Dinheiro tem

Da coluna Gazetilha, do jornal “aGazeta”

CAIXA
Arrecadação do mês de janeiro ainda nem tinha fechado ontem, e atingiu a marca de R$ 10 milhões a mais do que o mesmo período do ano passado, segundo informações preliminares. Inexplicavelmente o governo do Estado repassou o duodécimo menor e o funcionalismo público ainda não recebeu seus vencimentos.

  • Ainda tem gente que fica falando do jornal, se o jornaltem problemas isso não apaga a incompetencia do governo atual, que sim so tem feito “o que o gato enterra”
    Que pena, quero ir embora do amapá e voltar daqui com três anos.

    • Concordo.
      A imprenssa faz o seu papel, que é o de essencialmente apontar os erros.
      Agora, se tem erro em tudo quanto é lugar nesse governo da mudança fazer o quê?
      Entregar a Jesus e aguardar a próxima eleição?
      Enquanto isso os carinhas no poder bamburrando, pasmem os 03 (três) milhões de reais em despesas a residência governamental. Uma vergonha num estado com tantos famintos.

  • bem se não tem dinheiro porque o governador pagou ação ainda não encerrada dos funcionarios do tribunal de contas, será porque eles tem um salario bem baixinho, coitados, e não pagou ação identica dos funcionarios do ex-ipesap, deu gratificação de insalubridade para policiais que trabalham sentados no ar condicionado, com cafezinho do lado e tudo(CIODES) e não aceita dar insalubridade para tecnicos e agronomos que trabalhaam com defensivos quimicos em localidades como bailique e outros buracos…. é infelizmente estou começando a acreditar naquela historia de que o PSB não gosta de funcionario publico….

    • Prezada,

      Pelo visto você está equivocada. Não irei mais ler este Post, mas vou comenta-lo.

      Primeiramente, você deveria saber mais sobre as condições de trabalho do CIODES. Se o Estado vai pagar a insalubridade, é porque existe um LAUDO PERICIAL comprovando que o trabalho lá é insalubre. Tudo bem, enquanto você está em sua cama bem quentinha, existem pessoas com plantão de 8Hs de madrugada atendendo milhares de ligações e principalmente fazendo uso de fones e rádio, o que a longo tempo é extremamente prejudicial.

      Se seu trabalho é insalubre, corra atrás, mas não fale de onde você não conheçe. Temos muitos colegas que tiveram problemas sérios no aparelho auditivo devido ao trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *