E o mundo não se acabou

Quando minha mãe nos contava  causos, histórias e medos das vezes que diziam que o mundo ia se acabar, ela encerrava a narrativa cantando uma música gravada pela Carmem Miranda, de quem ela tinha todos os discos.
Não lembro quem é o compositor, mas lembro parte da letra.
Eis:

Anunciaram e garantiram que o mundo ia se acabar
por causa disso minha gente lá de casa começou a rezar
Até disseram que o sol ia nascer antes da madrugada
por causa disso nessa noite lá no morro não se fez batucada

Acreditei nessa conversa mole
pensei que o mundo ia se acabar
e fui tratando de me despedir
e sem demora fui tratando de aproveitar
Beijei a boca de quem não devia
peguei na mão de quem não conhecia
dancei um samba em traje de maiô
E o tal do mundo não se acabou

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.