Casa Fora do Eixo

Neste domingo, 27, acontece a reinauguração da Casa Fora do Eixo Amapá, espaço múltiplo que funciona como moradia, escritório, fruição e hospedagem solidária, responsável por receber constantemente agentes culturais de todo o país interessados em trocar experiências e conhecimento.  A programação inicia às 15h com as apresentações musicais de Roni Moraes, a banda Novos e Usados e O Sósia, além de discotecagem com Enzo Oliveira e Alcir Ferreira.

No espaço interno da Casa serão expostos produtos como CDs, roupas, livros, bebidas e alimentos, por meio do Camelô 2.0, integrado ao sistema de trocas solidárias financiado pela moeda social Palafita Card, ligada ao Fora do Eixo Card, que será lançada fisicamente durante o evento.

“Esse é um trabalho de formação e distribuição alternativa, propondo também trocas justas e criativas de produtos culturais diversos. O sistema de valoração é simples, cada 1,00 Palafita Card corresponde a 1,00 Real”, afirmou a gestora do Banco Fora do Eixo da Casa FdE Amapá, Heluana Quintas.

A reinauguação irá aderir a campanha “Quanto Vale o Show?”, onde o público decide o valor da programação, ou seja, o público paga o valor que achar justo.

Moeda Complementar

 O Fora do Eixo Card possibilita a sistematização do capital intangível praticado em processos econômicos envolvendo entre vários produtores, gestores e artistas culturais, valorizando o seu próprio trabalho e promovendo o estímulo desses agentes em prol de projetos autorais que desenvolveram cenários culturais locais.

O Fora do Eixo Card teve início em 2004, através do Cubo Card – moeda social do coletivo Espaço Cubo (MT), um dos fundadores do Fora do Eixo, e foi replicado em todos os coletivos envolvidos. Em 2011 o Fora do Eixo Card torna-se uma das principais moedas financiadoras da Música Brasileira, tendo em vista que a maior parte das ações desenvolvidas na rede, até então, é relativa ao segmento.

Com intuito de fortalecer ainda mais essa rede solidária e criativa desenvolvida pela moeda Fora do Eixo Card, o Banco Fora do Eixo concebe o primeiro programa de financiamento que leva o nome Banco do Estímulo por considerar o estímulo o principal capital catalizador dos demais processos.

(Assessoria de Comunicação/Coletivo Palafita)

  • Gostaria de parabenizar os responsáveis espaço Casa Fora do Eixo Amapá, que na minha opinião representa o novo modelo de difusão da cultura Amapaense.No ensejo, solicito disponibilizar-se o endereço da “Casa”, pois tenho interesse em conhecer.
    Grata!

  • Sou fan incondicional deste grupo maravilhoso de pessoas criativas que compõe o FORA DO EIXO !!! parabéns, heluana e a turma toda…vocês são demais !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *