Chá das cinco

Explicação

Vivo do ato de escrever
sobre tragédias
e espetáculos
sobre o candidato vitorioso
e o derrotado
sobre o deputado corrupto
e o governante que finge ser honesto
sobre a exportação da mandioca
e a importaçào da farinha
sobre a fome
e a riqueza
sobre o real
e o dólar.
Perdoa-me, Anjo,
não sobrou tempo
para escrever
um poema de amor.
(Alcinéa)

  • Esquenta não, se vc achar que não consegue fazer poesia, saiba que nossa vida sempre é escrita em prosa e poesia, porém se assim mesmo você ainda permanecer com algum tipo de complexo…
    mande-nos uma bela FLOR e nos dê BOM DIA!!
    VOCÊ FALA COM NOSSOS CORAÇÕES COM ESSE GESTO!
    TALVES NÃO TENHA NOÇÃO DO QUANTO DE HUMANIDADE PRECISAMOS RELEMBRAR QUE O HOMEM TEM(E QUE VOCÊ TRANSMITE COM ESSE GESTO).
    É QUE AS VEZES DESCONHEÇO NO SEMBLANTE E NAS AÇÕES DAS PESSOAS ESSA CARACTERÍSTICA TÃO FUNDAMENTAL E FATOR DIFERENCIADOR DE NOSSA ESPÉCIE DAS DEMAIS!!

  • Como ousada és em dizer que não escreves o amor em poema. Se tudo o que escreves não é amor pelo Homem, não sei mais ler.
    Declamas poesia do cotidiano em linhas de amor com o povo. Amo-te Literária jornalista!

  • Oi, Alcinéa! parabéns à você e a todos os jornalistas que realmente são comprometidos com a ética profissional. Profª Reinilda Viana

  • Dedicação, às vezes, leva para esse caminho. Que bom que nossas famílias entendem. Apesar do cansaço, em muitos momentos, o prazer de fazer bem feito enseja nos debruçarmos em causas mil. Mas a coisa está no sangue. Então, o que fazer?

  • Parabéns, pelo dia do jornalista. Parabéns pelo trabalho belíssimo, limpo e responsável. Felicidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *