Chocante

Menina de 14 anos era usada pelos próprios pais em ritual de magia

Esta garota de 14 anos  era mantida em condições degradantes, em cárcere privado, em um terreiro localizado na Rodovia JK. A mãe e o padrasto alegam ter promovido a situação por crença religiosa. A informação é da Secretaria de Segurança Pública (Sejusp).
A menor foi resgatada por uma equipe da Delegacia de Atos Infracionais (DEIAI)  terça-feira passada,  26,  depois que a Delegacia recebeu denúncia de uma conselheira tutelar. Quando os policiais resgataram a garota ela estava presa há quatro dias – e ficaria mais três, pois o ritual duraria sete dias.
“Ela estava trancada em um quarto que tinha velas, sem janelas, rodeada de alimentos putrefatos e sangue de animal. A alimentação era restrita e tinha dias em que ela não comia mesmo”, disse  o delegado Leandro Leite. Segundo ele, a  menina também era obrigada a se banhar com sangue e a beber dele.
De acordo com a assessoria de imprensa da Sejusp,  “o padrasto da jovem, que é pai de santo, e a mãe dela, que é mãe de santo, dizem que faziam oferendas aos orixás e que a adolescente estava “recolhida fazendo o santo”, e que por isso não poderia sair do local, nem mesmo para ir à escola.”
A assessoria informou que de acordo com depoimentos que já foram prestados uma irmã mais nova dessa menina, de 11 anos, também já  teria passado pelo mesmo ritual, ocasião em que teria sido abusada sexualmente pelo padrasto.
As duas irmãs foram reprovadas ano paassado na escola por faltas.

“O caso corre em segredo de justiça, por isso, nenhum dos envolvidos teve a identidade revelada. O flagrante foi lavrado pela Delegacia Especializada de Crimes Contra a Mulher (DECCM)”, disse a jornalista Kelly Tork, assessora de comunicação da Polícia Civil.

  • Enquanto a sociedade e mundo não abrirem os olhos para a realidade, essas coisas continuarão a aconter. Muitas são as crianças sacrificadas em tereiros de magia negra, sociedades ocultas. Jesus diz errais por não conhecer as escruturas e nem o poder que há nelas. Esta na hora dessa humanidade pervessa buscar maism a Deus, e abandonar as obras das trevas…

  • E quando a “liberdade religiosa” começa a afrontar valores e princípios básicos nos quais se funda toda uma sociedade? Será que a tal liberdade é mesmo tudo isso? Será que, às vezes, não confundimos liberdade com libertinagem?

    E outra: Será que uma pessoa com 14 anos, que ainda nem sabe o que quer da vida, está mesmo preparada para assumir qualquer tipo de religião? Será que está mesmo preparada pra se submeter a esses rituais? Sei não…

    • Pior é o judeuzinho de 8 dias que é submetico à circuncisão, para reafirmar o pacto de Deus com Abraão e seus descendentes.

  • Pena ler/ver policiais e conselheiros com pouca informação ou mesmo preconceito, e também jornalistas de tv, internet e outros. O rito de passagem é valido, se nao pode o ritual do candomblé – religioes afro, também deve ser banido o afogamento de pessoas (batismo) e os rituais de circuncisão, como jesus que passou pelo ritual deve ter ficado uns dias recolhido a contra gosto. Se a menina foi abusada, por que nao fizeram nada no momento, policia e conselheiros! Devemos retratação a essa familia e comunidade religiosa. Também financeira. Pena ver religiosos cristaos tão perseguidores de outras religioes e até outras igrejas cristas. Oxalá a justiça seja feita!

  • Sei que tem muitos que irão discordar de mim, mas como eu sempre falo: Essa é MINHA opinião pessoal! Vamos lá, por partes… Bem, o fato do padrasto ter abusado da menina é inadmissível, independente de religião, isso e um fato incontestável. Quanto ao caso da menina estar recolhida, devemos lembrar que isso é uma “espécie de tradição” (acredito eu) que não deve ter começado na semana passada e sim desde a época mais remota da antiguidade. Prestem atenção, não estou dizendo que é certo ou errado, mas a liberdade religiosa existe e isso também é um fato! Se na Religião A ou B existe o sacrifício de animais e o recolhimento dos filhos, parece muitas vezes desumano e cruel, mas o que dizer das tradições indígenas??? Alguém entra na aldeia e diz: – Olha, vcs não podem fazer isso!!! Acho que não né??? Outra coisa, se formos olhar por outro ângulo, muitas religiões são condenadas simplismente por pura ignorância! Quer um exemplo? Quantas e quantas vezes as pessoas não falam de fulano pq ele faz parte da Maçonaria, e “Maçonaria é coisa do inimigo”… ahhhh Quer dizer q como a religião é dominada pelo poder aquisitivo mais alto não pode ter esse tipo de “invasão da mídia”??? Sinceramente não tenho uma religião definida, fui criada no cristianismo, batizada na Igreja e tudo, porém não posso dizer que acredito em tudo q está na Bíblia. Eu acredito q Deus habita em cada um de nós, independente de cor, raça credo ou religião, basta vc ter fé!

    • Jeniffer, nesse ponto a globalização, em vez de favorecer a harmonia entre os povos, prejudicou. O intercâmbio cultural gerou conflitos. Veja o caso da clitoridectomia (retirada do clitóris) muito comum em paises muçulmanos, principalmente na áfrica. As próprias mães estimulam esta prática que remonta gerações e gerações. E quem somos nós para condená-la? Creio que o único jeito de evitar esses conflitos e deixar os haitianos pra lá praticando seus vudus, os muçulmanos desposando suas crianças e apedrejando suas mulheres, os judeus fazendo a circuncisão, os índios matando as crianças que nascem “com defeito”. Não vejo outra forma de evitar esses conflitos culturais. O que não acho certo é uma nação mais poderosa e impor sua cultura por achá-la correta.

  • e como disse Albert Einstein …”Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta”

  • Ainda tem gente que acredita em macumba do bem, eu hein, rum as pessoas tem é que ler a Bíblia para saber da verdade!

    • O oferecimento de animais am holocausto, citado na Bíblia em muitas passagens, muito me lembra os sacrifícios oferecidos às entidades, em rituais de magia negra.

  • Isso só reforça mais uma vez a frase de minha mãe ” exitem mães e’mães’ “.
    Trabalhei como técnica na Dercca atendendo crianças vítima de violência sexual, atendia diariamente casos chocantes de nossoa crianças violentadas e o que mais em particular me supreendia eram algumas “mães” que apoiavam os atos de ses companheiros, “mães” coniventes com a situação e justificavam a ação alegando que ” ele é quem põe a comida na mesa”.
    É deplorável.

  • Fiquei chocado quando ouvi essa notícia na TV. De fato é uma reflexão para quem usa esse tipo de ‘serviço’. Acho que os nomes desses infratores deveriam ser divulgados, pois se a questão é religiosa, pergunto se fosse um padre ou pastor preso fazendo coisas horrendas assim. Manteriam o nome em sigilo?? Por favor, quem souber, divulgue.

  • Este é apenas mais um dos milhares casos de tortura vividos por nossas crianças neste País, é lamentavel saber que existem “pais” que não respeitam a vida dos filhos e os submetem a tamanha humilhação e crueldade. São uns verdadeiros SEM NOÇão! Ignorantes e devotos das forças do mal! pq eles mesmos não se oferecem em sacrifício? ao invés da pobre criança? Bando de Covardes!!

  • na verdade, se não fosse esse caso vir á tona,ficaríamos como sempre de olhos fechados quanto as crianças que participam em rituais organizados por seus respectivos parentes. Além dessas meninas, quantas outras não são submetidas a atos egoístas e maldosos, em nome de algo que acreditam? O importante agora é não perder o tempo falando ‘ a culpa é dele, a culpa é dela…’, e sim denuciando para evitar que situações como essa se repitam.

    • E por acaso o “cara lá de cima” não é o mesmo que recebia animais em sacrifício (bois, carneiros, pombos). Matavam os bichos e depois os queimavam em um altar, em vez de usar a carne para alimentar os pobres, que não eram poucos. Se eu vivesse naquele tempo, seria apedrejado, porque iniciaria uma onda de protestos contra esta prática. Como se pode ver, a maldade do “ser humano” remonta os primórdios da humanidade. Então, por que tanta revolta?

  • Coitadinha da menina, um trauma para a vida toda, se a justiça fosse mais rígida, duvido que essas coisas aconteceriam. Essas pessoas que praticam essas atrocidades, pensarima duas vezes. Duvido que isso acontece em países com leis duras como a China.

    • Então, que tal você deixar sua filha ou você mesmo participar de um ritual assim. Afinal, “não faz mal a ninguém…”
      Você eh da família dos crustáceos eh? Porque somente assim entenderia o que você tem na cabeça para fazer um comentário desses!
      VADE RETO!

    • Depende dq vc considera ser religião,no caso faz mal e muito.Ah! vc não deve ser pai e por isto pouco importa o sofrimento da criança, a qual não tem o poder de escolha.

      • E por falar em pai e pai, por acaso Abrãao não estava decidido a sacrificar seu próprio filho para comprovar seu temor a Deus? Imagina a angústia de um pai desses. Tá na Bíblia pra quem quiser ler. Então, por que a revolta? E viva o ateísmo. Todas as pessoas ateias que conheço são incapazes de matar uma galinha.

        • Prezado Roque, teu comentário demonstra claramente tua leitura unilateral e ate insipiente da Bíblia. Destarte, percebo teu ínfimo entendimento do contexto que consubstancia a narrativa de Abraão com seu filho Isaque. Na verdade, trata-se de uma simbologia (FE) para retratar que o verdadeiro sacrificado seria o cordeiro, ou melhor, o Cordeiro de Deus: Jesus.
          E por falar em ateísmo, realmente os presídios estão lotados de ateus “incapazes de matar galinhas”, porém capazes de assassinar seus semelhantes. E para finalizar, rememoro uma frase de Millor Fernandes, que diz: “Todo homem só afirma ser ateu ate o momento em que adoece fatalmente”. Pense nisso.

          • Por que essa associação de ateísmo com pessoas destituídas de sentimentos maus, associados à falta de Deus no coração? Pelo que podemos constatar ao longo da história, não é a falta de Deus que causa tantas tragédias humanas, mas o excesso.
            E os presídios não estão lotados de ateus incapazes de matar galinhas, mas de neocristãos. Pessoas como Hildebrando Paschoal, Maníaco do Parque e Guilherme de Páduas, que estarreceram o país com seus crimes hediondos, agora só andam com a Bíblia debaixo do sovado. Particularmente eu não acredito nessa conversão, mas não detenho poder para julgar.
            Além disso, todos os bandidos creem em Deus. Tanto que muitos carregam uma medalha de São Jorge para fechar seus corpos contra as balas (para horror dos evangélicos). E aí reside um paradoxo, porque São Jorge é o santo protetor dos policiais e está também está presente nos terreiros de macumba.
            Sr. Anjo Clássico (na antiguidade clássica, os gregos e os romanos eram considerados pagãos pelos seguidores da emergente doutrina cristã), juro que tento ter uma religião, mas é muita contradição para me impedir o convencimento.

          • A meu ver, o principal problema da Bíblia é exatamente este: a escrita é clara, mas a interpretação varia de acordo com a conveniência da autoridade religiosa que dela faz uso. Tem uma passagem no Coríntios que diz que “as mulheres devem permanecer caladas nas igrejas porque não lhes é permitido falar, mas estejam sujeitas como ordena a lei”. Alguma dúvida? pra mim não, apesar de não especificar a citada lei. Discutindo com pastores sobre isso, um tentou me convencer de que se tratava do costume da época (quer dizer que o teor da Bíblia pode variar de acordo com o tempo?); outro, que naquela época as mulheres fofocavam muito. Chega a ser cômico. Se ainda hoje as mulheres são tratadas de forma submissa na região, imagine naquela época.

  • É um absurdo ver a realidade que muitas crianças são submetidas,uma coisa é vc respeitar as crenças alheias, outra bem diferente é acenar positivamente aos desvarios de mentes insanas como a desses pais.Estaremos sendo omissos se não exigirmos dos órgãos competentes uma punição exemplar para os ” irresponsáveis” por essas crianças.

  • Este foi o que encontraram. Quantos não acontecem na surdina, longe da mídia e do conhecimento público? Os pais alegam liberdade religiosa. Liberdade de um que tira a liberdade de outro?

  • Isso não pode ser chamada de mãe, q absurdo é esse!…o cara vai disse q foi o santo q abusou da criança (vai enganar quem? ah tá, a louca que deixa suas filhas passarem por essa brutalidade)…doi muito saber que enquanto estamos fazendo nossos filhos dormirem no colo cantando e acariciando seu rosto, outras estão fazendo maldades com seus filhos… Profissão Repórter de ontem deixou-me triste, com essa de hj fiquei arruinada! Meu Deus, isso não é doença…é maldade.

  • Eu fico me perguntando que mãe é essa que deixou o PADASTRO abusar da filha menor. O mundo esta acabando e ninguem esta percebendo, temos que fazer o bem, refletir e tratar melhor o nosso próximo. Ainda bem que há pessoas que vale muito a nossa confiança e nossa amizade. Mas á aquelas que da medo só de olhar.
    Desejo mais uma vez que essa garota, dois anos mais nova que eu, consiga uma vida melhor, e sua irmão menor supere tudo o que ja sofreu. Porque o que elas passaram ate agora, gera o trauma e do trauma emerge o submundo psíquico.

  • Eu estou chocada. Uma criança que tem a vida toda pela frente, um futuro promissor á espera, e ela ficou trancafiada dentro de uma solitária para que os próprios pais fizessem um ritual. Eu respeito todas as crenças, mas é algo que tem limite. Os pais fazerem isso com a própria filha, ja esta além da compreensão.
    Isso parece um daqueles filmes de terror, mas é inacreditável que estou acordada e isso não é um mero pesadelo. Eu espero que ela siga a vida, volte a estudar e seja uma pessoa de bem. Tomara que nada de mal á aconteça e espero que a justiça seja feita.
    É só o que eu desejo.

    • sim meu caro, deveria ser liberada a briga de galo, cultura da regiao dos platos das guianas e caribe, que como as culturas afros tbem é ṕerseguido por essa legislação da decada de 1920. A santeria foi discriminada por holliwood, com salsicha e scube, o vudu foi perseguido, mas é a religiao de muita gente aqui. Se os cristaos respeitasses os outros veriam o mundo com outros olhos. Falando nisso, vou a Saint georges de oiapoque comer um guisado de cachorro no restaurante frances…. ‘nao é o que entra que faz pecar, mas o que sai da boca’ (jesus)

  • Nossa, eu nem sei o que dizer, isso é um absurdo!
    Fanatismo religioso(independente de qual ramificação) é um mal que eu mesma faço questão de combater.
    O problema agora é: qual será o destino dessas crianças?

  • Muito, muito, chocada! Gente como uma Mãe lode permitir que o companheiro abuse das filhas?! Esses rituais são ridículos, desumannos, e estupidamente crueis. Onde está a entidade a qual eases terreiros são cadastrados, associados… Que cob ram semipro a inhaled de credo?! Mas isso é um verdadeiro desrespeito com crianças que possivelmente levarão consigo traumas pra Vida toda… Lamento..

  • Esta é apenas mais uma dentre várias situações envolvendo crianças e adolescentes vítimas de violência, seja ela física, psicológica, sexual ou negligência. Precisamos tratar de nossas crianças, independente de crença, classe social, partido político ou qualquer outra coisa. Precisamos fazer nossa parte, enquanto cidadãos de bem, enquanto parte da sociedade. Hoje, nós professores, nos deparamos com situações que, muitas vezes, não sabemos mais o que fazer. A família, que deveria ser o berço da educação e da transmissão de valores às nossas crianças, estão deixando de exercer esse papel. Muitas vezes, é um membro da família o aliciador, o que machuca, o que violenta, o que amedronta a criança.
    Dia 18 de maio é o dia de enfrentamento à essa prática. Vamos dizer NÃO à violência contra as nossas crianças. Nesse dia, a Sec de Assistência Social de Santana estará realizando, pela parte da manhã, a entrega de cartilhas sobre essa campanha em alguns pontos da cidade e para todas as escolas. À noite, estaremos pedindo que Deus esteja abençoando a nossa cidade, o nosso Estado e livrando-nos desse mal, através de um grande culto em prol de nossas crianças.
    Aproveito para convidar a quem possa interessar, para participar de um grande Encontro entre o social, educação, saúde, MP, Segurança Pública… Será no dia 13 de maio, às 08h(provavelmente no auditório do Fórum de Santana). Obrigada.

  • Chocada… que Deus abençoe essa pobre jovem e a faça superar tamanha CRUELDADE causada pela própria família…

  • É um tapa na cara das autoridades e figurões de Macapá que usam os “trabalhos” desse tipo de gente. São tão culpados quanto essa gente doente.

    • Gente ,para qum não sabe ,pode parecer horrivel ,mas isso fz parte de um ritual da própria religião ,se vcs pesquisarem esse ritual tem até nome.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *