“Caso Carol” – Promotores e delegados criticam diretora da Politec

Em coletiva à imprensa no começo da tarde de hoje o  promotor Flávio Cavalcante classificou de “levianas e irresponsáveis” as declarações que a diretora da Politec, Eliete Borges, deu ontem à imprensa sobre o assassinato da professora e assessora jurídica Caroline Passos e seus filhos Marcelo e Vitória.
Os  delegados de Polícia  Celso Pacheco e Roberto Prata, que também atuam nas investigações do triplo assassinato, criticaram duramente Eliete Borges.
Os investigadores disseram que já têm outras provas contra Wellington Raad, réu confesso.
Detalhes no blog Repiquete.

  • Quando uma pessoa irresponsável que trata com descaso a perícia do amapá só pode causar problemas ao tentar tirar vantagens do trabalho de profissionais e de uma categoria que ela persegue a quase oito anos e dizia não merecer um plano de cargs e salários justo. Não me admiro da atitude irresponsável de uma gestora de um órgão pericial, que vai mentir a imprensa pra buscar visibilidade pra se manter no cargo e tentar adiar a descoberta dos desmandos financeiros que ela causou na administração da POLITEC em detrimento do avanço que o gov federal nos oportunizou. E muito menos nos (Peritos Criminais) admira da atitude dessa figura que de perita só tem o cargo alcançado pela janela, quando vemos o site de uma instituição pericial com informações sobre perícia, de uma forma totalmente TOSCA e DESENCONTRADA, ou quando espalha panfletos e notas eletrônicas dizendo que o laboratório de fonética forense realiza exame de DNA (UM ABSURDO!!!), ou quando o laboratório forense realiza exames oncológicos e VDRL-sífilis (UMA &#%?+*@%$#*…!!!), e muitas outras asneiras, que pra quem é perito, além de causar estranheza, tem causado muita indignação…

  • Que Mulher despreparada, o pior, como essa mulher é diretora da Politec???, isso é caso do MP tomar providências, uma barbaridade.

  • Não vi nenhuma irresponsabilidade na entrevista da Dra. Eliete. O que ela falou toda a população já sabia. Por que a polícia civil e o promotor estão criticiando a Diretora da Politec?? Não seria agora necessário a entrada da Polícia Federal para atuar no caso?????

  • Acho que declarações endevidas no momento errado atrapalham qualquer perícia, mais penso que também deve ser repassado para a sociedade o que se está apurando realmente.
    Penso que é humanamente impossível apenas uma pessoa ter “liquidado” uma família inteira sozinha, como afirma até agora a polícia. Me expliquem, por favor, como uma pessoa vai matar três pessoas ao mesmo tempo sem com que haja um pedido de socorro, um barulho? A quem a polícia está tentando encobrir? Quem jogou os objetos levados da casa no bueiro da avenida 1º de maio? Na verdade nada está esclarecido, tudo está obscuro e sinistro. Precisamos de respostas e de todos os envolvidos na cadeeeeeeia!

  • Faltam muitas peças neste quebra cabeça… Quem pratica um ato desse nao fica com as roupas limpas… Onde o acusado trocou as proprias roupas(ninguem viu?), ou ele foi andando pra casa dele, todo sujo de sangue, apos abandonar o carro no Araxa? Ou teria alguem com ele ajudando???? Mas o que mais apavora e intriga é a capacidade do acusado em ter dizimado monstuosamente uma familia. Por quê, Por quê?? Acredito nas policias e orgãos envolvidos nas investigações e que logo concluam o caso.

  • BOM, ACHO QUE ELA TÁ QRENDO SE MOSTRAR, POIS TÁ COM A CABEÇA PRA SER SERVIDA NUMA BANDEJA, VISTO QUE, O DR. DILSON FERREIRA Q É PERITO TMB, ESTA COTADO P/ ASSUMIR A POLITEC, ACHO QUE DEVERIA SE TER MAIS SIGILO NAS INFORMAÇÕES, PARA DEPIS SIM MOSTRAR O RESULTADO FINAL À SOCIEDADE AMAPAENSE QUE CLAMA POR UMA JUSTIÇA, EMBORA APENAS SE FINALIZE O INQUÉRITO.

  • Na entrevista que assisti no Jornal do Amapá, não consegui detectar declarações “levianas e irresponsáveis” da Diretora da POLITEC. Ela mencionou que havia mais digitais na casa das vítimas, o que não acho novidade, já que a empregada e policiais civis e militares entraram no local do crime… Até fotos (de celulares) das vítimas empilhadas foram veiculadas pela mídia…

    • Carla. No mínimo a declaração foi irresponsável. A Diretora da POLITEC, apesar de perita, não realizou qualquer perícia. Isso ficou a cargo de outros profissionais. Ela responde administrativamente pelo órgão e não tecnicamente. Assim fazer afirmações quando as coisas ainda estão por ser eslcarecidas desanda para a irresponsabilidade e desrespeito aos colegas dela, Delegados e Promotores que cuidam do caso. É preciso saber ficar calado. A imprensa gosta de fatos e divulga de forma que chame a atenção, o que pode dar margens a muitas interpretações, inclusive absurdas.

      • Bom, Mundico, é a minha opinião… Nem havia percebido onde estava a tão falada irresponsabilidade… Assisti novamente a entrevista, está no You Tube, e não achei leviandade nelas. Bom, mas as pessoas têm opiniões diferentes, claro…

  • Jogador creio que as peças que faltam são as ligações entre um fato e outro, tem muita coisa que realmente não se encaixa :ox
    Nossa, ta ae um caso bacana pra equipe do CSI e do Mentalista resolver 😀

  • Ta aí um caso complexo que vai demostrar a qualificação de todo o aparato Policial do Estado. O caso ainda não esta encerrado, vamos ver se os delegados e promotores que criticaram a Diretora da POLITEC não irão cometer erros.

  • Não sei de nada sobre o caso, a não ser quando venho aqui, ou seja, não sei quais foram as declarações da Eliete, mas penso que foi uma mão na roda para dois homens, dois delegados quererem desqualificar o trabalho de uma mulher…será que eles criticariam duramente se o cargo de direção da Politec fosse ocupado por homem?

  • Deu hoje no Blog do conceituado jornalista Inaldo Sampaio (Folha de Pernambuco).

    Desfalque – Com a desistência de Beto Albuquerque de disputar o governo do RS, o PSB passa a ter apenas nove candidatos a governador. Lideram as prévias Cid Gomes (CE), Eduardo Campos (PE), Renato Casagrande (ES) e Camilo Capiberibe (AP). Wilson Martins (PI), Iberê Pereira (RN) e Ricardo Coutinho (PB) estão em 2º em seus estados. Beto é deputado federal.

  • A situação está meio tensa, a mídia atira pra todos os lados, inclusive a afirmação de que o acusado é réu confesso foi algo erroneamente publicado, alias, se fosse mesmo o caso estaria elucidado e o mesmo estaria na penitenciaria. Ainda tem muita coisa a ser investigada, a mídia tem que deixar o pessoal responsavel pelas investigações concluirem os laudos e dar o parecer final. Muita coisa vai acontecer, esse caso não será resolvido do dia pra noite, e muitas peças faltam nesse quebra-cabeça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *