contudo, o ex-servidor revelou que, ao serem procurados pelos demissionários, dirigentes de tais instituições disseram não saber do que se tratava a reivindicação, uma vez que essa se referia a governos anteriores. “FHC prometeu e não cumpriu”, bradou Raiol.
    Legitimidade
    Garibaldi Alves falou ao Congresso em Foco sobre a reivindicação dos servidores que aderiram ao programa e se sentiram lesados. “[A reivindicação] é legítima, eles estão defendendo um direito que eles acham que têm, em face da demissão deles”, ponderou o presidente do Senado.
    Para Garibaldi, embora seja indiscutível a legitimidade do pleito, os ex-servidores poderão ter problemas para alcançar os objetivos. “O que acontece é que, tendo sido uma demissão voluntária, que eles próprios fizeram, o governo não pode fazer nada”, opinou o senador. “Eles [os demissionários] estão sustentando que o governo não cumpriu a promessa.”
    O senador evitou a polêmica sobre suposta quebra de promessa por parte do governo FHC. “Isso [se houve descumprimento] eu não sei. Só o presidente e o Executivo é que podem resolver essa situação. É privativo do presidente tratar de problemas desse teor”, esquivou-se Garibaldi, para quem fica difícil resgatar o papel do ex-presidente em torno da questão. “O governo Fernando Henrique Cardoso tomou a iniciativa, mas não tem como chamar o [ex] presidente à lide, usando agora uma expressão de advogado”, concluiu.
    “Opção difícil”
    O grupo que visitou a presidência do Senado levou a Garibaldi Alves uma cópia do PDV, subscrita pelo então ministro da Administração Federal e Reforma do Estado, Luiz Carlos Bresser Pereira. Na apresentação do programa ao servidor, o texto introdutório diz que “o Governo Federal vem promovendo mudanças que atingem, na essência, o papel do Estado como administrador”.
    Para justificar o programa de demissão (termo que é trocado no texto pelo eufemismo “desligamento”), o documento explica que “essa proposta em nada se assemelha a uma mera ação destinada a livrar o serviço público de alguns servidores. Antes, é uma opção difícil, que se impõe pela necessidade de dar ao Estado uma estrutura ágil, eficiente e que produza os resultados desejados pelo contribuinte”. Ainda segundo o texto, o programa seria uma “oportunidade oferecida a cerca de 320.000 dos 546.000 servidores civis do Poder Executivo Federal”, e que a adesão é “ato de livre vontade do servidor”.
    No documento, que apresenta um modelo do formulário para adesão ao programa (Pedido de Adesão) e, ao final, um questionário de esclarecimentos sobre a iniciativa, os ex-servidores sublinham como “falsos” trechos como “apoio para retomada da vida profissional” e “você tem a chance de escolher” – este, posto como lema abaixo do título da pequena cartilha distribuída pelo Ministério da Administração Federal.
    A reportagem tentou falar com a assessoria de imprensa de Fernando Henrique Cardoso, mas não obteve retorno. O ex-ministro Luiz Carlos Bresser Pereira também não foi localizado para comentar o assunto.
    Fábio Góis

  • GENTE, GOSTARIA DE INFORMAÇÕES DO PESSOAL DO SINDSEP-DF, SOBRE COMISSÃO DA PROPRIA BRASILIA AGINDO SOBRE PDVISTA ESTATUTARIOS E CELETISTAS, POIS CUSTA MUITO CARO IDAS E VINDAS DE OUTROS ESTADOS. OS DEPUTADOS NAO TEM SENSIBILIDADE- O LUCIO VIEIRA NAO ASSINA A RELATORIA QUE JA ESTA PRONTA, CONFORME A SECRETARIA…SEI NAO… E ASSIM SE PASSOU 2013.
    E OS PDVISTAS SE ORGANIZANDO PARA 2014,2015,2016….E HAJA ELEIÇÕES….

  • Projetos de Leis sobre Anistia, em tramitação no Congresso:
    PL – 4293/2008 ( PDVistas Estatutários)
    Concede anistia aos ex-servidores da Administração Pública federal direta, autárquica e fundacional, exonerados em virtude de adesão, a partir de 21 de novembro de 1996, a programas de desligamento voluntário. Esta na comissão de Finanças e Tributação, relator Dep. Lucio Vieira – PMDB/BA

    PL – 7546/2010 (PDVistas Celetistas)
    Concede anistia aos ex-empregados de Empresas Públicas e Sociedades de Economia Mista, demitidos em virtude de adesão a programas de incentivo ou desligamento voluntário.Esta na comissão de Finanças e Tributação, relator Dep. Lucio Vieira – PMDB/BA

  • quinta-feira, 24 de outubro de 2013
    Pedevistas ! LDO 2014 Aprovada.
    ATENÇÃO !!!!!!
    PL1265/2007 e o PL4786/2012 (Demitidos do Collor) já estão com Parecer na CFT.
    O PL7546/2010, PL4293/2008, PL0512/2007, PL0343/2007 (Pedevistas), sem Parecer, com a desculpa que ainda não foi aprovado a LDO de 2014…Agora dá !

    Administração Pública
    24/10/2013 – 08h30
    Orçamento se reúne nesta manhã para votar relatório final da LDO
    A Comissão Mista de Orçamento se reúne hoje, a partir das 9 horas, para votar o relatório final da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO – PLN 2/13). O relator, deputado Danilo Forte (PMDB-CE), apresentou na última terça-feira (22) uma nova alteração no relatório final apresentado em agosto.Uma das principais alterações em relação às mudanças apresentadas no início do mês foi a criação de uma reserva para parlamentares poderem viabilizar, em 2014, projetos de lei que criam despesas sem indicar a fonte da receita.Essa reserva será de 0,1% da receita corrente líquida, ou R$ 675 milhões, de acordo com o valor estimado para 2014. Pela proposta, ela servirá para compensar aumento de despesa obrigatória de caráter continuado, criada por lei e que deve ser paga por mais de um ano, e desoneração de receita não prevista na proposta orçamentária.
    Pelo menos metade dos recursos, ou R$ 337 milhões, deverão ser destinados a projetos do Executivo. A regra vale apenas para propostas adequadas com o Plano Plurianual e a LDO.
    Esses recursos não entrarão na composição da reserva de contingência do governo, mecanismo para atender despesas não previstas e prováveis não destinadas a um órgão específico. O texto original previa que ficassem fora da reserva de contingência as reservas de receitas próprias da União e vinculadas, e aquelas para atender programação específica.
    Orçamento Impositivo
    A proposta da LDO está em pauta desde 17 de setembro e teve a votação adiada oito vezes. A razão são as divergências entre Câmara e Senado sobre a Proposta de Emenda à Constituição do Orçamento Impositivo (PEC 565/06 – PEC 22/00, no Senado).
    O substitutivo em análise no Plenário do Senado destina 50% das emendas parlamentares de execução obrigatória a ações e serviços públicos de saúde. Já o texto da Câmara não vincula a destinação das emendas individuais.
    O relator retirou do texto da LDO a realização de audiências públicas para informar a população do município sobre quais emendas parlamentares de execução obrigatória estão previstas para serem realizadas. A medida havia sido incluída no relatório por estar na PEC do Orçamento Impositivo, devido a um pedido do PT na votação na comissão especial da Câmara em agosto.

  • Pedevistas lutam pelo retorno ao serviço público
    Escrito por H. Acker
    Sábado, 04 de maio 2013 Em nome dos servidores pedevistas, Jorge Godoy fez uma explanação no X Congresso da ASSIBGE-SN. De acordo com ele o Programa de Demissão Voluntária (PDV) chegou à América Latina na década de 80, como iniciativa do FMI. No Brasil ele chegou com o governo Collor em 90, nas empresas estatais e em 1996, 99 e 2000, com FHC, foi aplicado no serviço público, obedecendo à lógica do Estado Mínimo do projeto neoliberal.
    “Financiaram a mídia com um discurso contra o servidor e a máquina pública”, lembrou Godoy. Cerca de 15 mil servidores foram incluídos no PDV de FHC, enquanto o governo contratou 300 mil terceirizados. Hoje são sete mil pedevistas que restaram em todo o Brasil.
    O movimento nasceu a partir das promessas das cartilhas do então MARE (hoje Ministério do planejamento), que jamais foram cumpridas. Ali se falava em apoio psíquico, linha de crédito e cursos profissionais para quem aderisse ao PDV.
    “Fomos alvo de chacotas no Banco do Brasil, quando procuramos as tais linhas de crédito. No SEBRAE o curso na existia ou não existiam vagas. Diziam que o PDV era um Ato Jurídico perfeito, sem recurso e sem volta. Constituímos o MURP, hoje Fórum Nacional dos Pedevistas e com isso formulamos o PL 4293/08, que está em tramitação na Câmara”, lembrou Godoy.
    “Nós estamos devolvendo o que recebemos para sermos reintegrados ao serviço público. Somos reféns do STF, que barra nossas propostas. Hoje temos uma situação mais favorável de aprovação do PL no Congresso Nacional, porque todos os líderes que adotaram o projeto são do PMDB”, disse o representante dos pedevistas.
    Jorge Godoy fez questão de ressaltar o apoio dado pela ASSIBGE-SN ao movimento dos pedevistas, desde o seu início. “Não acreditem em governo algum, o fundamental é a força do trabalhador. O PDV foi uma fraude, um crime”, concluiu.

  • Em entrevista à TV Petroleira (11 jun. 2013) , Leonardo diz que vê com otimismo reintegração dos pedevistas. Autor de projeto de lei 4293/2008 que concede anistia aos ex-servidores da administração pública federal que, nos anos 90, aderiram ao Programa de Demissão Voluntária (PDV), o deputado federal Leonardo Picciani (PMDB-RJ) foi entrevistado pela TV Petroleira para falar sobre como está o encaminhamento do projeto no Congresso. O parlamentar disse que o novo relator do seu PL na Comissão de Finanças, deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), já sinalizou que dará parecer favorável ao projeto de reintegração dos pedevistas, beneficiando cerca de 15 mil profissionais. Uma vez aprovado na Comissão de Finanças da Câmara, o projeto de lei segue para a Comissão de Constituição e Justiça. Se passar também pela CCJ, será encaminhado diretamente ao Senado. “Essa é a nossa expectativa. Está claro que houve uma quebra de contrato por parte do governo, que não cumpriu integralmente a sua parte no programa de demissão voluntária. Estimulou diversos servidores a deixarem seus empregos, muitos deles concursados, acenando com indenizações, abertura de linhas de crédito, capacitação para que pudessem empreender, e não cumpriu grande parte delas. Portanto, o PDV, no nosso entendimento, é nulo”, explicou o parlamentar. Leonardo observou, ainda, que o Brasil vive um momento de crescimento, em que há falta de mão-de-obra qualificada. “O país não precisa mais reduzir seu quadro administrativo e sim ampliá-lo, para dar mais qualidade ao serviço público. E os pedevistas podem muito bem contribuir com o seu conhecimento, com sua capacitação. A reintegração deles é uma questão de justiça”, frisou o deputado, salientando que uma das queixas do mercado, hoje, é a falta de profissionais qualificados. Quando foi secretário estadual de habitação do Rio, Leonardo se deparou com situação parecida. Cerca de 60 servidores da Companhia Estadual de Habitação, sociedade de economia mista, haviam sido desligados. “Fiz acordo judicial com a Procuradoria do Rio e o Poder Judiciário e mantivemos o pessoal. E o motivo foi claro. Se deligássemos esses trabalhadores, algumas áreas da secretaria ficariam desertas”, contou.
    Segundo o parlamentar, a luta é para que pedevistas estatutários e celetistas sejam reintegrados às suas funções. “Estamos trabalhando nessas duas frentes”, salientou, lembrando que seu PL ficou quase três anos e meio parado na Câmara porque o relator anterior não dava andamento à questão.
    Diretora do Sindicato dos Petroleiros do Rio, Fabíola Mônica Gonçalves, que participou do programa como uma das entrevistadoras, contou que há pedevistas passando por sérias dificuldades. “Muitos foram induzidos a aderir ao PDV e hoje estão no subemprego para sobreviver”, conta. Apresentado por Fátima Lacerda, o programa ainda contou com a participação do ex-servidor da Petrobras Valdemar, integrante da comissão de anistia dos pedevistas.

  • Sou pedevista de 1996 da Aeronáutica do RJ gostaria de receber informações de como está o andamento da PL 4293/08 muito obrigado.

    • ACESSAR site –
      http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=415669
      Andamento
      12/11/2008
      PLENÁRIO ( PLEN )
      Apresentação do Projeto de Lei pelo Deputado Leonardo Picciani (PMDB-RJ). Inteiro teor

      20/11/2008
      Mesa Diretora da Câmara dos Deputados ( MESA )
      Às Comissões de
      Trabalho, de Administração e Serviço Público;
      Finanças e Tributação (Art. 54 RICD) e
      Constituição e Justiça e de Cidadania (Art. 54 RICD) – Art. 24, II
      Proposição Sujeita à Apreciação Conclusiva pelas Comissões – Art. 24 II
      Regime de Tramitação: Ordinária Inteiro teor
      Encaminhamento de Despacho de Distribuição à CCP para publicação.

      26/11/2008
      COORDENAÇÃO DE COMISSÕES PERMANENTES ( CCP )
      Encaminhada à publicação. Publicação Inicial no DCD de 27/11/08 PÁG 53824 COL 02. Inteiro teor

      26/11/2008
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP )
      Recebimento pela CTASP.

      27/11/2008
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP )
      Designado Relator, Dep. Sebastião Bala Rocha (PDT-AP)

      28/11/2008
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP )
      Prazo para Emendas ao Projeto (5 sessões ordinárias a partir de 01/12/2008)

      09/12/2008
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP )
      Encerrado o prazo para emendas ao projeto. Não foram apresentadas emendas.

      22/12/2008
      Mesa Diretora da Câmara dos Deputados ( MESA )
      Apense-se a este o PL-4499/2008. Inteiro teor

      17/03/2009
      PLENÁRIO ( PLEN )
      Apresentação do REQ 4356/2009, pelo Dep. Rômulo Gouveia, que “Requer, nos termos do art. 114, inciso XIV, do RICD, a inclusão na Ordem do Dia do Plenário da Câmara dos Deputados do PL nº 4293, de 2008, que “Concede anistia aos ex-servidores da Administração Pública federal direta, autárquica e fundacional, exonerados em virtude de adesão, a partir de 21 de novembro de 1996, a programas de desligamento voluntário”. Inteiro teor

      01/04/2009
      Mesa Diretora da Câmara dos Deputados ( MESA )
      Despacho aposto ao REQ 4356/09: “Oficie-se. Arquive-se”.

      10/06/2009
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP )
      Apresentação do Parecer do Relator, PRL 1 CTASP, pelo Dep. Sebastião Bala Rocha Inteiro teor
      Parecer do Relator, Dep. Sebastião Bala Rocha (PDT-AP), pela aprovação deste e dos PLs nºs 4.499/08, 5.149/2009, apensados, com substitutivo. Inteiro teor

      16/06/2009
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP )
      Devolvido ao Relator, Dep. Sebastião Bala Rocha (PDT-AP)
      Apresentação do Parecer do Relator, PRL 2 CTASP, pelo Dep. Sebastião Bala Rocha Inteiro teor
      Parecer do Relator, Dep. Sebastião Bala Rocha (PDT-AP), pela aprovação deste e dos PLs nºs 4.499/08, 5.149/09, apensados, com substitutivo. Inteiro teor

      17/06/2009
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP )
      Prazo para Emendas ao Substitutivo (5 sessões ordinárias a partir de 18/06/2009)

      30/06/2009
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP )
      Encerrado o prazo para emendas ao substitutivo. Não foram apresentadas emendas ao substitutivo.

      03/07/2009
      Mesa Diretora da Câmara dos Deputados ( MESA )
      Apense-se a este o PL-5447/2009. Inteiro teor

      07/07/2009
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP )
      Devolvido ao Relator, Dep. Sebastião Bala Rocha (PDT-AP), em razão da apensação do PL 5.447/09.

      08/07/2009
      PLENÁRIO ( PLEN )
      Apresentação do REQ 5156/2009, pela Dep. Andreia Zito, que “requer que o Projeto de Lei nº 5.447, de 2009, seja desapensado do Projeto de Lei nº 4.293, de 2008.” Inteiro teor

      26/08/2009
      Mesa Diretora da Câmara dos Deputados ( MESA )
      Indeferido o REQ 5156/09, conforme despacho do seguinte teor: “INDEFIRO o pedido de desapensação, por considerar que as proposições versam sobre matéria conexa, qual seja, reintegração de ex-empregados da administração pública, estando correta a distribuição por dependência, determinada nos termos do art. 139, inciso I, do Regimento Interno. Oficie-se. Publique-se”. DCD 27 08 09 PAG 44761 COL 01. Inteiro teor

      02/09/2009
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP )
      Apresentação do Parecer do Relator, PRL 3 CTASP, pelo Dep. Sebastião Bala Rocha Inteiro teor
      Parecer do Relator, Dep. Sebastião Bala Rocha (PDT-AP), pela aprovação deste e dos PLs 4.499/08, 5.447/09 e 5.149/09, apensados, com substitutivo. Inteiro teor

      09/09/2009
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP )
      Devolvido ao Relator, Dep. Sebastião Bala Rocha (PDT-AP)

      09/09/2009
      PLENÁRIO ( PLEN )
      Apresentação do Requerimento nº 5477/2009, pelo Deputado Paulo Rattes (PMDB-RJ), que requer que o Projeto de Lei nº 5447, de 2009, e o Projeto de Lei nº 4499 de 2008 e seu apenso 5149 de 2009, sejam desapensados do Projeto de Lei nº 4.293, de 2008. Inteiro teor

      21/09/2009
      Mesa Diretora da Câmara dos Deputados ( MESA )
      Indeferido o Req 5477/09 conforme o seguinte teor de despacho: “Indefiro, tendo em vista que a apensação obedeceu ao disposto no art. 139, I, c/c art. 142, parágrafo único, do RICD. Oficie-se e, após, publique-se. DCD 22 09 09 PAG 51588 COL 01. Inteiro teor

      28/10/2009
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP )
      Apresentação do Parecer do Relator, PRL 4 CTASP, pelo Dep. Sebastião Bala Rocha Inteiro teor
      Parecer do Relator, Dep. Sebastião Bala Rocha (PDT-AP), pela aprovação deste, com substitutivo, e dos PLs nºs 4.499/08, 5.447/09 e 5.149/09, apensados, nos termos do anteprojeto de lei que apresenta, se deferido requerimento de sua tramitação autônoma. Inteiro teor

      09/12/2009
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP ) – 10:00 Reunião Deliberativa Ordinária
      Retirado de pauta a requerimento do Deputado Milton Monti.

      19/05/2010
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP ) – 09:30 Reunião Deliberativa Ordinária
      Vista conjunta aos Deputados Luciano Castro e Luiz Carlos Busato.

      25/05/2010
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP )
      Prazo de Vista Encerrado

      16/06/2010
      Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público ( CTASP ) – 10:30 Reunião Deliberativa Ordinária
      Aprovado unanimemente o parecer do relator

      24/06/2010
      Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
      Recebimento pela CFT, com as proposições PL-4499/2008, PL-5149/2009, PL-5447/2009 apensadas.

      24/06/2010
      COORDENAÇÃO DE COMISSÕES PERMANENTES ( CCP )
      Parecer recebido para publicação.

      29/06/2010
      COORDENAÇÃO DE COMISSÕES PERMANENTES ( CCP )
      Encaminhada à publicação. Parecer da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público publicado no DCD de 30/06/10, PÁG 30930 COL 01, Letra A. Inteiro teor

      30/06/2010
      Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
      Designado Relator, Dep. Arnaldo Madeira (PSDB-SP)

      01/07/2010
      Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
      Prazo para Emendas ao Projeto (5 sessões ordinárias a partir de 02/07/2010)

      14/07/2010
      Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
      Encerrado o prazo para emendas ao projeto. Não foram apresentadas emendas.

      03/08/2010
      COORDENAÇÃO DE COMISSÕES PERMANENTES ( CCP )
      À CFT o Cópia do Ofício 001/2010, de 05/07/2010, do Sr. Francisco de Assis Valério, que solicita a aprovação urgente do PL 4.293/08

      16/12/2010
      Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
      Apresentação do Parecer do Relator n. 1 CFT, pelo Deputado Arnaldo Madeira (PSDB-SP). Inteiro teor
      Parecer do relator, Dep. Arnaldo Madeira, pela incompatibilidade e inadequação financeira e orçamentária do PL nº 4.293/08, e dos PL’S nºs 4.499/08, 5.149/09 e 5.447/09 apensados, e do Substitutivo da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público. Inteiro teor

      31/01/2011
      Mesa Diretora da Câmara dos Deputados ( MESA )
      Arquivado nos termos do Artigo 105 do Regimento Interno da Câmara dos Deputados. Publicação no DCD do dia 01/02/2011 – Suplemento ao nº 14. Inteiro teor

      09/02/2011
      Mesa Diretora da Câmara dos Deputados ( MESA )
      Apresentação do REQ 289/2011, pelo Dep. Leonardo Picciani, que solicita o desarquivamento de proposição. Inteiro teor

      10/02/2011
      Mesa Diretora da Câmara dos Deputados ( MESA )
      Desarquivado nos termos do Artigo 105 do RICD, em conformidade com o despacho exarado no REQ-4/2011 => PL-343/2007.
      DCD de 11/02/11 PÁG 5680 COL 01. Inteiro teor

      17/02/2011
      Mesa Diretora da Câmara dos Deputados ( MESA )
      Devido a desarquivamento desta proposição em requerimento anterior, foi declarada prejudicada a solicitação de desarquivamento constante do REQ-289/2011. Inteiro teor

      23/03/2011
      Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
      Designado Relator, Dep. Andre Vargas (PT-PR)

      24/03/2011
      Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
      Reabertura do Prazo para Emendas ao Projeto – Art. 166 do RICD (5 sessões ordinárias a partir de 25/03/2011)

      12/04/2011
      Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
      Encerrado o prazo para emendas ao projeto. Não foram apresentadas emendas.

      05/10/2011
      Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
      Apresentação do Parecer do Relator n. 2 CFT, pelo Deputado Andre Vargas (PT-PR). Inteiro teor
      Parecer do relator, Dep. Andre Vargas, pela incompatibilidade e inadequação financeira e orçamentária do Projeto de Lei nº 4.293/08, dos PL’s nº 4.499/08, 5.149/09 e 5.447/09, apensados, e do Substitutivo da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público. Inteiro teor

      09/03/2012
      Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
      Devolvido ao Relator, Dep. Andre Vargas, para atualização de legislação orçamentária.

      14/05/2012
      Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
      Apresentação do Requerimento n. 118/2012, pelo Deputado Zequinha Marinho (PSC-PA), que: “Solicita a realização de Audiência Pública para debater o Projeto de Lei nº 4293/2008, que concede anistia aos ex-servidores da Administração Pública federal direta, autárquica e fundacional, exonerados em virtude de adesão, a partir de 21 de novembro de 1996, a programas de desligamento voluntário”. Inteiro teor

      10/04/2013
      Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
      Devolvida sem Manifestação.

      19/04/2013
      Comissão de Finanças e Tributação ( CFT )
      Designado Relator, Dep. Lucio Vieira Lima (PMDB-BA)

      06/05/2013
      COORDENAÇÃO DE COMISSÕES PERMANENTES ( CCP )
      À CFT cópia do Ofício s/n da Comissão “Pro Tempore” do I Forum Nacional dos Pedevistas com considerações a respeito deste.

  • A Mobilização
    O MURP – Movimento Nacional Unificado pela Readmissão/Reintegração dos “Pedevistas” –
    é formado pelos servidores públicos federais que caíram no “conto do vigário”, quando foram
    forçados a aderirem ao Plano de Demissão Voluntária de 1996 a 2000. Era época do proteto- rado do FMI no Brasil capitaneado pelo verme apátrida, Fernando Henrique & Cia. Há oito anos lutam para mostrar que as condições (e as promessas) previstas pelo governo federal não foram cumpridas em sua quase totalidade. São mais de 10 categorias (estatutários e celetistas) em mais de 14 estados. Mais ou menos 25.000 servidores que foram jogados na miséria pelo descumprimento, unilateral, do acordo. A verdade é que de “voluntário” a coisa toda não teve nada. Com o intuito de verdadeiramente desconstruir o Estado brasileiro, visando permitir o processo de inserção forçada da economia brasileira aos mercados mundiais, FHC começou pela parte mais importante: os servidores públicos. Desde o governo Collor, a grande imprensa e os formadores de opinião amestrados fizeram uma intensa e rica campanha contra a
    categoria. Havia a necessidade de passar para opinião pública a visão canalha de que todo funcionário público era “marajá”. Funcionários públicos que têm compromissos republicanos sedimentados, que passaram em concursos públicos por mérito e que estão submetidos a regras rígidas de condutas, tinham que ser substituídos por pessoas mal preparadas e sem estabilidade. Era o início do processo de terceirização que trouxe tantos prejuízos ao serviço público.
    por Said Dib
    historiador e cientista político

  • Seguem alguns contatos, de Movimentos que lutam pelos pedevistas, acessem e se informem:
    1.MURP-PA MOVIMENTO UNIFICADO DE REINTEGRAÇÃO DOS PEDEVISTAS DO ESTADO DO PARÁ – http://pedevistapa.blogspot.com.br/
    2.MOPEF-CE/MOVIMENTO DOS PEDEVISTAS FEDERAIS DO CEARÁ – http://mopef-ce.zip.net/
    3. MURP- MOVIMENTO NACIONAL UNIFICADO PELA READMISSÃO/REINTEGRAÇÃO DOS PEDEVISTAS – funciona no Rio de Janeiro junto com Sindsprev/RJ ( http://www.sindsprevrj.org.br/jornal/default.asp )
    – Sede Nacional: MURP
    Rua Joaquim Silva, 98/A
    Centro – Rio de Janeiro – RJ
    Cep: 20.241-110
    Telefones: Sede : (21) 3478-8243-RJ / Godoy: (21) 9326-0900-RJ e (61) 9280-2173-DF / Aloísio
    (61) 3264-0178-DF e (61) 9555-6015-DF

  • Solicito à todos Pedevistas que por favor, entrem no site Vote Web ( http://www.votenaweb.com.br/projetos/plc-4293-2008 ) , se cadastrem (caso não queiram usar seu e-mail, criem um apenas para acessar este site e votar), pesquisem apenas pelo número da nossa PL : ”4293”, e votem ”SIM”, pois o gráfico atual mostra que em 99 votos (apenas, pois somos mais de 15.000 pedevistas), têm 37 votos SIM (apenas) e 62 votos NÃO. Isso é uma coisa que todos podemos fazer. Vamos virar este placar, VOTEM!!!

  • gostaria de saber se nos que entramos no PDV do governo do estado de pernambuco em 1997, também poderíamos ser beneficiados com este movimento, uma vez que também utilizaram da mesma promessa pra nos iludir e nos enganar,, aguardo resposta, grato.

  • AO RESPONDER À PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO DA JUSTIÇA NO BRASIL, É IMPERIOSO TORNAR PÚBLICO O FATO QUE SE SEGUE; PORQUE DEUS SABE QUE ENQUANTO HOUVER INJUSTIÇA ENTRE OS HOMENS, NÃO HAVERÁ PAZ NA TERRA:
    Saiba todo o Povo Desperto que as principais Autoridades que se assenhorearam do poder da justiça, como titulares do STF e do CNJ; já têm conhecimento e se mantém indiferentes ante a consumação de mais uma injustiça: Depois de ter sido julgado favoravelmente em última Instância, pela 3ª. Região do STF; o Processo no. 88026001-2 de 1988, foi sumariamente sepultado vivo pela 14ª. vara da justiça federal em São Paulo/SP, por falta de IRRESIGNAÇÃO; constituindo-se em prova formal e inconteste de um vergonhoso calote judicial, perpetrado por pura maldade contra um jornaleiro-Pai de família, sacrificando particularmente órfãos e viúva que dependerão da respectiva aposentadoria para sobrevivência; corroborando o injusto e desumano estado de direito que tem imperado nessa babilônia brasileira.
    (GL.4.30) – Contudo, que diz a Escritura? (SL.68.5) – Pai dos órfãos e juiz das viúvas é Deus em sua santa morada; (PV.21.23) – porque o Senhor defenderá a causa deles e tirará a vida aos que os despojam:(SL.33.14) Do lugar da sua morada, observa todos os moradores da terra: (1CR.16.14) – Ele é o Senhor nosso Deus; (RM.2.6) – que retribuirá a cada um segundo o seu procedimento: (DT.27.19) – Maldito é aquele que perverter o direito do estrangeiro, do órfão e da viúva: (EC.34.26) – Quem tira a um Homem o pão que ele ganhou com o seu amor, é como o que mata seu o próximo: (HB.10-30) – Ora, nós conhecemos Aquele que disse: A mim pertence a vingança, eu retribuirei; (LS.1.15) – porque a justiça é perpetua e imortal: (JB.15.25) – Isto, porém, é para que se cumpra a palavra escrita na sua lei; (JR.4.27) – pois assim diz o Senhor: (ML.3.5) – Chegar-me-ei a vós outros para juízo; serei testemunha veloz contra os feiticeiros, contra os adúlteros. contra os que juram falsamente, e contra os que defraudam o salário do jornaleiro, e oprimem a viúva e o órfão, e torcem o direito do estrangeiro e não me temem, diz o Senhor dos Exércitos: (PV.28.20) –O Homem fiel será acumulado de bênçãos, mas o que se apressa a enriquecer não passará sem castigo: (JR.16.21) – Portanto, eis que lhes farei conhecer, desta vez lhes farei conhecer a minha força e o meu poder; e saberão que o meu nome é Senhor Arnaldo Ribeiro; (FL.2.6) – pois ele, subsistindo na forma de Deus, não julgou como usurpação ser igual a Deus; (LS.2.23) – porquanto Deus criou o Homem inexterminável, e o fez à imagem da sua semelhança: (JÓ.16.19) – Agora já sabei que a minha testemunha está no céu; e, nas alturas quem advoga a minha causa.

  • Convidamos a todos os Servidores que aderiram ao PDV para uma manifestação na Esplanada dos Ministérios, no dia 8 de julho/2013, a fim de pressionarmos os Políticos e a Presidente Dilma. Acreditamos que somente através das manifestações populares poderemos alcançar nosso objetivo.

  • Sou ex-servidor do Ministério da Saúde, e aderi ao PDV em 1999, seduzido pelas promessas do governo. Foi a minha grande decepção, nada cumpriram do prometido, e alguns “privilégios” só tomei conhecimento muito tempo depois, pois nada me foi informado na época. Gostaria de ter orientação dos companheiros de como proceder para mover uma ação de reintegração, documentos necessários, etc. A quem puder me ajudar, agradeço antecipadamente. meu e-mail é [email protected], Belém-PA.

  • Dulci soares, bom dia.
    Vejo que a sua preocupação é tambem minha e de muitos PDVistas.
    Sou PDVista do Correios, década de noventa exatamente de 1997. Vejo que muitos se preocupam com a sua particularidade junto aos PL’s, o que irá lhe beneficial. Não sabem todos que se não houver unanimidade dos PDVistas junto aos Políticos teremos problemas futuros na aprovação. Todos devem trabalhar em prol da aprovação das PL’s do Estatutários e dos Celetistas para que lá na frente depois de aprovado cada uma com seu Escritório de Advocacia, faça o que lhe convier.
    Abraços
    Carlos C. de Carvalho

  • meu esposo e pdvista motorista da receita federal depois do pdv comemos o pao que o diabo amassou pois ele entrou em depressao passou 2 anos sem conseguir emprego teve de mudar de profissao virou eletrecista caiu de um poste de 14mts de altura teve lesao na coluna adquiriu 2 hernie de disco e por ultimo teve um avc transitorio que levou a aposentadoria por invalides aos 52anos hoje nao temos casa propria pago aluguel essa e a rica heranca que o sr F.H.Cdeichou pra minha familha e pra mim com seu brilhante programa de demissao vol espero que a justica seja feita e pesso a deus que ilumine a nossa presidenta e nao dasanime os nossos PDVISTAS. que lutam em brasilia por nos..

  • Sou pedevista do ano 1999, do MCT hoje MCTI. Estou trabalhando na iniciativa privada ganhando cerca 1/3 de salário da minha função”comendo o pão que o diabo (FHC) amassou”. Estou acompanhado a luta de todos o companheiros. No meu ponto de vista o momento é agora pois, o PL nasceu com o deputado Leonardo Picciani(PMDB-RJ). Despois de denúncias de corrupção o mesmo sumiu da mídia, não se fazendo o esforço necessário para aprovação do seu projeto. Como disse, o momento é agora pois, os presidentes da Câmara e Senado Federal são todos do PMDB com maior bancada nas casas e por fim, as eleições de 2014 estão chegando. Vamos a luta cobra-los pois, do PT não devemos esperar muito pois, tem até gente contrária. A luta!

    • Prezado, boa noite.
      Sou pedevista da UFF desde 1996, trabalho como prestadora de serviço na mesma universidade(sou terceirizada). Acompanho vários sites e continuo tentando acreditar que a nossa justiça Não é cega. Quero acreditar a nossa luta não é em vão. Desde 2004 participo de reuniões aqui no Rio. Vc já se cadastrou no MOPEF?
      Att
      Marister

  • Sou Pdvista do Estado de Roraima, e estou confiante em nossa vitoria,ainda que tardia,quando muitos de nós já se foram esperando pelo retorno.Mas: como diz o ditado:Enquanto há voda,há esperança.~Vamos cpnfiar e valorizar nossos representantes em Brasilia.

  • gostaria de saber de uma relação , com os nomes dos pedevista do ceara – ce onde consta o meu nome .

  • É uma informação: Sou ex funcionário da br distribuidora e aderi ao pidv em setembro de 2000, tenho direito ao retorno?
    agradeço e espero resposta.

  • Sou pedevista(1996), hoje tenho 54 anos e sinto que infelizmente o governo no qual eu votei me usou, Entretanto fomos enganados, recebemos os cálculos errados. O governo nao cumpriu sua palavra quanto aos benefícos que nos prometeu. Creio em Deus que ele fará justiça através deste deputado que se dispõe a nos ajudar. hoje sou uma mãe de família desempregada. Nos ajudem.

  • tambem gostaria de saber como se encontra o andamento noticias novas a nosso respeito aqui em joao pessoa estamos todos torcendo e pedindo a Deus forças para continuarmos lutando agradecemos a todos deputados e senadores e as comissoes que nos estao dando apoio para voltarmos em breve para nosso trabalho e o que sabemos fazer agradecemos tambem aos nossos colegas do rio de janeiro a todos principalmednte a godoi e todos que sempre lutaram incansavelment e os nossos colegas do ceara tb

  • amigos, estou com esperança em Deus que sera este ano -2013, o nosso retorno. Vamos todss confiar e lutar.

  • Interessado: CASA CIVIL DA PRESIDENCIA DA REPUBLICA
    Número do Protocolo: 03000.000485/2011-91
    Assunto: ENCAMINHA CORRESPONDENCIA DA COORDENACAO DA BAIXADA RJU, QUE ENVIA DOSSIE SOBRE O PROGRAMA DE DEMISSAO VOLUNTARIA. OFICIO 1285/GAB-C.CIVIL/PR, DE 09/05/2012, P/ASTEC/MP, RESTITUINDO O DOCUMENTO PARA PROVIDENCIAR RESPOSTA AO INTERESSADO.
    HISTÓRICO DA TRAMITAÇÃO
    Data: 13/12/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: CHEFIA DE GABINETE DA SECRETARIA DE RELAÇÕES DE TRABALHO NO SERVIÇO PÚBLICO – CGABIN/SRT
    Data: 12/12/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: COORDENAÇÃO ADMINISTRATIVA E SUPORTE TÉCNICO – COAST/GAB/SRT

    • Fui funcionário da CODEPLAN(Companhia do desenvolvimento do planalto central) empresa ligada ão GDF(Governo do distrito federal), Gostaria de saber se há condições do meu retorno a empresa, Pois hoje não ganho nem 2 salários mínimos desde já agradeço…

  • a deri o pdv a qui no piaui; era funcionario estadual, a anistia vale tambem pramim, se alguem tiver esta resposta por favor diga-me a verdade.

  • Meu nome é cabral moro em natal-rn sou pdevista do inss desde de 1999 e tambem estou acompanhando essa luta torçendo muito pelo nosso retorno sei que isso é só uma questão de tempo. Depois que houve a audiência do dia 16/10/12 todos se calaram o que houve? qual a nossa posição nisso? quando vai haver nova audiência? se vai ter. por favor peço que me mantenha informado atraves dos meus emails: [email protected]/[email protected]

  • a anistia vale para mim aqui no piaui , sou pdvista de um orgao estadual; quem tiver esta imformaçao por favor responda-me

  • TEM TODA RAZÃO COMPANHEIRO GEORGE. ESSE TEATRO DO MENSALÃO FOI APENAS UM TIRA-GOSTO DO QUE OCORRE NOS BASTIDORES DO PAÍS ONDE O POVO SOFRE, MORRE NOS HOSPITAIS PÚBLICOS,ONDE O SALÁRIO MÍNIMO QUE DIGA-SE DE PASSAGEM A METADE SÓ DE IMPOSTOS , ONDE O POVO É ESCRAVO DE CRIMINOSOS QUE MUITO GANHAM E NÃO VÃO PAGAR PELO QUE FIZERAM.ESPERANÇA É A ÚLTIMA QUE MORRE.

  • Olá colegas PDV, há dias atrás, recebi uma noticia, só hoje resolvi compartilhar, fiquei em dúvida se divulga ou não. Uma autoridade nomomento não estou autorizado a dizer o nome, dissem~me com bastante convicção, e muito tranquilio e transparente e com muito conhecimento. O que informou foi o seguinte: conheço a luta do PDV, sei que é justa e sugiro a vc não desista da luta é díficil, mas vou ser realista, aconselho a todos os enganados e traidos, a voltar a estudar, pois a Presidenta não vai poder reitegra-lo ninguem, mas vc serão indenizados, a autoridade não estava brincando, em breve contarei mais detalhes da estória e vou dizer o nome da pessoa.

  • Tem um processode aposentadoria a qual o INSS recorreu, rolando de um lado para o outro em Brasília desde Janeiro de 2009 e até agora ninguém sabe de nada a respeito deste processo..Quando é para negar a favor do governo é muito fácil é de imediato. Mais quando se fala em alguma coisa a favor do trabalhador a dificuldade é tamnaha. Isto é Brasil………………..

  • Por favor, me fale sobre a pauta da cft de 19/09/2012,req.139/12-audiencia publica do pl 7546/10, a data que foi marcada a audiencia.
    precisamos aqui em Recife desta informação.
    Vamos a luta e a vitoria com Deus a nossa frente.
    rute

  • Parece que isso nunca vai ter fim!! O ano praticamente já terminou, é nada resolvido. Tudo dia reunião, audiência, é nada!!! Sinceramente estou perdendo as esperanças!! Se tiver que ser , tem que ser logo!! Os pedevistas não tem mais dezoito anos, todos com uma certa idade avançada!!Não temos tanto tempo assim!!!!!Misericordia!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Sou celetista e gostaria de saber o que vai adiantar essa audiência pública para nós?
    Já cansei de ir Em Seminários , audiências públicas em Brasília , Rio de Janeiro e nada , de nada! Depois disso o que vai acontecer de bom para nós?
    Não quero mais tapar o sol com a peneira ! Estou cansado dessa ladainha!

  • Pedevistas estatutários recebi ontem em meu e-mail essa resposta de mensagem enviada por mim sobre o processo da Comissão da Baixada ao “fale com a presidenta” e venho participar com vocês minha felicidade:

    Resposta da Presidência
    De:[email protected]
    Prezada Senhora,

    Em resposta a sua mensagem, endereçada à Presidenta Dilma Rousseff, informamos que o assunto foi encaminhado à Secretaria Executiva da Casa Civil/PR para análise e eventuais providências.

    Cordialmente,

    Claudio Soares Rocha

    Diretoria de Documentação Histórica

    Gabinete Pessoal da Presidenta da República

  • Com a aprovação do PLS 68/2007, em 28/06/2012, de autoria do Sen Inácio Arruda, para reitegração dos funcis do Banco do Nordeste do Brasil, ABRIU-SE um precedente jurídico a ser arguido no STF solicitando a aprovação dos outros PLS e PL do mesmo sentido. Estou certo ou não. Fica a pergunta para a qual solicito tresposta dirigida ao meu e-mail. Grato. josé[email protected]

  • Com a aprovação do PLS 68/2007, em 28/06/2012, de autoria do Sen Inácio Arruda, para reitegração dos funcis do Banco do Nordeste do Brasil, ABRIU-SE um precedente jurídico a ser arguido no STF solicitando a aprovação dos outros PLS e PL do mesmo sentido. Estou certo ou não. Fica a pergunta para a qual solicito tresposta dirigida ao meu e-mail. Grato. josé[email protected]

  • Aos pedevista do estado de Mato Grosso entre em contato comigo pois estou querendo fazer uma reuniao para tambem falar com nossos parlamentares e pedir ajuda pois tenho confiança em Deus q voltaremos 65 3623 4896

  • Fui reintegrado em AGOSTO/2008, portanto anistiado, porem agora por motivos superiores já com 63 anos e aposentado, pretendo ser demitido, gostaria de saber se na minha rescisão tenho todos os direitos.

  • Presados colegas pedevistas do BB e de outras Instituições,
    Todos os esforços emanados de todas as associações criadas para reaver os nossos direitos surrupiados pela Previ e BB, são e devam ser tidos como importantes e inteligentes. Nada pode ser despresado e ignorado. Idéia de um, sujestão de outro, em momento oportuno, chegaremos lá. Todas as associações fundadas e criadas por ex-funci, têm bases e fundamentos que sustentam nossos direitos, até então negados por quem tinha o corpo funcional “o seu maior patrimônio”. Acredito e tenho a certeza que vamos conseguir. Para conhecermos mais ainda o foram feitos com nós, funcionários que deram a vida ao BB, sujiro que visitem, também, o site da UPD.NET.BR (União dos Pedevistas e Demitidos do BB), onde á informações, que vêm complementar tudo que conhecemos até agora.

  • O que ocorre neste momento? Não há mais nenhum comentario. Isso significa derrota? Ou, ainda existe esperança?

    O silencio representa medo. Medo de algo ou de alguem. Que pena, mas a luta foi grande….

  • Queridos, embora não sendo “pedevista” disponibilizei este espaço no meu blog para vocês.
    Sei que este espaço está sendo muito útil para vocês, pois percebo que tornou-se um ponto de encontro onde vocês debatem, trocam informações, enfim…
    Como tem muitos comentários, gostaria de saber se preferem continuar debatendo aqui mesmo ou se querem que logo abaixo desse post eu abra uma nova caixa de comentários.
    Saibam que, embora não sendo pedevista, torço muito pro vocês.
    Abraços
    Alcinéa

  • Prezado PDV Paulo, em seu comentário de 18 de junho do corrente ano, em que você afirma que a Presidenta Dilma desconhece a causa PDV, tenho certeza que o colega está equivocado, ela conhece toda a estoria PEDEVISTA, o pessoal da Baixada, conversou com Dilma na Portela RJ, Rejane conversou com LULA e contou toda desgraça que passa os ex servidores, acontece companheiro a Presidente não pode tomar uma atitude da noite para o dia vou reitegrar a galera sem antes de cercar de todos os fatos e base juridica, a Presidente é cercada de muitos auxiliares, peço-lhe a DEUS, que ilumine um desses auxiliares e tome a dores do PDV, posso afirmar o retorno é carimbado.

  • É preciso que a Comissão da Baixada esteja em Brasília p/ lutar para que TODOS SEJAM CONTEMPLADOS. O governo vai querer “enxugar” o máximo possível.Se não arrecadarem o que precisam não adianta pois dinheiro não é capim e sem ele é impossível fazer o que precisam.

  • Alcinéa sugiro que coloque os comentários novos sempre por cima dos antigos pois cada vez que queremos ler ,precisamos ver tudo pois ficam misturados aos antigos até de 2010 tem aqui.Abraços e obrigada pelo espaço.

  • 28/06/2012 – SENADO APROVA REINTEGRAÇÃO DE DEMITIDOS E DEMISSIONÁRIOS DO BNB
    Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprova o PL 68/2007 de autoria do Senador Inácio Arruda/PCdoB/CE, que reintegra ex-servidores do BNB que foram demitidos e ou pediram demissão no período de março 1995 à fevereiro de 2003.
    Fonte: http://www.mopef.com/

  • 28/06/2012 – SENADO APROVA REINTEGRAÇÃO DE DEMITIDOS E DEMISSIONÁRIOS DO BNB
    Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprova o PL 68/2007 de autoria do Senador Inácio Arruda/PCdoB/CE, que reintegra ex-servidores do BNB que foram demitidos e ou pediram demissão no período de março 1995 à fevereiro de 2003.
    Fonte: http://www.mopef.com/

  • Companheiros qualquer cidadão PDV(Estatutários) pode ter acesso ao
    processo: Interessado: CASA CIVIL DA PRESIDENCIA DA REPUBLICA
    Número do Protocolo: 03000.000485/2011-91, bastando apenas acessar
    o site: http://www.acessoainformacao.gov.br/sistema/site/index.html
    basta se cadastrae e fazer sua solicitação do inteiro teor dos pareceres emitidos pelo
    MPOG.
    Abrçs,
    a todos companheiros Pedevistas

  • Deputado sou pdvista dede 2002 da Administração Direta do Distrito federal e gostaria de saber se esse retorno dos pdvista na area federal. Se também vai chegar aqui para nos pdvistas do distrito federal e o que devemos fazer quando chegar aqui para nos que somos aproximadamente 15 mil. Gostaria de receber emails de se gabinete informando meu email é [email protected]

  • Companheiros, alguem pode explicar o que o Grupo da Baixada esta querendo por na nossa cabeça? Alguem tá entendendo alguma coisa? Colocaram uma nota no Blog. dizendo que a Vitoria é nossa e outra mostrando outra nota do Ministerio do Planejamento dizendo que é inconstitucional a anistia aos Pdvistas, Então o que este Grupo esta fazendo em Brasilia? Vencemos ou não?Vamos retornar ou estamos sendo enganados por alguem? Qual é a VERDADE?

    [email protected]

  • É inaceitável como existem seres humanos capazes de se aproveitarem da ingenuidade de pessoas que sofrem com o PDV e que muitas vezes passam até fome . Pessoal não caiam nas lábis de pessoas que querem cobrar para irem “resolver o problema” em Brasília pois somente a Presidenta Dilma pode reverter essa situação.Eles se enganam pensando que vão ludibriar todos. Se esquecem que o BEM sempre vence!!!Vamos orar

  • Eu era agente de Inspeção Industrial e Sanitária do Ministério da Agricultura e Abastecimento. Aderi ao PDV em 1999, dois ou três anos depois o governo Lula autorizou o concurso ara a mesma função, alguém poderia me dar uma explicação?

  • PDV DA VITÓRIA – PDV ESTATUTÁRIO (RJU)
    quinta-feira, 14 de junho de 2012
    VIAGEM A BRASÍLIA
    ATENÇÃO MENINOS E MENINAS.
    ESTAMOS EM BRASÍLIA E PRECISAMOS DA COLABORAÇÃO DE TODOS O MAIS BREVE POSSÍVEL.
    NESSE MOMENTO CRUCIAL DE FINALIZAÇÕES É BOM E PRECISO ACOMPANHAR DE PERTO TUDO QUE ACONTECE. POR ISSO SOLICITAMOS QUE TODOS AJUDEM.
    PEDIMOS A TODOS QUE OREM POR NÓS. ABRAÇOS A TODOS.
    CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
    CELSO RIBEIRO
    AGÊNCIA: 4063
    CONTA POUPANÇA 006861-2 OPERAÇÃO 013 A COORDENAÇÃO DA BAIXADA RJ (RJU)
    CELSO / JORGE / SEBASTIÃO / ROBERTO / RONALDO

  • Militares: 28,86% pagos em 2013
    Interessado: MINISTERIO DA DEFESA
    Número do Protocolo: 03000.004832/2009-30
    Assunto: SUBMETE A APRECIACAO PROJETO DE LEI QUE ESTENDE AOS MILITARES DAS FORCAS ARMADAS O PAGAMENTO DA DIFERENCA PERCENTUAL REFERENTE A VANTAGEM DE 28,86%, OBJETO DE DECISAO DO STF ASSENTADA NO JULGAMENTO DO RECURSO EXTRAORDINARIO Nº 410.778-3/RS.
    HISTÓRICO DA TRAMITAÇÃO
    Data: 01/06/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: SECRETARIA-ADJUNTA DE RELAÇÕES DE TRABALHO NO SERVIÇO PÚBLICO – SART/SRT
    Após se arrastar por dois anos na burocracia, proposta de pagamento da dívida dos 28,86% devida a militares das Forças Armadas tramitou no governo em tempo recorde por duas vezes seguidas no mês passado e já é possível esperar o pagamento para 2013.
    Para quem quer acompanhar o andamento do projeto de pagamento dos 28,86% na Internet o número a ser digitado é bem grande: 03000.004832/2009-30. Basta digitá-lo no site http://cprodweb.planejamento.gov.br/consulta_externa.asp?cmdCommand=Novo.
    Fonte: O Dia

  • Interessado: CASA CIVIL DA PRESIDENCIA DA REPUBLICA
    Número do Protocolo: 03000.000485/2011-91
    Assunto: ENCAMINHA CORRESPONDENCIA DA COORDENACAO DA BAIXADA RJU, QUE ENVIA DOSSIE SOBRE O PROGRAMA DE DEMISSAO VOLUNTARIA. OFICIO 1285/GAB-C.CIVIL/PR, DE 09/05/2012, P/ASTEC/MP, RESTITUINDO O DOCUMENTO PARA PROVIDENCIAR RESPOSTA AO INTERESSADO.
    HISTÓRICO DA TRAMITAÇÃO
    Data: 11/06/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA – SEGEP/MP

  • Prezados colegas PDvistas, alguns “negócios” que podem tirado os recursos do nosso RETORNO: Em agosto de 2009, LULA doou aos bolivianos 332 milhões de DOLARES dos nossos recursos, para a construção de uma rodovia de 306 Km, ligando Cochabamba a San Ignácio de Moxox (alguns a denominaram de Transcocaineira) sonho dos plantadores de coca a mais de 150 anos. Além da quase doação de parte da Petrobrás a EVO MORALES;
    No dia 29/08/2011, em Santa Cruz de La Sierra, com o Ginásio Real de Santa Cruz completamente lotado (é claro), LULA comprometeu-se a desenvolver, com nossos recursos, a Bolívia, Paragaui e Uruguai.
    Pela Medida Provisória Nº 218, LULA doou dos nossos recursos, equipamentos, uma aeronave com iseticidas e emprestou técnicos brasileiros para matar GAFANHOTOS no Senegal;
    LULA tirou também de nossos recursos, sem catástrofe nenhuma, OITO milhões de DÒLARES em alimentos a COREIA DO NORTE. Doou para um país que gasta milhões de dólares em MÍSSEIS de curto e longo alcance.
    LULA doou do nosso dinheiro 10,4 milhões de DOLARES a Guiné-Bissau para Projetos Sociais, Desenvolvimento Econômico e Institucional. Um Pais com conflitos e instabilidade política. Niguem sabe quem manda, o dinheiro sumiu.
    Sem falar na liberação de 160 bilhões de REAIS do nosso dinheiro para livrar os Bancos nacionais da crise mundial em 2008 e quatro Bi para capital de giro das Construtoras. Também da LDO aprovada as pressas em 2009 para o ano seguinte, mas antes LULA cortou vinte ítens das Leis de Diretrizes Orçamentárias para 2010 (é uma incógnita). Os técnicos do TCU ficaram com as calças na mão, metralhados pela Base Aliada que não permitiram que investigassem possíveis irregularidades para o Orçamento de 2010, Olimpiadas, Copa de 2014 e PAC. Tem mais, mas já chega. Obrigado.

  • Amiga ALCINÉA gostaria de saber quem esta nós representando aqui no distrito federal já que em outros estados já estão tendo resultados positivos para volta dos PDVISTA , como no PIAUI, o PDV não foi comprido os termos do contrato, o que se dá quebra de contrato devemos cobrar dos políticos afinal de contas eles estão lá graças a nós eleitores e o que esta fazendo os nossos sindicatos do DISTRITO FEDERAL estão esperando o que somos 25mil aqui no DISTRITO FEDERAL. Muito obreigado!Renato Braz.
    Se tiver algum companheiro que tenha conhecimento de algum PDVISTA que retornou me mande um EMAIL PARA [email protected]

  • Companheiros Pedevistas, vamos manter nossa união e esforço até a vitória final.
    Parabenizo o pessoal da baixada pela descoberta desta via administrativa, assim como aqueles que investiram nos projetos de leis e outros colegas espalhados pelo Brasil todo que organizaram movimentos pedindo nosso retorno. Agora o apoio tem que ser reforçado pelas bases, vamos enviar mensagens para a presidenta ( site) e para o Dep. André Vargas ( facebook). Todo esforço é válido e a vitória será coletiva, vamos continuar na luta.
    Uma dúvida, a audiência pública para discutir o PL4293/2008 merece uma presença maciça? alguém sabe responder?

  • ALCINEÁ Aqui em Brasília nós PDVISTAS não temos ninguém para nós representar já que em outros estados já estão tendo representantes para o retorno dos PDVISTAS,OS SINDICATOS nada estão fazendo a nosso favor já que o contrato não foi cumprido caracteriza quebra de contrato [email protected] Não podemos mais aceitar os descaso conosco os PDVISTAS cade os politicos que nós elegemos para nos representar afinal de contas na hora do voto eles precisam de nós e somos nós que fazemos a difernça.

  • Tenho observado algumas pessoas cantando vitória, dizendo que o processo caminha para um desfecho final, mas esta postura não é um tanto precipitada? Por acaso vocês já sabem se a resposta do governo é positiva? Ou seja, é a nosso favor? Gostaria muito de acreditar num desfecho feliz porque também estou no mesmo barco (sou pedevista estatutário), mas para não criar muita expectativa, o que gera um sofrimento danado, prefiro ser mais precavido. Oro a Deus que dê certo, porém mantenho os pés no chão.

  • Interessado: CASA CIVIL DA PRESIDENCIA DA REPUBLICA
    Número do Protocolo: 03000.000485/2011-91
    Assunto: ENCAMINHA CORRESPONDENCIA DA COORDENACAO DA BAIXADA RJU, QUE ENVIA DOSSIE SOBRE O PROGRAMA DE DEMISSAO VOLUNTARIA. OFICIO 1285/GAB-C.CIVIL/PR, DE 09/05/2012, P/ASTEC/MP, RESTITUINDO O DOCUMENTO PARA PROVIDENCIAR RESPOSTA AO INTERESSADO.
    HISTÓRICO DA TRAMITAÇÃO
    Data: 15/05/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: DEPARTAMENTO DE NORMAS E PROCEDIMENTOS JUDICIAIS – DENOP/SEGEP
    Data: 15/05/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA – SEGEP/MP

  • Fonte:http://www.planejamento.gov.br/secretaria.asp?cat=162&sec=6
    A Secretaria de Gestão Pública (Segep) é resultado da fusão entre a Secretaria de Gestão (Seges) e parte da Secretaria de Recursos Humanos (SRH). Foi criada pelo Decreto nº 7.675, publicado no Diário Oficial da União do dia 23/01/2012, que promoveu a revisão da estrutura regimentar do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.
    Compete à Segep formular políticas e diretrizes para a gestão pública e de pessoal. A Secretaria atua nas áreas de recursos humanos, carreiras, estruturas remuneratórias, cargos em comissão e funções de confiança. Trabalha, também, no âmbito das estruturas organizacionais, ações e projetos estratégicos de inovação e transformação da gestão pública.
    A Segep tem como meta orientar a ação do Estado para resultados no intuito de prestar bons serviços ao cidadão, dar atenção à qualidade do gasto público, melhorar as práticas de gestão, além de promover a eficiência dos serviços públicos federais.

  • Interessado: CASA CIVIL DA PRESIDENCIA DA REPUBLICA
    Número do Protocolo: 03000.000485/2011-91
    Assunto: ENCAMINHA CORRESPONDENCIA DA COORDENACAO DA BAIXADA RJU, QUE ENVIA DOSSIE SOBRE O PROGRAMA DE DEMISSAO VOLUNTARIA. OFICIO 1285/GAB-C.CIVIL/PR, DE 09/05/2012, P/ASTEC/MP, RESTITUINDO O DOCUMENTO PARA PROVIDENCIAR RESPOSTA AO INTERESSADO.

  • FONTE: http://www.planejamento.gov.br/secretarias/upload/Arquivos/noticias/segep/2012/120504_Portaria155_Anistiados.pdf
    GABINETE DA MINISTRA
    PORTARIA Nº 155, DE 3 DE MAIO DE 2012
    A MINISTRA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso de suas atribuições estabelecidas nos arts. 1o e 5o do Decreto no 6.077, de 10 de abril de 2007, e no art. 4o do Decreto no 5.115, de 24 de junho de 2004, bem como considerando as informações constantes dos processos relacionados no Anexo Único desta Portaria e na Nota Técnica nº 05/SRT-MP, de 1º de fevereiro de 2012, e o disposto no Parecer CGU/AGU No 01/2007 – RVJ, aprovado pelo Presidente da República, no Diário Oficial da União de 31 de dezembro de 2007, Seção 1, Página 4, em especial nos seus parágrafos 273, 274, 284 e 301, e no art. 4o-A, inciso IV, do Decreto no 5.115, de 24 de junho de 2004, e do item 5 no Despacho nº 1.499/2009 do Consultor-Geral da União, que indica que “nenhum órgão da administração pública federal tem o poder de rever decisões de mérito da Comissão Especial Interministerial”, resolve:
    Art. 1º Deferir o retorno ao serviço, dos empregados constantes do Anexo Único desta Portaria,oriundos do extinto Ministério do Interior, para compor o quadro do Ministério da Integração Nacional MI.
    Art. 2º Cabe ao MI notificar, no prazo de trinta dias, os empregados para se apresentarem ao serviço, conforme determina o § 1o do art. 4o do Decreto no 6.077, de 10 de abril de 2007.
    Art. 3º Os empregados deverão se apresentar ao MI no prazo de trinta dias, contados da notificação a que se refere o artigo anterior.
    Parágrafo único. A não apresentação do empregado no prazo mencionado no caput implicará
    renúncia ao direito de retornar ao serviço.
    Art. 4º Os efeitos financeiros do retorno ao serviço dar-se-ão a partir do exercício do
    empregado no MI.
    Art. 5º Esta Portaria entra em vigor na data da sua publicação.
    MIRIAM BELCHIOR
    ANEXO ÚNICO
    CPF Nome Processo nº
    461.405.654-72 AFLANIO JOSE DE MEDEIROS 04599.521247/2004-75
    011.879.398-54 ANTONIO CARLOS DE MORAES 04599.521262/2004-13
    178.322.414-20 CARLOS ROBERTO PEREIRA DOS SANTOS 04599.521273/2004-01
    491.009.204-87 JAIR RODRIGUES GOMES 04599.521274/2004-48
    529.266.304-25 JOAO BATISTA FERREIRA DA SILVA 04599.521266/2004-00
    479.900.404-25 JOCELINE LANE FERREIRA GOMES 04599.521278/2004-26
    349.876.734-87 JOSE RODRIGUES DOS SANTOS 04599.521280/2004-03
    531.609.754-87 LUIZ ANTONIO DA SILVA 04599.521267/2004-46
    341.050.264-53 MANOEL ERNESTO DA SILVA FILHO 04599.521245/2004-86
    531.607.894-20 MARIA LUZINETE FERREIRA CAMPOS 04599.521261/2004-79
    234.774.584-00 MARIA SOLANGE SILVA DOS SANTOS 04599.521277/2004-81
    399.013.604-63 MARILENA DA SILVA 04599.521271/2004-12
    525.271.404-59 MARLENE GUEDES DA SILVA MORAIS 04599.521286/2004-72
    488.644.474-15 MARLETE DA SILVA 04599.521285/2004-28
    319.107.344-20 ROZILDA FERNANDES DE MEDEIROS 04599.521268/2004-91
    406.567.134-53 SILVANA MATIAS DA SILVA 04599.521283/2004-39
    582.900.107-10 SILVIO ROBERTO DA SILVA 04599.521282/2004-94
    511.827.264-53 SIMONE MATIAS DA SILVA 04599.521284/2004-83
    319.105.214-34 VALFRAN DE MORAIS 04599.521246/2004-21
    302.292.514-04 VALFREDO DO NASCIMENTO MORAES 04599.521249/2004-64
    484.002.704-87 VIRGILIO FERREIRA GOMES 04599.521269/2004-35

  • QUERIDOS COMPANHEIRO ESTATUTÁRIOS (lEI 9112/90)
    FONTE:http://cprodweb.planejamento.gov.br/consulta_externa.asp?cmdCommand=Buscar&ProcCodProcedencia=1477919&ProtNumProtocolo=3000000485201191
    Interessado: CASA CIVIL DA PRESIDENCIA DA REPUBLICA
    Número do Protocolo: 03000.000485/2011-91
    HISTÓRICO DA TRAMITAÇÃO
    Data: 09/05/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: GABINETE DO MINISTRO – GM/MP
    Data: 09/05/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: ASSESSORIA TÉCNICA E ADMINISTRATIVA – ASTEC/GM
    Data: 09/05/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: GABINETE DO MINISTRO – GM/MP
    Data: 03/05/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: CASA CIVIL DA PRESIDENCIA DA REPUBLICA

  • PESSOAL PEDEVISTAS NUNCA VI UM PROCESSO ANDAR TÃO RÁPIDO COMO O DO MOVIMENTO DA BAIXADA . HOJE ANDOU 3 VEZES E AGORA ESTÁ NO GABINETE DA MINISTRA DA CASA CIVIL.CREIO QUE NÃO DEVE FALTAR MAIS NADA PARA A REUNIÃO E ASSINATURA PARA NOSSO RETORNO.

  • Companheiros pedevistas.
    Após uma reunião realizada em 2011 no Sindsprev de sp, com o Waldemar Moreira, resolvi criar um perfil no Facebook. pedevistas são paulo.
    Mais um canal de comunicação. Entre os “amigos” está o dep. André Vargas, relator do Pl 4293/2008.
    Adicionem e enviem mensagens, vamos pressionar os parlamentares e conseguir algo antes das eleições.
    saudações.
    Eduardo Mello

  • CHEGAMOS Á CASA CIVIL
    Pessoal , primeiro quero dar meus parabéns ao pessoal da baixada pela Luta , e gostaria que dessem uma maior explicação “para os mais leigos” ,sobre os próximos passos, lógico após a reunião na Casa Civil , o que poderá acontecer de fato , pois estamos na expectativa , mas quero saber a quanto estamos para realmente retornarmos ao lugar na qual não deveríamos ter saído nunca . Abraço á todos , e muita fé em Deus

  • PEDEVISTAS HOJE ANDOU NOVAMENTE O PROCESSO DA COMISSÃO DA BAIXADA . PARA QUEM NÃO SABE DIA 30/04/2012 HOUVE 3 ANDAMENTOS (VÉSPERA DE FERIADO PONTO FACULTATIVO) E HOJE TEVE OUTRO ANDAMENTO ESTÁ NO GABINETE DA SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA. ACREDITO QUE AGORA SÓ FALTA A MINISTRA ASSINAR. GLÓRIA AO PAI!!! QUE DEUS SEJA LOUVADO!!!!

  • Lucival Duarte disse: “Dilma não tem nenhum interesse na reintegração dos pedevistas, tanto estatuários quanto celetistas”. Agora que você chegou a esta conclusão? Antes tarde do que nunca! Eu já comecei a estudar para concurso há oito meses. Estou metendo as caras, como se diz popularmente. Não me iludo mais com reintegração. Este papo de que a presidente é a favor de nossa causa é balela. É só enxergar os sinais. Como discípula de Lula deve ter o mesmo pensamento. Lembro-me de uma declaração dele na tv , há cerca de três, onde falava que estava com o juízo perfeito e não ia cometer nenhuma sandice reintegrando os pedevistas. Não perco mais meu tempo mandando e-mail pra presidência e o diabo a quatro. Já fiz no passado e sempre vêm aquelas respostas pré-programadas. As coisas lá só caminham na base da força política. Fora isso é viver na ilusão.

  • Lucival Duarte disse: “Dilma não tem nenhum interesse na reintegração dos pedevistas, tanto estatuários quanto celetistas”. Agora que você chegou a esta conclusão? Antes tarde do que nunca! Eu já comecei a estudar para concurso há oito meses. Estou metendo as caras, como se diz popularmente. Não me iludo mais com reintegração. Este papo de que a presidente é a favor de nossa causa é balela. É só enxergar os sinais. Como discípula de Lula deve ter o mesmo pensamento. Lembro-me de uma declaração dele na tv , há cerca de três, onde falava que estava com o juízo perfeito e não ia cometer nenhuma sandice reintegrando os pedevistas. Não perco mais meu tempo mandando e-mail pra presidência e o diabo a quatro. Já fiz no passado e sempre vêm aquelas respostas pré-programadas. As coisas lá só caminham na base da força política. Fora isso é viver na ilusão.

  • Colegas pedevistas, enviei uma mensagem à Presidenta Dilma Rousseff, é claro que não chega até a pessoa da Presidenta Dilma Rousseff, mesmo assim, enviei a mensagem colocando as condições que me encontro, desempregada, situação financeira péssima e com filho para criar. Tudo por motivo de uma decisão feita através de um Plano de Governo enganoso que foi colocado aos Servidores Públicos Federais. Nada foi cumprido. A mensagem foi encaminhada da Presidência da República para Ouvidoria do Servidor, Secretaria de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Orçamentoe Gestão – MP, onde enviaram a seguinte resposta para meu pedido de ajuda à Presidenta Dilma: “O Servidor que aderiu ao PDV optou após conhecimento da legislação pertinente ao Programa. Assim sendo, não há previsão legal para o pleito a não ser por meio de novo concurso público.
    Pois é, colegas essa é nossa situação até o momento, nada de concreto, apenas confiar em Deus para iluminar o Sr. Relator, Deputado André Vargas, para que dê deferimento ao PL nº 4293/2008, pelo menos isso.

  • Companheiros Pdevistas, tem novidades no MOPEF.COM, como Notícias sobre a decisão favorável do TST (02/04/2012) para reintegração de uma Pdvista da CONAB-PI – Processo : RR-80000-45.2003.5.22.0001 e Andamento do Processo : 03000.000485/2011-91 de autoria dos Pdvistas da Baixada Fluminense e de interesse da casa Civil, para anulação do PDV e reintegração dos Pdvistas Estatutários. No roteiro de Circulação o mesmo se encontro a partir de 11/04/2012 na DIVISÃO DE PROVIMENTOS, VACÂNCIA, LICENÇAS E BENEFÍCIOS DA SEGURIDADE SOCIAL – DIPVS/CGNOR/DENOP/SEGEP.
    Sou ex-servidor do MEC (Brasília), PDV 1996, atualmente resido em João Pessoa.

    Um abraço a todos
    José Nilson

  • Caro companheiros estou na mesma luta que vcs, sou pdvista como vcs. sempre acreditei na luta de RONALDO. e os companheiros da baixada. mais nos ultimos dias tenho me a decepcionar. porq? os ultimos informes era q . quando a nossa presidenta voltace da viagem d CUBA ja resolveria nossa situação. q na verdade não foi feito.Q Só a nossa presidenta daria uma canetada pra resolver. e isto não foi feito até hoje. mais só vimos fotops até hoje, e solicitação de contribuição para estadia. gostaria q o pessoal da baixada desse informaçôes mais precisas. não só para min. mais pra toda uma categoria de PDVISTAS. ESTATUTARIOS. sempre acreditando na vitoria. só q falta mais informações precisas.grande abraço pra todos com muito carinho.

  • COMPANHEIRO EIS A RESPOSTA DA PRESIDÊNCIA
    Resposta da Presidência‏
    Enviada: terça-feira, 10 de abril de 2012 17:56:36
    Para: [email protected]
    Sempre mostrar conteúdo para [email protected]
    Prezado Senhor,
    Em resposta a sua mensagem, endereçada à Presidenta Dilma Rousseff, informamos que o assunto foi encaminhado ao Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão para análise e eventuais providências.
    Caso julgue necessário obter informações sobre o tratamento do assunto, recomendamos-lhe escrever ao setor pertinente.
    Cordialmente,
    Claudio Soares Rocha
    Diretoria de Documentação Histórica
    Gabinete Pessoal da Presidenta da República

  • COMPANHEIROS, PRECISAMOS SABER O CONTÉÚDO DOS DESPACHOS, POIS, O PROCESSO VOLTOU,HOJE, 11/04/2012 PARA DIVISÃO DE PROVIMENTOS, VACÂNCIA, LICENÇAS E BENEFÍCIOS DA SEGURIDADE SOCIAL – DIPVS/CGNOR/DENOP/SEGEP
    Interessado: CASA CIVIL DA PRESIDENCIA DA REPUBLICA
    Número do Protocolo: 03000.000485/2011-91
    Assunto: ENCAMINHA CORRESPONDENCIA DA COORDENACAO DA BAIXADA RJU, QUE ENVIA DOSSIE SOBRE O PROGRAMA DE DEMISSAO VOLUNTARIA.
    HISTÓRICO DA TRAMITAÇÃO
    Data: 11/04/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: DIVISÃO DE PROVIMENTOS, VACÂNCIA, LICENÇAS E BENEFÍCIOS DA SEGURIDADE SOCIAL – DIPVS/CGNOR/DENOP/SEGEP
    Data: 10/04/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: GABINETE DA SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA – GAB/SEGEP
    FONTE: http://cprodweb.planejamento.gov.br/consulta_externa.asp?cmdCommand=Buscar&ProcCodProcedencia=1477919&ProtNumProtocolo=3000000485201191

  • Cara Alcina Cavalcante, tenho observado, ultimamente, alteração na numeração do contador de comentários, mas sem entrada de novas mensagens ou respostas.

  • COMPANHEIROS(as), HOUVE MOVIMENTAÇÃO, HOJE, NO PROCESSO, CONFORME ABAIXO
    FONTE:http://cprodweb.planejamento.gov.br/consulta_externa.asp?cmdCommand=Buscar&ProcCodProcedencia=1477919&ProtNumProtocolo=3000000485201191
    Interessado: CASA CIVIL DA PRESIDENCIA DA REPUBLICA
    Número do Protocolo: 03000.000485/2011-91
    Assunto: ENCAMINHA CORRESPONDENCIA DA COORDENACAO DA BAIXADA RJU, QUE ENVIA DOSSIE SOBRE O PROGRAMA DE DEMISSAO VOLUNTARIA.
    HISTÓRICO DA TRAMITAÇÃO
    Data: 10/04/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: GABINETE DA SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA – GAB/SEGEP
    Data: 09/03/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: DIVISÃO DE PROVIMENTOS, VACÂNCIA, LICENÇAS E BENEFÍCIOS DA SEGURIDADE SOCIAL – DIPVS/CGNOR/DENOP/SEGEP
    Data: 06/03/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: DEPARTAMENTO DE NORMAS E PROCEDIMENTOS JUDICIAIS – DENOP/SEGEP
    Data: 06/03/2012 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: COORDENAÇÃO-GERAL DE ELABORAÇÃO, ORIENTAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DAS NORMAS – CGNOR/DENOP/SEGEP
    Data: 13/04/2011 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: DIVISÃO DE PROVIMENTO, VACANCIA E BENEFICIOS DA SEGURIDADE SOCIAL – DIPVS/CGNOR/DENOP/SRH
    Data: 13/04/2011 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS – SRH/MP
    Data: 10/02/2011 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: DIVISÃO DE PROVIMENTO, VACANCIA E BENEFICIOS DA SEGURIDADE SOCIAL – DIPVS/CGNOR/DENOP/SRH
    Data: 09/02/2011 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: COORDENAÇÃO GERAL DE ELABORAÇÃO, SISTEMATIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE NORMAS – CGNOR/DENOP/SRH
    Data: 08/02/2011 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: DEPARTAMENTO DE NORMAS E PROCEDIMENTOS JUDICIAIS – DENOP/SRH
    Data: 07/02/2011 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: CHEFIA DE GABINETE DA SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS – CGABIN/SRH
    Data: 07/02/2011 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS – SRH/MP
    Data: 04/02/2011 Situação: EM TRÂMITE
    Localização: ASSESSORIA TÉCNICA E ADMINISTRATIVA – ASTEC/GM
    Data: 03/02/2011 Situação: CADASTRADO
    Localização: GABINETE DO MINISTRO – GM/MP

  • Pessoal, BOa Tarde!

    Alguém tem alguma notícia ???? ou temos que esperar a nossa Presidente voltar das viagens????

  • caros colegas, moro em natal e aderi esse maldito pdv. Trabalava na dataprev e fui tapeado pelo governo fhc. Com varias promessas e beneficios e no final uma banana. Nao sei onde estava com a cabeca . Espero que este erro seja reparado . Preciso de noticias solidas. Ja falei com dep. Henrique alves, estou tentando falar com garibalde alves, min da previdencia que sao daqui de natal , atras de noticias mais nada, por favor me ajude…….estou desesperado mas esperançoso com nossa volta de onde nunca deviamos ter saido..como diz alguem da tv ME AJUDA AI PÔ .

  • Pedevistas Infraero-Am.
    Meu amigo Lucival fico feliz que aos pouco vamos ganhando terreno,espaço e cada vez mais obtendo vitórias. Pena que pouco dos meus colegas da Infraero entre nessa briga com vcs,não vemos mobilização dos meus colegas em relação a INFRAERO só aqui no Amazonas foram 66. Só que pouco sabem desse movimento, eu não saí no pdv a empresa nos demitiu em 2000 por o sindicato entrar na justiça pela periculosidade na DRT pelos fiscais de pátio do aeroporto; no começo demitiram 9 todos no dia 28/04/2000 todos com mais de 18 anos de Infraero.

  • “Maldito o homem que confiar no próprio homem” Amigos pedevistas, confiemos em DEUS, somente em DEUS, PARA QUE ELE ILUMINE OS CAMINHOS A PERCORRER, do irmãos do baixada, pdv da vitória!

  • PESSOAL PEDEVISTAS DE TODO BRASIL!!!! VAMOS COLABORAR COM A COMISSÃO DA BAIXADA , MANDANDO E-MAILS PARA A PRESIDENTA DILMA E AS MINISTRAS DA CASA CIVIL E DAS RELAÇÕES INSTITUCIONAIS. OS INTERESSADOS SOMOS NÓS PEDEVISTAS ESTATUTÁRIOS. A LUTA É DE TODOS !!!QUANTO MAIS MANDARMOS E-MAILS MAIS RÁPIDO RESOLVERÃO NOSSO PROBLEMA!

  • meu marido é pedevista de 1996 era enfermeiro selestista da UFU em uberlandia, ouvimos falar de alguns pedevistas que vao ser reintegrados gostaria de ter acesso a lista destes, e saber se tem algum fundo de verdade, pois ate hoje ele esa desempregado e nao consegue aposentar. agradeço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *