E Vó Iaiá saltou mesmo de paraquedas

Gente, estava lá no hangar cobrindo o salto de paraquedas de Vó Iaiá, uma mulher de cem anos. Acabei de chegar. Vou almoçar e depois venho contar como foi e postar as fotos.
Adianto pra vocês que, mesmo com o atraso de quase quatro horas, Iaiá não perdeu o entusiasmo em nenhum momento. Aguardava dançando, rindo e contando histórias.
Foram 22 segundos de queda livre e cerca de dez minutos de navegação. Ao tocar o chão, Iaiá gritou: “Obrigada, meu Deus. É bom demais.”
Daqui a pouco volto.

  • Parabéns pela cobertura, assisti no globo news, mas a sua reportagem foi show, … mas sinceramente, eu não tenho essa coragem, tai uma emoção que eu não vou sentir na vida, pois o meu medo é maior do que o prazer de saltar, estou com inveja da vovó, mas essa ela ganhou de mim fácil.

  • Alcinéa, parabens pela cobertura jronalística da matéria. São notícias como essas que me fazem visitar seu blog costumeiramente. Essa vovózinha mostra a todos que a vida é um constante caminhar, como se a vida não tivesse fim. Que Deus a abençoe.

  • É gostoso ver que os nossos “velhinho e velhinas” continuam gostando da vida. Isso é uma grande lição de vida pra um monte de “garotões” que vivem desperdiçando momentos deliciosos com aventuras idiotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *